quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

U2 - New Year's Day - Tradução





Dia de Ano Novo



Yeah...

Tudo está quieto no Dia de Ano Novo
Um mundo em branco está em andamento
Eu quero estar com você, estar com você noite e dia
Nada muda no Dia de Ano Novo
No Dia de Ano Novo

Eu estarei com você de novo
Eu estarei com você de novo

Sob um céu vermelho-sangue
Uma multidão se agrupou em preto e branco
Braços entrelaçados entre os poucos escolhidos
Os jornais dizem, dizem
Dizem que é verdade, dizem que é verdade...
E nós podemos romper
Mesmo partido em dois
Podemos ser um só

Eu... Eu estarei com você de novo
Eu... Eu começarei de novo

Oh, oh. Oh, oh. Oh, oh
Oh, talvez a hora esteja certa
Oh, talvez essa noite
Eu estarei com você de novo
Eu estarei com você de novo

E então nós fomos mencionados nessa era dourada
E ouro é a razão para as guerras que nós combatemos
Ainda que eu queira estar com você
Estar com você noite e dia
Nada muda
No Dia de Ano Novo
No Dia de Ano Novo
No Dia de Ano Novo
U2

O tempo


"Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um individuo genial.

Industrializou a esperança,
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar
e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez, com outro número
e outra vontade de acreditar
que daqui para diante tudo vai ser diferente.

Para você, desejo o sonho realizado,
o amor esperado,
a esperança renovada.

Para você, desejo todas as cores desta vida,
todas as alegrias que puder sorrir,
todas as músicas que puder emocionar.

Para você, neste novo ano,
desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
que sua família seja mais unida,
que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas...
Mas nada seria suficiente...

Então desejo apenas que você tenha muitos desejos,
desejos grandes.

E que eles possam mover você a cada minuto
ao rumo da sua felicidade."
   Feliz 2015!!!
Carlos Drummond de Andrade
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Pense positivo e realize seus desejos


Se você quer ter uma vida feliz e realizada, o primeiro passo é deixar de lado medos e pensamentos negativos. No lugar disso, cubra sua mente somente com imagens maravilhosas de paz e amor. Lembre-se: tudo aquilo que você atrai é fruto do conteúdo de seus pensamentos.

Pode observar. Quando você está se sentindo bem, atrai coisas positivas: felicidade, alegria, otimismo, paixão, sorrisos. Do contrário, se está se sentindo mal, atrai somente coisas negativas: tristeza, solidão, culpa, raiva, vergonha.

Quer saber o que você está atraindo agora? Pergunte-se: “como me sinto?”. Por certo, encontrará a resposta de tudo o que acontece com você. Se a todo o tempo está com raiva da vida ou mal-humorada, é obvio que só receberá o que não deseja. Ser feliz é o atalho para chegar mais rápido aonde você quer.

Comece fazendo uma limpeza geral na alma. Preencha só com pensamentos altruístas, felizes, aqueles que fazem você se sentir bem. E não se preocupe se está fazendo certo ou errado. Seu compromisso agora é simplesmente fazer o SEU MELHOR. E cada um tem o seu. Nada é comum a todos, tudo depende de cada experiência. Se, em uma situação você agiu de tal modo, deu certo e você se sentiu bem, então esse é o seu melhor. Mas não confunda, hein? Não estou dizendo pra você ser o(a) certinho(a), o(a) boazinho(a). E sim que deve agir de acordo com seu instinto.

Integridade é estar no seu melhor. E, quando você vai para o melhor, tudo começa a dar certo. Como chegar lá? Invista na autoconfiança, dê importância a você. Somente a dedicação e a consideração profunda por si mesma é que a levarão para o melhor. Confie que a sua estrada é diferente da dos outros. Aliás, nunca tenha medo de se sentir diferente de ninguém. Veja bem: você está aqui para fazer a diferença! É por isso que a vida é linda – pelas diferenças, a coragem de assumir o próprio eu. Se o mundo aceita ou não, isso não importa. O principal é você se aceitar. Dessa forma, você estará protegida e no caminho da evolução!

Luiz Antônio Gasparetto
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Pois a vida simples e é para ser vivida!


A essência da vida é muito simples. E a simplicidade é inteligente, é ágil, é flexível.

É preciso parar de complicar a vida. Fique mais atento no que é simples, no que é essencial. Desfaça-se de todo excesso de bagagem. Sinta-se leve, contente porque esse é o seu estado natural. Pergunte-se mais o que realmente importa pra você, tá?

Volte a ter prazer na simplicidade das coisas. Levante o seu ânimo e valorize o seu sorriso e o sorriso das pessoas. Volte a se encantar com o sol, com o vento, com as pessoas, com os prazeres simples da vida. Contemple mais tudo o que é amor. Volte-se mais para dentro de você mesmo e percebe que hoje é mais um dia de presente pra você!

E comece a reduzir o grau de confusão e de complicação em seu viver. Passe a considerar mais a simplicidade e a alegria, viu? Tenha um pensamento simples. Tenha uma atitude simples. Adote a simplicidade porque você nasceu assim e certamente irá para um lugar bem mais simples do que imagina.

Enganam-se aqueles que se preocupam com a suposição de que, se forem simples, os outros poderão considerá-los como uma pessoa simplória. Na verdade, é exatamente o oposto: pessoas claras, amorosas, compreensíveis e diretas são as mais simples.

Faça algo diferente: mantenha a sua vida simples, com qualidade e evite cometer erros. Pois a vida simples e é para ser vivida, viu? A vida é natural e não algo mais que você precisa adquirir. Você nasceu pronto para a vida, perfeito e .... pelado. Quer coisa mais simples que isso?

Bom Dia! Bom Divertimento.

"É um dom ser livre. O outro dom é ser simples"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Renuncie…


Para começar o verdadeiro caminho da felicidade,
aprenda primeiro a renunciar.
Renuncie ao apego as coisas do mundo.
Assim passamos a valorizar cada conquista, por menor que seja.
Renuncie ao orgulho infantil que cerca o homem.
E assim, não precisará perdoar ninguém, pois não haverá mágoa.
Renuncie ao “amor platônico” que tudo exige, ofereça o amor que tudo dá.
E nunca mais sofra qualquer desilusão amorosa.
Pois já não haverá medo de perder, de se perder.
Renuncie a “alimentação lixo”, concentre-se no que é natural,
e nunca mais terá doenças do corpo ou da mente.
Renuncie aos apelos do consumo desenfreado, aprenda a poupar.
E nunca mais terá problemas com dívidas e contas que não fecham.
Renuncie ao trabalho que não te traz contentamento.
Trabalhe onde realmente goste e onde seja útil.
O melhor salário é o prazer de se fazer o que se faz bem feito.
Renuncie as fofocas e intrigas.
Saiba mais da sua vida.
A dos outros, só interessa quando podemos ajudar.
Renuncie a falsa certeza de que já sabe tudo.
Viva para aprender.
Não sabemos nada do nada, e queremos sempre o “tudo”.
Renuncie a si mesmo, para que o amor seja maior que o seu ego.
Assim, não carregará mais do que o precisa para ser feliz.
E descobrirá por fim, que precisamos de muito pouco.
Simples assim: quando sentir-se cansado do mundo,
renuncie ao peso dele e sorria.
A vida é leve, fardo suave que podemos carregar.
Renuncie ao medo e siga seu caminho.
O mundo não renuncia de quem sabe onde quer chegar.
Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Emoções Saudáveis


Não dá para dissociar a saúde das emoções.
Não porque as emoções afetam diretamente a sua saúde,
mas a maneira como você lida com elas é que faz a diferença.
A palavra emoção, deriva do latim "emovere",
onde o e- (variante de ex-) significa 'fora'
e movere significa 'movimento'.

É esse "movimento", ou seja, aquilo que você faz com a sua emoção,
que a transforma em uma "maravilhosa escada" para subir,
ou um poço profundo onde enterramos nossas ambições.

Por isso, é fundamental que falemos das nossas emoções.
Que não fiquemos guardando, represando ou remoendo angústias.

Quando não jogamos para fora,
quando não soltamos essas emoções de alguma maneira,
elas refletem diretamente nos nossos órgãos.
Por isso, as medicinas, Ayurvedica e chinesa mostram,
que a raiva atua diretamente no fígado,
o medo nos rins, e assim por diante.

Pegue ás suas emoções e transforme-as em "movimento".
O que não te agrada, o que está te incomodando, jogue para fora.
Não guarde nada que não seja "bom de se conservar".

Acho que é por isso que quase todas as "conservas" são azedas.
Quando tentamos manter algo que não nos faz bem, azedamos.

Procure alguém de confiança, amigo ou profissional,
e DESABAFE!
Jogue para fora o que te incomoda.
Aprenda ainda mais a respeitar esse templo sagrado que é o seu corpo.

Da vida, leve a saudade gostosa,
a amizade sincera,
o amor que se viveu ou que se vive de forma prazerosa.
A esperança que acalanta os sonhos,
e a alegria, eterna companheira da alma,
que se aflige com a nossa aflição.
Tudo é passageiro, tudo é emoção.

Por isso, desabafe, solte-se, desapegue-se.
Seja muito feliz!

Paulo Roberto Gaefke
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Você é uma “pessoa-elástico”?


Algumas pessoas parecem possuir uma flexibilidade tão grande que parecem verdadeiros elásticos. É verdade que um pouco de flexibilidade nos cai bem e não faz mal a ninguém, mas quando uma pessoa começa a se esticar para ambos os lados até o infinito, em algum momento acabará por se partir em duas, o que não pode ser bom para ninguém.

Pessoas-elástico são aquelas que sempre perdoam.

Perdoar pode ser bom, mas até o perdão precisa seguir seu próprio ciclo.

Pense na seguinte situação: uma pessoa pisa fortemente no seu pé no meio da pista de dança. O saudável é que, antes de perdoar, você sinta a dor, ou corre o risco de deixar de cuidar do ferimento. Depois, você tem o direito de ficar bravo, afinal sofreu uma agressão e seu dedo está mais vermelho do que uma pimenta malagueta no meio da brasa! Depois, e somente depois, com o pé cuidado e o sentimento raivoso acolhido, talvez você possa então respirar, ouvir o pedido de desculpas da pessoa descuidada que quase arrancou fora seu dedo, e aí sim, de braços dados com a sua generosidade, perdoar. Mas se você é daquelas pessoas que, ao levar uma pisada no pé, logo se apressa em dizer:
- Não foi nada! - antes mesmo de avaliar o estrago, então precisa prestar mais atenção à forma como vem tratando a si mesmo. Provavelmente não está cuidando de si com o zelo com que deveria.

Outra coisa que as pessoas-elástico fazem mais do que seria saudável é: ceder à vontade alheia.

Vivem fazendo o que os outros querem e passam por cima de si mesmas repetidas vezes.

Em um relacionamento saudável os envolvidos deveriam se alternar no que se refere a ceder. Ou seja: às vezes eu cedo, outras vezes faço valer minha vontade. Existe um equilíbrio, um senso de justiça, que mantém o relacionamento vivo e respeitoso. Mas as pessoas-elástico, muito preocupadas em agradar, muitas vezes abrem ao outro mais espaço do que deveriam. Vão deixando de lutar por aquilo que acreditam. Muitas vezes nem dizem o que desejam. Um dia você está louco de vontade de comer um delicioso prato de macarrão, mas se cala e acaba comendo peixe cru no japonês da esquina. O pior é que o outro sequer suspeita que aquela sua cara estranha, uma mistura de enjoo com sorriso embalsamado, não se deve ao cansaço do dia e sim ao fato de que você simplesmente NÃO SUPORTA COMER PEIXE CRÚ!

Ora, se pisam no seu pé e você não reclama, se você faz tudo o que os outros querem, fatalmente acabará sendo desrespeitado. As pessoas o acharão uma espécie de super-homem ou supermulher invulnerável à dor, e acreditarão que a sua felicidade está em servir a todo tipo de caprichos, que serão impiedosamente despejados sobre você. Outras perceberão que você tem uma fragilidade em impor sua opinião e simplesmente se aproveitarão disso.

Não ache que, ao se mostrar tão abnegado e atencioso, acabará por ser assim tratado pelas pessoas, que terão a maravilhosa sensibilidade de adivinhar que sob seu sorriso se esconde um dedo ardendo como pimenta e a vontade de cuspir fora o tão cobiçado sashimi. Não é assim que acontece! No final você será cada vez mais sobrecarregado, tratado sem cuidados, afinal é assim que anda tratando a si mesmo!

Se você quer ser cuidado, respeitado, valorizado... Precisa aprender a dar a si mesmo essa forma de tratamento.

Não importa de onde venha essa sua elasticidade distorcida. Talvez tenha sido aprendida em uma família onde você só seria aceito se agisse conforme o esperado. Talvez você tenha nascido de uma seringueira, aquelas maravilhosas árvores de onde a borracha é extraída. Você acha impossível? Ora, quando eu era criança alguém me disse que eu tinha nascido de um repolho, assim, por que você não poderia ter nascido de uma seringueira?

Bem, o que importa é que você precisa mudar. Precisa "desemborrachar".

Talvez você tenha se calado por tanto tempo que já nem se lembre do som da sua voz. Talvez já não saiba do que gosta, do que não gosta. Se esse for o caso... “CHUTE”! Diga qualquer coisa. Tire "no palitinho". Mas saia desse lugar de eterna aceitação. Você descobrirá a si mesmo no caminho, acredite no que digo.

Na próxima vez que alguém lhe fizer uma pergunta, expresse seu desejo. Diga o que quer.

Acredite, você fica muito mais interessante quando age assim.

Patricia Gebrim
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Desabafe mais! Confidencie mais!


Vamos, aprenda a amar a si mesmo! Aprenda a amar a todos, indistintamente. E encontre a grande razão de sua existência!

Pare imediatamente de se maltratar! Pare de adoecer e fale mais de seus sentimentos. Fale daquelas emoções escondidas, reprimidas. Desabafe mais. Confidencie mais! Partilhe mais a sua intimidade, seus segredos, seus sonhos e desejos. Isso faz um bem enorme! O ato corajoso de se abrir, de falar é uma poderosa terapia, sabia?

Tome as decisões que está esperando. Agora é o seu melhor momento, acredite! A indecisão só faz acumular problemas e preocupações. Já que tem que tomar uma decisão, tome já!

Sua vida é uma decisão! Sua vida! Sua decisão! E saiba que a solução sempre está em suas mãos, totalmente a seu alcance. É só desejar. As respostas estão bem na sua frente! O mundo está nas suas mãos e te pertence por merecimento seu!

Pense com positivismo! Viva assim! Queira ser numa pessoa alegre, otimista, companheira, decidida, dinâmica e corajosa! Tenha uma atitude assim porque você merece.

Seja sempre honesto com você mesmo e nunca mais viva de aparências, tá? Aceite-se! Seja verdadeiro! Seja real! Seja ético! Seja transparente! Sinta e veja a alegria, a vida correrem livremente à sua frente.

E hoje, dê de presente pra você mesmo umas boas risadas! Proporcione a você e às pessoas que encontrar um dia feliz, alegre que possa valer a pena vivê-lo!


Nunca esqueça que as melhores coisas do mundo não podem ser tocadas, nem desperdiçadas. Devem ser intensamente vividas e sentidas com o seu coração.

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

domingo, 28 de dezembro de 2014

Primeiro, precisamos saber o que queremos!


uma piadinha sobre um sujeito que entrou no elevador de um edifício e, ao ser questionado pelo ascensorista sobre para qual andar ele desejava ir, respondeu:
- Para qualquer um, senhor. Já estou no prédio errado mesmo...

Ou seja, quando não sabemos onde estamos e nem para onde estamos indo, qualquer lugar serve! E por mais absurda que possa parecer essa analogia com o quanto algumas pessoas estão perdidas, quando se trata de seus próprios desejos, pode acreditar que não é!

Muitas vezes, o desejo é tão amplo e genérico que a pessoa não consegue fazer escolhas, não consegue se sentir satisfeita com nada do que vive e a impressão que tem, na maior parte do tempo, é a de que existe um buraco dentro dela que se torna cada dia maior e mais difícil de ser preenchido.

Até faz novos contatos, conhece pessoas legais, inicia relacionamentos interessantes, experimenta momentos que lhe parecem bastante reais, mas... logo depois a sensação de que nada daquilo faz sentido retorna de forma ainda mais avassaladora.

Algumas vezes também acontece de estar vivenciando um encontro realmente especial, no qual ela se sente, enfim, parte de um todo que se encaixa, que finalmente lhe devolve aquela certeza de que depois da tempestade vem mesmo a bonança.

No entanto, sem mais nem menos, de repente, é o outro que simplesmente se desencanta e vai embora. Ou pior do que isso: sem sequer dizer o motivo ou dar qualquer explicação a que todo ser humano pensante teria direito, desaparece feito nuvem. E de novo, mais uma vez, a pessoa é remetida àquele lugar infernal onde a única resposta é que tudo se escafedeu! Assim, ridiculamente assim.

Se você já passou por isso, sabe o quanto é péssimo esse período da existência em que a gente passa a ter medo de falar, de se expressar, de respirar errado, de ir rápido ou devagar demais. Enfim, passa a acreditar que não sabe o que fazer para não estragar tudo, ou não deixar as coisas piores do que já estão...

Só que o problema é justamente esse: falta de posicionamento, de clareza, de percepção de seus recursos internos. Muito provavelmente, está faltando planejamento, uma rota detalhada que aponte o caminho pelo qual você realmente deseja seguir. E assim, perdido, você passa a entrar de prédio em prédio, de elevador em elevador, descendo em diversos andares, sem nunca encontrar a porta, a sua porta!

Para viver o amor que você deseja, as experiências que sempre quis e conseguir aproveitar o melhor da vida, você precisa, antes de mais nada, saber o que quer. Refletir, questionar-se, perceber-se, aprender a diferenciar o que são seus verdadeiros sentimentos e o que não passa de ecos gritantes de sua ansiedade é fundamental para desenhar o mapa que o levará até o seu tesouro mais precioso.

Em vez de desperdiçar seus dias e suas flechas atirando para todos os lados, pare! Aquiete-se! Ouça seu coração, sua intuição. Olhe para os lados e vá descobrindo o que realmente faz sentido para você, o que realmente o faz feliz. O resto são apenas armadilhas. Mantenha-se atento e focado naquilo que quer e desvie dos perigos que, na maioria das vezes, são nossos próprios medos transformados em dificuldades.

E assim, sem se distrair, da próxima vez que for questionado sobre para qual andar deseja ir, você saberá exatamente o que responder. Daí pra frente, a surpresa fica por conta somente de tudo de bom que poderá experimentar...

Rosana Braga
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

A VIDA É FEITA DE MOMENTOS


A vida é feita de momentos. Apenas momentos. Não perca-os agora.

Na Índia, cada vez que a gente encontra uma pessoa ou se despede dela, põe as mãos na frente e diz: Namaste. Isso quer dizer: ‘Respeito o lugar em você em que reside todo o universo. Respeito o lugar em você em que, se você estiver neste lugar em você, e eu estiver nesse lugar em mim, só exista um de nós.’ Namaste.

É essencial que você alcance o ponto em que possa se por diante do espelho e dizer: ‘Espelho, espelho meu, quem é o mais incrível de todos?’ E o espelho responder: ‘Você, meu velho!’ Você pode não ser tão alto quanto gostaria de ser, ou as suas coxas podem ser um ouço maiores do que gostaria, mas você é o melhor que você tem. E quando reconhecer isso, estará progredindo. Ninguém o poderá deter.

Como você é humano, tem que fazer mágica. Entre em contato com ela. Quando sentir uma crise de loucura se aproximando, não a domine. Deixe que ocorra, só uma vez, e depois me conte o que aconteceu.

Quando eu amo você e você me ama, somos como o espelho um do outro, e refletindo-nos no espelho de cada um vemos o infinito.

É a semelhança que nos aproxima, mas é a novidade que nos conservará unidos. Seja sábio, seja estimulante, seja empolgante, partilhe as novas idéias, cresça, desenvolva-se. Nunca seja previsível.

Por favor, não esperem para comunicar os seus sentimentos. Um dos maiores elementos destruidores dos relacionamentos e intimidade é a nossa incapacidade de comunicar o que estamos sentindo agora.

LEO BUSCAGLIA
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Seus olhos são para enxergar de perto, de longe, por fora e por dentro!


Ao observar atentamente as pessoas, mais com os olhos do coração, do que com os olhos da razão, você vai observar que tem muito mais gente boa do que gente ruim por esse mundão.

Ver além das aparências! Olhar para a essência! Validar as pessoas pelo que elas são. Consegue isso?

Imagine, o máximo que puder, o que há por trás das atitudes das pessoas. O que será que tem no coração, na história e na vida das pessoas? Tentar entender o motivo que leva uma pessoa a agir de uma determinada forma só fará de você uma pessoa ainda mais desenvolvida, sabia?

Seus olhos são para enxergar de perto, de longe, por fora e por dentro! E o seu coração foi feito para sentir! Só se vê bem com os olhos do coração, certo?

Então, veja mais as estrelas, o céu, a lua, os pássaros, o colorido das flores.... Observe mais o rosto das pessoas. E ao olhar dentro dos olhos de cada um, você pode perceber como as pessoas são muito mais do que aparentam ser! Olhe nos olhos e no coração de todos aqueles que cruzarem o seu caminho.

Seja atencioso e compreensivo. Sempre! Especialmente com aqueles que mais estão incomodando. Nunca esqueça que a manifestação externa reflete o estado interior. Você também funciona com dificuldade quando algo não está bem no seu interior, certo?

Vá além das aparências. E continue se esforçando para compreender e amar, exatamente como quer ser compreendido e amado!

Ajude mais as pessoas a cumprirem alegremente suas tarefas. Sua presença bem que poderia melhorar o lugar onde está, né? Seja como o sol que ilumina a todos! Afinal, você deve fazer muita diferença na vida de muita gente!

Uma pessoa é única, poderosa e iluminada quando oferece a sua mão, o seu coração! Estenda a sua! Oferece o seu coração!

"Nunca foi a altura, nem o peso, nem os músculos que fazem uma pessoa grande.
Sempre foi e sempre será a sua sensibilidade e a sua capacidade de amar"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sábado, 27 de dezembro de 2014

Que tal estar de bem com a vida, com o mundo, consigo mesmo, com as pessoas?


Você está sendo a pessoa que você quer realmente ser?

Por si só vale a pena tentar responder essa pergunta porque o estado de reflexão é intenso e talvez incomode! Mas tente!

Que tal ser amoroso, mais alegre, mais simpático, mais compreensível, mais feliz? Que tal estar de bem com a vida, com o mundo, consigo mesmo, com as pessoas? Pois saiba que tudo isso depende exclusivamente de você! E está a seu alcance. Você pode conquistar sim todos esses estados internos, com uma simples decisão. Basta cuidar melhor dos seus pensamentos e de suas atitudes!

Você pode conquistar tudo o que sonhar, viu? Basta acreditar, querer e se esforçar. Mas primeiro descubra quem você é, conhecendo-se mais! E depois tente atrair luz para sua vida e com ela ilumine a vida das pessoas a seu redor!

Admita que são seus pensamentos e suas atitudes que determinam seu estado de espírito. Crie uma atmosfera de alegria, de felicidade, de verdade, de dignidade e de amor a seu redor. Sinta-se totalmente livre para escolher a viver assim, tá?

Decida hoje dominar seus medos, suas limitações e tudo isso vai desaparecer!

E... ame muito! Ame o máximo que puder: a tudo e a todos! Ame-se mais! Libere essa tremenda força de amar que você tem travada no seu coração, pô! Amar sempre vale a pena!

"Descubra que tudo começa pela intenção e tudo se determina pelo seu estado de espírito" - Napoleon Hil

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

ACOLHIMENTO E AMOR


Já notaram como reagimos diferente a cada pessoa e como algumas pessoas tem o Dom de despertar na gente... lá do fundo... coisas que são tão bonitas e delicadas que encantam até a gente mesmo...
É que existem pessoas muito especiais pra nossa história e que são capazes de revelar o que temos de mais bonito... aquela parte nossa mais natural e que nos faz sentir muito mais integridade... e nos encanta...
Muitas vezes temos que esconder lá no fundo uma parte de quem somos porque, por alguma experiência sofrida, foi machucada e prefere agora ficar guardada...

E essa parte bem delicada sabe que só pode vir à tona se tiver por perto alguém sensível que a possa reconhecer e acolher com amor...
Então... quando temos a sorte de encontrar pessoas que despertam o melhor de nós... também temos uma vontade grande de despertar o melhor de todas as pessoas ao nosso redor...
É que é tão bom ser assim de um jeito que é o seu jeito mais natural de ser, que quando experimentamos essa sensação queremos que todo mundo também se sinta assim...
Quanta coisa bonita está só esperando ser reconhecida e acolhida com amor pra se revelar.
Quantas vezes sabemos que com determinadas atitudes despertamos uma parte não tão bonita das pessoas, e mesmo assim não procuramos mudar...
Vamos buscar trazer à luz o melhor das pessoas que convivem com a gente e naturalmente todo mundo irá mostrar um lado novo... mais bonito e iluminado que... como uma luzinha mágica... vai se espalhar... e se espalhar... trazendo coisas cada vez mais bonitas das pessoas todas.
Temos que ser criativos pra usar o Dom do Amor e do Acolhimento, e despertar as partes adormecidas das pessoas que por algum motivo estão no nosso caminho...
É surpreendente como tem gente bonita escondida... só esperando um sorriso ou um carinho pra se mostrar e pra ajudar a colorir de arco-íris um mundo que anda tão sem cor...
Use o seu pincel do Amor e do Acolhimento pra pintar novos sorrisos e olhares mais brilhantes no rosto e no coração de quem você ama... e de quem você não ama... mas pode vir a amar com um amor que não é condicionado... Um Amor Maior... daqueles que nos mostram que Somos Todos Um...

Rubia A. Dantés
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Palavras São Sementes


Em geral, costumamos não dar muita importância às palavras. Todos nós conhecemos pessoas que falam demais, que a tudo criticam e que de tudo se lamentam ou reclamam. Puxe pela memória e certamente você se lembrará de alguém que seja assim.

Pessoas que nas entrelinhas sempre reclamam da sua atual situação, seja financeira, seja amorosa, ou de trabalho, esses sempre estão no passado procurando justificar um presente, geralmente insatisfeitos com sua situação atual, não têm sorte, sempre são injustiçados e sempre existe algo ou alguém para colocarem a culpa.

Não entendem que o que os leva a essa situação de insatisfação e infelicidade são eles próprios, pela maneira que se posicionam em relação à vida, em relação a tudo aquilo que falam e costumam carregar como fardo às costas durante a sua vida terrena, ignoram que somos aquilo que pensamos e que falamos. Seja amargo, negativo e pessimista em relação à vida e a vida irá lhe retribuir da mesma maneira.

O universo trabalha assim, tudo é reação diante de uma ação, seja boa ou má de uma maneira ou de outra você terá sempre essa reação, não fosse assim criminosos teriam uma vida eterna e nunca iriam sucumbir diante de outro criminoso e teriam vida longa, mas sabemos que não é assim e temos exemplos recentes.

Você só atrai aquilo em que pensa e que fala. Passe a vida reclamando da sua situação de infeliz e receberá só a infelicidade. Assuma uma postura de perdedor e perdedor você será ao longo da vida... Isso é fato e não pense que irá mudar, pelo contrário, você irá atrair perdedores iguais a você ao seu redor e sempre irá conviver com pessoas infelizes e medíocres.

Tudo são vibrações e movimento e você, através dessa baixa vibração, irá atrair desentendimentos, infelicidade. Procure observar isso, geralmente em famílias que só se desentendem que só geram problemas, empresas que patinam e não progridem, funcionários negativos e problemáticos que, onde estão, prejudicam toda uma equipe, vibram todos em baixa; são pessoas pesadas em que a simples presença nos faz mal.

Algo acontece conosco lá atrás na infância, seja algum problema com os pais, algum problema grave com alguém da família, uma separação conturbada, uma infância molestada, um abandono de uma mãe, sempre desencadeia uma formação adulta negativa e pessimista e geralmente não se dá conta; e está aí criado um adulto pessimista e totalmente negativo na postura e nas ações.

Não quero aqui dizer que a vida seja sempre repleta de fatos felizes, que tudo é maravilhoso e que sempre exista um passarinho verde em nossa janela todas as manhãs; pelo contrário, na maioria das vezes, é repleta de batalhas, mágoas, dissabores e todo tipo de infelicidade, mas temos que superar sempre cada obstáculo como um guerreiro e vencê-los com postura de vencedor, que sabe que tem que passar por percalços e dificuldades, mas tem a certeza da vitória.

O vencedor cai e se levanta, sofre de solidão porque está sempre na contramão da história, geralmente é tido como um sonhador, um romântico um otimista sem noção de realidade, por isso, em geral está só em sua batalha pelo sucesso e pela prosperidade.
Você nunca verá um vencedor que não tenha sido criticado e falado em roda de invejosos e perdedores.

Você nunca verá um vencedor que não tenha provocado a inveja daqueles que não têm ousadia e se escondem na mediocridade, você nunca verá um vencedor que pense pequeno e que possua horizontes curtos e estreitos.

Mas, em geral, você verá perdedores reclamando sempre da sua situação atual perante a vida, da sua malfadada empreitada em algum negócio, do tempo em que era feliz e não sabia, de determinado emprego que lhe proporcionava certa zona de conforto.

Vencedores caminham sempre na contramão da história e sabem o preço que se tem a pagar pelo sucesso e pela prosperidade, sabem que todo pensamento negativo leva à infelicidade e ao fracasso. Sabem que tudo é construído com uma postura altiva e com uma mente positiva e que não importa o tempo de espera.
Sabem que palavras são sementes semeadas tanto para o sucesso como para o fracasso, portanto, procuram sempre tomar cuidado naquilo que dizem.

Pense nisso.

Nelson Sganzerla
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Plenitude do Tempo


Aprende com as horas que regulam o seu tempo,
que a vida é puro ensinamento.
Cada dor, cada vitória e cada derrota,
carregam em si mesmos, sementes do amadurecimento.

Nada é em vão.
Não existe esse “acaso” que muitos afirmam existir.
Pois antes mesmo do seu agir,
houve um pensamento a te dirigir.

Aprende com o tempo que já passou,
que a vida é sementeira aberta.
Recebe todos os tipos de cultivo.
podemos plantar o ódio ou semear o amor.
podemos plantar esperanças ou viver a dor.
podemos plantar sonhos, ou sofrer com o desamor,
podemos abrir ou fechar portas,
seguir esta ou aquela rota.
Se perder e se achar mil vezes.

Ainda assim, com tudo o que você já viveu,
por mais que pareça muito tempo, muita dor,
muita angústia, muito sofrimento.
Ainda assim, é o “nada ao quadrado” diante da eternidade.

Por isso, não se demore na dor.
Aprende finalmente que tudo se transforma quando nos transformamos em algo melhor.
Quando nos aceitamos, nos valorizamos.
Quando finalmente aprendemos que podemos sempre um pouco mais.

E hoje, eu lhe digo com certeza:
- você pode muito mais!

Acredite em você, na sua capacidade infinita de amar e ser amado(a).
Porque está noite, ainda que tardia,
é sempre tempo de se preparar para a plenitude.
Não existe tempo e nem idade,
apenas a realização e a felicidade.
Acredite em você!

Paulo Roberto Gaefke
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Hábitos e Atitudes: dá para trocar?


Crescer não significa só aprender. É preciso que os conhecimentos transformem-se em atitudes. E muitas vezes isso não acontece porque não queremos abandonar velhos comportamentos. Faz tanto tempo que convivemos com eles que parece que fazem parte de nossa identidade, de nossa natureza.

No entanto, pensamentos, sentimentos e atitudes são como roupas: estão em você mas não são você. Se já não servem mais, abandone-os e procure idéias novas que lhe tragam os resultados desejados. Você tem de ser dono de seus pensamentos, e não escravo deles.

Os maiores escravizadores dos seres humanos são:

1. Os hábitos – aquela frase “Eu sempre fui assim” condena você a continuar sempre assim. Você sempre foi assim porque o ensinaram a ser assim. Então, escolha ser de outra maneira e vai descobrir que, aos poucos, estará agindo de modo diferente. Não seja escravo do passado. Se tiver de ser escravo, seja escravo dos seus sonhos.

2. A auto-imagem – a maneira como você se vê impede você de ser você mesmo. Quando alguém diz “Eu sou assim”, não consegue descobrir que é muito maior do que sua imagem. Quando alguém diz “Eu sou tímido”, não consegue deixar de ser tímido. Não crie rótulos para você. Rótulos são bons para refrigerantes. Você é muito mais do que uma marca de refrigerante. Preste atenção em você e descubra-se maior do que os seus rótulos.

3. A opinião dos outros – há muita gente que sempre muda de caminho porque quer agradar a todo o mundo. Escolha seus orientadores e mantenha a sua rota. Você tem de confiar em você, mesmo que ninguém confie. Esteja sempre pronto a reavaliar a sua estratégia, mas não deixe os outros pilotarem o barco da sua vida.

Para mudar nossa mentalidade e nossas atitudes, é preciso que estejamos dispostos a enfrentar o desconhecido. E é frequentemente aí que começam os problemas, porque, mesmo enfrentando dificuldades, as pessoas preferem dizer: “Eu sempre fiz assim e sempre funcionou!”.

Só que o “sempre foi assim” é uma ilusão e, na maioria das vezes, a desculpa para não evoluir. Os campeões adoram o desafio de fazer diferente, têm prazer em ser diferentes, são fascinados pelo pensar diferente, porque sabem que os desafios os obrigam a crescer.

Enquanto isso, os perdedores dizem que “Já está bom”. E ficam parados no mesmo lugar. Para os perdedores, a acomodação é fácil. Para os campeões, é uma sentença de morte.

Comprometa-se com o que você se propõe, pois assim terá forças para as mudanças que forem necessárias. Mais importante do que o desejo de mudar é o comprometimento com a mudança.

Roberto Shinyashiki
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

APRENDIZ DA VIDA


“Queria poder dizer que estou numa idade em que aprendi a viver.
Mas ainda não cheguei a este ponto.
Aprendi algumas coisas, sim.

Outras, trazem uma luta enorme dentro de mim,e não sei quantas quedas e quantos levantares serão necessários para que eu aprenda.
Mas não desisto!

Parece que estou na idade da razão, mas percebo que não existe idade para isso.
Nem sempre tenho razão.
Nem sempre sei o que fazer.
Sou e serei, até o último minuto,
Um aprendiz da vida.

Dizem que perdoar é esquecer e eu não sei ainda onde encontrar esta borracha que apaga vivências doloridas ou curativos que cubram feridas que nunca se fecham.
No meu ver, perdoar é compreender,aceitar, e seguir adiante.
É poder olhar nos olhos daquela pessoa novamente, e se precisar, dar a mão sem sentimento de sacrifício.
Raras são as pessoas que alcançam o dom do perdão, mas não é impossível.

Quando pensamos que sabemos tudo, porque vivemos um certo número de anos, temos que admitir que vivemos em outra época, com outros valores e que nossas certezas de antes, nem sempre cabem nos dias de hoje.

Nossos filhos nos lembram disso a cada instante.
São eles nossos melhores mestres,ao contrário do que se pensa.
Em tudo que fizemos ou dizemos, nosso exemplo vale mais do que todas as palavras.
As crianças ouvem muito mais que parecemos,que o que dizemos.

É assim também com os que precisam de nosso apoio.
Cada um de nós absorve acontecimentos de maneira diferente.
Porque não vivi algo de um jeito, não obrigo ninguém a viver da mesma forma.

Aprender a respeitar a dor alheia, é respeitar a individualidade do ser humano.
O medo do sofrimento do amor, nos afasta das pessoas que mais nos amam.
Muito do que chamamos de imprevisto e coincidência, é a mão de Deus interferindo
em nossas vidas.
Devemos pensar então, duas vezes antes de reagir mal a algo que contraria nossos planos.

O passar do tempo nos traz a experiência, mas a sabedoria vem de maneira diferente.
Ela chega com a vivência, entendimento, compreensão e aceitação das adversidades.

Meu maior medo é acreditar sobre o que dizem a meu respeito.
Isso me destruiria.
Devo sempre saber quem sou e nunca me esquecer daquele que me criou.
Aprender a vida, é reconhecer-se aluno eterno, com as somas, as diminuições e ciências do dia a dia.
É chegar no fim do dia e fazer planos para o dia seguinte e, se preciso for, recalcular, rever, repensar e recomeçar.”

Letícia Thompson
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

LIBERTE-SE DO APEGO

.


Diferentes Tipos de Amor

O Rei Pasenadi olhou para o Buda. Ele ficou impressionado. O Buda falou com voz calma e quieta e o que disse foi ao mesmo tempo simples e profundo. O rei sentiu que podia confiar no Buda e então perguntou o que o estava angustiando.

“Mestre Gautama, há pessoas que dizem que você aconselha às pessoas a não amarem. Eles dizem que quanto mais uma pessoa ama, mas sofrerá e se desesperará. Posso ver alguma verdade nessa afirmativa, mas não consigo encontrar paz com ela. Sem amor, a vida pareceria vazia de significado. Por favor, me ajude a resolver isso.”

O Buda olhou para o rei de forma acolhedora. “Majestade sua questão é muito boa, e muitos podem se beneficiar dela. Há muitos tipos de amor. Deveríamos examinar em detalhes a natureza de cada tipo de amor. A vida tem grande necessidade da presença de amor, mas não do tipo de amor que é baseado na luxúria, paixão, apego, discriminação e preconceito. Majestade há outro tipo de amor, extremamente necessário, que consiste de bondade amorosa e compaixão, ou maitri ekaruna.”

“Usualmente quando as pessoas falam de amor eles se referem apenas ao amor que existe entre pais e filhos, maridos e esposas, membros da família, casta ou país. Devido à natureza deste amor depender do conceito de ‘eu’ e ‘meu’, ele permanece misturado com apego e discriminação. As pessoas querem apenas amar seus pais, esposos, filhos, netos, seus parentes e compatriotas. Como são capturados pelo apego, eles se preocupam com acidentes que podem acontecer a seus amados mesmo antes deles ocorrerem. Quando esses acidentes ocorrem, eles sofrem terrivelmente. O amor que é baseado na discriminação produz preconceito. As pessoas se tornam indiferentes ou mesmo hostis àqueles fora de seu círculo de amor. Apego e discriminação são fontes de sofrimento para nós mesmos e para os outros. Majestade, o amor pelo qual todos os seres estão verdadeiramente famintos é a bondade amorosa e a compaixão. “

“Maitri é o amor que tem a capacidade de levar felicidade para outro.Karuna é o amor que tem a capacidade de remover o sofrimento do outro. Maitri e karuna não exigem nada em troca. Bondade amorosa e compaixão não estão limitadas aos pais, esposos, filhos, parentes, membros da casta e compatriotas. Eles se estendem a todas as pessoas e todos os seres. Em maitri e karuna não há discriminação, não há ‘meu’ e ‘não meu’. E como não há discriminação, não há apego. Maitri e karunatrazem felicidade e aliviam o sofrimento. Eles não causam sofrimento ou desespero. Sem eles, a vida seria vazia de significado, como você disse. Com bondade amorosa e compaixão, a vida é preenchida de paz, alegria, e contentamento. Majestade, você é o dirigente de todo um país. Todas as pessoas se beneficiariam de sua prática de bondade amorosa e compaixão.”

O rei inclinou sua cabeça pensando. Ele olhou ao Buda e perguntou, “Eu tenho uma família para cuidar e um país para dirigir. Se eu não amasse minha família e povo, como poderia cuidar deles? Por favor, esclareça para mim.”

“Naturalmente você deve amar sua própria família e povo. Mas seu amor pode também se estender para além de sua família e povo. Você ama e cuida do príncipe e da princesa, mas isso não o impede de amar e cuidar de outros jovens no reino. Se puder amar todos os jovens, seu amor atual, que é limitado, se tornará um amor inclusivo e todos os jovens do reino serão seus filhos. Isto é o que significa ter um coração de compaixão. Não é apenas um ideal. É algo que pode ser realizado, especialmente por alguém como você que tem tantos meios a disposição.”

“Mas e sobre os jovens dos outros reinos?”

“Nada o impede de amar os jovens de outros reinos como se fossem seus filhos mesmo que eles não habitem sob sua jurisdição. Apenas porque alguém ama seu povo não é razão para não amar povos de outros reinos.”

“Mas como posso mostrar meu amor por eles se não estão sob minha jurisdição?”

O Buda olhou para o rei. “A prosperidade e segurança de uma nação não deveria depender da pobreza e insegurança das outras nações. Majestade, paz duradoura e prosperidade são apenas possíveis quando as nações se juntam em um comprometimento comum para procurar o bem estar de todos. Se você quer que Kosara realmente desfrute de paz e que os jovens do seu reino não percam a vida nos campos de batalha, você deve ajudar aos outros reinos a achar paz. As políticas externas e econômicas devem seguir o caminho da compaixão para a paz verdadeira ser possível. Ao mesmo tempo, enquanto você ama e cuida de seu próprio reino, você pode amar outros reinos como Magadha, Kasi, Videha, Sakya e Lokya.”

“Majestade, ano passado eu visitei minha família no reino de Sakya. Eu descansei muitos dias em Arannakutika aos pés do Himalaya. Lá eu fiquei muito tempo refletindo sobre uma política baseada na não-violência. Eu vi que nações podem de fato desfrutar de paz e segurança sem ter que recorrer a métodos violentos tais como prisões e execuções. Eu falei dessas coisas ao meu pai, rei Suddhodana. Agora eu aproveito essa oportunidade para dividir as mesmas idéias com você. Um dirigente que nutre sua compaixão não precisa depender de meios violentos.”

O rei exclamou, “Maravilhoso! Verdadeiramente maravilhoso! Suas palavras são as mais inspiradoras! Você verdadeiramente é o iluminado! Eu prometo refletir em tudo o que disse hoje. Eu penetrarei em suas palavras, que contêm muita sabedoria. Mas por agora, por favor, permita-me perguntar uma questão simples. Ordinariamente, amor realmente contém elementos de discriminação, desejo e apego. De acordo com você, este tipo de amor cria preocupação, sofrimento e desespero. Como pode alguém amar sem desejo e apego? Como posso evitar criar preocupação e sofrimento no amor que sinto pelos meus filhos?”

O Buda respondeu, “Nós precisamos olhar para a verdadeira natureza de nosso amor. Nosso amor deveria trazer paz e felicidade aos que amamos. Se nosso amor é baseado em um desejo egoísta de possuir outros, não seremos capazes de levar até eles paz e felicidade. Ao contrário, nosso amor os fará se sentirem em uma armadilha. Tal amor não é mais que uma prisão. Se as pessoas que amamos são incapazes de serem felizes devido ao nosso amor, eles acharão uma maneira de se libertar. Não aceitarão a prisão do nosso amor. Gradualmente o amor entre nós se tornará raiva e ódio.”

“Majestade, você ouviu a tragédia que aconteceu dez dias atrás em Savatthi devido ao amor egoísta? A mãe sentiu que tinha sido abandonada pelo seu filho quando ele se apaixonou e casou. Ao invés de se sentir como se houvesse ganho uma filha, ela apenas sentiu que havia perdido seu filho e se sentiu traída por ele. Por isso, seu amor se tornou ódio e ela pos veneno na comida do jovem casal matando ambos.”

“Majestade, de acordo com o Caminho da Iluminação, amor não pode existir sem entendimento. Amor é Entendimento. Se você não pode entender, não pode amar. Maridos e esposas que não se entendem, não se amam. Irmãos e irmãs que não se entendem, não se amam. Pais e filhos que não podem se entender, não podem se amar. Se você quer que seus amados sejam felizes, você deve aprender a entender seus sofrimentos e suas aspirações. Quando você entende, saberá como aliviar seus sofrimentos e como ajudá-los a tornar realidade suas aspirações. Isto é verdadeiro amor. Se você quer apenas que seus amados sigam suas próprias idéias e ignora suas necessidades, não é um verdadeiro amor. É apenas desejo de possuir o outro e uma tentativa de atender às suas próprias necessidades, que não podem ser preenchidas deste modo.”

“Majestade, o povo de Kosala tem sofrimentos e aspirações. Se você não puder entender esses sofrimentos e aspirações, não será capaz de verdadeiramente amá-los. Todos os oficiais de sua corte têm sofrimentos e aspirações. Entenda esses sofrimentos e aspirações e descobrirá como ser capaz de dar-lhes felicidade. Graças a isto, eles se manterão leais a você por toda vida. A rainha, o príncipe e a princesa têm seus próprios sofrimentos e aspirações. Se você puder entendê-los, será capaz de trazer-lhes felicidade Quando cada pessoa desfruta de felicidade, paz e alegria, você mesmo conhecerá felicidade, paz e alegria. Este é o significado do amor de acordo com o Caminho da Iluminação.”

O rei Pasenadi estava profundamente emocionado. Nenhum outro mestre espiritual ou padre brâmane alguma vez abriu a porta de seu coração e permitiu a ele entender as coisas tão profundamente. A presença deste mestre, ele pensou, era de grande valor ao país. Ele queria ser um estudante do Buda. Depois de um momento de silêncio, ele olhou ao Buda e disse, “Eu te agradeço por jogar tanta luz sobre essas questões para mim. Mas há uma coisa que permanece ainda me aborrecendo. Você disse que o amor baseado no apego e desejo cria sofrimento e desespero, enquanto o amor baseado na compaixão traz apenas paz e felicidade. Mas ainda assim eu vejo que o amor baseado no caminho da compaixão mesmo não sendo egoísta ainda pode trazer dor e sofrimento. Eu amo meu povo. Quando eles sofrem devido a algum desastre natural como um tufão ou enchente, eu sofro também. Eu tenho certeza que se passa o mesmo com você. Certamente você sofre quando você vê alguém doente ou morrendo.”

“Sua questão é muito boa. Graças a esta pergunta você poderá entender mais profundamente a natureza da compaixão. Primeiramente, você deveria saber que o sofrimento causado por um amor baseado no desejo e no apego é milhares de vezes maior que o sofrimento que resulta da compaixão. É necessário distinguir entre os dois tipos de sofrimento – um que é inteiramente inútil e serve apenas para perturbar nossa mente e corpo e o outro que nutre a capacidade de cuidar e a responsabilidade. O amor baseado na compaixão pode prover a energia necessária para responder aos sofrimentos dos outros. O amor baseado no apego e desejo pode apenas criar ansiedade e mais sofrimento. Compaixão provê o combustível para ações que ajudam e para o serviço. Grande rei, compaixão é extremante necessária. A dor que resulta da compaixão pode ser uma dor útil. Se você não pode sentir a dor da outra pessoa, não é realmente humano.”

“Compaixão é o fruto do entendimento. Praticar o Caminho da Consciência é perceber a verdadeira face da vida. Esta verdadeira face é impermanência. Tudo é impermanente e sem um eu separado. Tudo deve um dia se extinguir. Um dia seu próprio corpo se extinguirá. Quando uma pessoa vê dentro da natureza impermanente de todas as coisas, seu modo de olhar se torna calmo e sereno. A presença da impermanência não perturba seu coração e mente. E, portanto os sentimentos de dor que resultam da compaixão não carregam a amarga e pesada natureza que outros tipos de sofrimento fazem. Pelo contrário, compaixão dá a pessoa grande força. Grande rei, hoje você ouviu algumas doutrinas básicas do Caminho da Libertação.”

(Do livro “Old Path White Clouds” sobre a vida do Buda – Thich Nhat Hanh)
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Comunicação pobre, relacionamento vazio


Num convívio em que a comunicação entre as pessoas é pobre, os vínculos facilmente se enfraquecem e favorecem a desconfiança.

Encontrar a pessoa certa – que corresponda exatamente a tudo aquilo que gostamos e que entenda perfeitamente nossos sentimentos diante de uma situação contrária – pode parecer ideal, mas pouco provável.
Cada indivíduo tem uma resposta diferente para determinada situação. Conhecer nossos limites e controlar as fraquezas de nossos temperamentos pode ser a “pitada” certa para dar equilíbrio aos nossos relacionamentos.

Muitas vezes, dentro do convívio do casal, vai acontecer algo que nos tire do sério. Nessas horas, as circunstâncias podem nos levar a atitudes tempestivas, as quais trarão à tona um comportamento pouco conhecido pelo nosso cônjuge. Por isso, saber que ninguém é um “super-homem” em virtudes ou uma “mulher maravilha” em compreensão nos permite conhecer as “misérias” do outro; e isso faz parte dos desafios de uma vida a dois.

Na partilha das realidades da vida conjugal percebemos as particularidades de temperamentos do cônjuge. Frequentemente, ouvimos alguém dizer que, por medo das reações do outro diante de certa circunstância, preferiu se calar em vez de expor suas idéias e reivindicações em prol da harmonia desejada.
Há pessoas que lidam mais facilmente com os desafios; outras são mais racionais ou têm facilidade para assumir a liderança das coisas, e assim por diante. Entretanto, ninguém é puramente virtude, pois também trazemos conosco nossos defeitos. Entendendo que um relacionamento acontece numa “via de mão dupla”, precisamos estar atentos para não exigir do outro somente atitudes de perfeição, quando reconhecemos em nós mesmos defeitos, os quais podem ser corrigidos com a disposição em sermos melhores por causa do outro.

Nosso cônjuge é a pessoa mais indicada para apontar aquilo em que precisamos nos empenhar a fim de melhorar nosso temperamento; o que, consequentemente, acaba refletindo no convívio a dois.
Não é nada agradável ouvir que cometemos um engano nisso ou naquilo, especialmente de quem amamos; afinal, nosso próprio conceito é de ser alguém irrepreensível. No entanto, um bom relacionamento traz sinais de sucesso quando o casal se dispõe a viver a honestidade, sobretudo, de maneira respeitosa na franqueza dos diálogos. As atitudes defensivas ou a recusa de conversar sobre aquilo que o outro julga importante dizer em nada ajudará no crescimento dos laços entre os casais.

Num convívio em que a comunicação entre as pessoas é pobre, os vínculos facilmente se enfraquecem e favorecem a desconfiança e a falta de respeito; atropelando, quase sempre, o direito e a integridade do outro. Situações mal resolvidas apenas tornam nosso convívio frio.
Antes mesmo que escoem pelos ralos os anos de amizade e comprometimento, a melhor atitude é falar sobre aquilo que parece não estar indo bem, a fim de encontrar uma saída, juntos, para uma situação que está tirando a paz no convívio.

Quando podemos contar com o interesse e a disposição do outro para nos ajudar a equacionar os impasses, a solução não parece ser tão impossível quanto demonstravam ser num primeiro instante. Assim, juntos e com a boa vontade de quem quer nutrir o amor, conseguiremos nos moldar às necessidades do outro para o comum do novo estado de vida, para o qual somos impelidos a viver.

Um abraço,

Dado Moura
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Dicas de Otimismo


Encarar a vida com otimismo é importantíssimo para superar os problemas diários com mais facilidade e viver melhor. Coloque estas dicas em prática e veja seu mundo ficar mais bonito e gostoso hoje:

Primeiro, aceite-se!

Você não é pior nem melhor do que ninguém. Portanto, deixe de lado a preocupação exagerada com a aparência e com a opinião alheia. Aceite seus defeitos e valorize as qualidades que você tem.

Ria mais. Alegria é o melhor remédio. Bom humor oxigena o cérebro e atrai novos amigos. Não perca as chances de contar piadas, dizer bobagens e soltar gargalhadas.

O que já passou, passou. Afinal tudo passa tudo passará! Nada nesta vida é definitivo. Se você tiver um pouco de paciência, o tempo cura todos os males. Se você sofreu ou sofrer uma decepção hoje, mas amanhã deverá sentir uma grande alegria.

Ei, olhe só que coisa maravilhosa! Admire a vida, valorizando aquilo que você já possui em vez de reclamar do que ainda não te pertence. Mas, quando for reclamar, lembre-se de que existem pessoas que têm muito menos do que você e mesmo assim, agradecem todos os dias pela vida que levam.

Abra sua mente…!

Nunca ache que já sabe o bastante. Seja curioso, pesquise assuntos novos, faça cursos e conheça pessoas. Assim você ficará mais interessado pelo que acontece no mundo e conectado a ele.

Quando a noite chegar. Antes de dormir, pense e fale coisas agradáveis. Quando já estiver escovando os dentes, desligue-se dos problemas e procure relaxar. Deite-se pensando em como foi bom seu dia, que você ama as pessoas ao seu redor e na satisfação de continuar vivendo bem neste mundo tão difícil.

No final das contas, desejo que você tenha um sono tranquilo !

Ou você acha que dormir é perda de tempo? Nem pensar. Quem está descansado trabalha melhor o dia todo, se mantém disposto até a hora de ir para a cama, dorme com os anjinhos e acorda feliz no outro dia.

Depois você me conta quantas pessoas você contagiou hoje!

Pense nisso…

E Tenha uma ótima noite!

Sigmar Sabin
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

A vida anda pra frente


Quando nos propomos a fazer algo diferente do que fizemos antes, e que não funcionou para nós, precisamos nos mover adiante. Em geral, a ideia de refazer remete à lembrança de frustrações passadas. Se isso acontece com você, atenção com o uso que faz da sua energia!

Uma das primeiras lições que aprendemos com a vida é que não dá para acertar sempre. Algumas vezes, dependendo do grau de dificuldade que encontramos, erramos bastante. Experiência é tudo: experimentar, fazer, repetir, até conseguir o que se deseja.

Isso se aplica a relacionamentos, vida profissional e o que mais alguém possa querer realizar.

Se não desistirmos diante das frustrações e das tentativas mal sucedidas, iremos nos aprimorando até adquirir a habilidade desejada.

O processo de aprendizagem requer que possamos lidar com a frustração. Em vez de nos deixarmos abater, precisamos aceitar com naturalidade o que não deu certo.

A aceitação é a chave para deixar ir embora o que não funcionou antes.

Enquanto a pessoa ficar lamentando o passado, ou imaginando como teria sido se tivesse agido diferente, vai patinar no mesmo lugar, sem se mover adiante.

Fazemos o melhor que podemos com os recursos emocionais, mentais, materiais de que dispomos, em determinado momento. Essa idéia deve ser suficiente para afastar sentimentos de culpa e outras emoções negativas.

A mudança de percepção e de atitude diante de uma situação acontece quando passamos de um grau de maturidade para outro, maior.

Jael Coaracy
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

ACEITE-ME


Aceite-me como eu sou, porque não tenho garantias e nem tenho a pretensão de ser alguém perfeito.

Toda a perfeição não posso ter.

Eu sou como você.

Sou da espécie humana.

Sou capaz de errar.

O erro não é falha de caráter e errar faz parte da Natureza Humana.

Eu vivo, Eu sorrio e Eu também aprendo.

Meu conhecimento é incompleto.

Estou na busca o tempo todo, nas horas acordadas e nas horas de sono.

Eu tenho um longo caminho a ser percorrido, assim como você também tem.

Aprendemos nossas lições pelo caminho.

Atingiremos a Sabedoria.

Assim, por favor, aceite-me como sou!

Porque eu sou só eu.

Apenas eu.

Não há ninguém igualzinho a mim no mundo.

Esta é a única garantia que dou.

É assim que eu me sinto.

Eu tenho um coração.

Abra-me e veja-o!

Por favor , cuide bem dele.

Ele é tudo que eu sou.

Apenas eu.

(Silvia Schmidt)
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

domingo, 21 de dezembro de 2014

Mude o foco para eliminar os problemas


Você já reparou que em cada fase de nossa vida alguns problemas parecem maiores que os outros? Não estou falando de problemas graves e pontuais, como doença ou perda de emprego. Estou falando daquelas características de nós mesmos de que não gostamos, estamos sempre tentando modificar.

Para esses supostos problemas, existe um grande remédio: mudar o foco.

Quanto mais atenção você dá a um problema, mais ele cresce. Isso acontece porque esse problema acaba tomando tempo e espaço em nossas vidas. Tempo e espaço esses que poderiam ser melhor utilizados em atividades produtivas, que nos levem em direção a nossos objetivos e não apenas fiquem atrapalhando nossa vida.

Um bom exemplo de atitude que dá certo em relação a essas situações incômodas é quando, ao longo do tempo, alguns problemas que eram enormes já não nos assustam tanto. Isso é bastante comum quando a gente vai amadurecendo. Em determinada época de nossa vida, especialmente na adolescência, um coração partido é o fim do mundo. Como sofremos quando alguém não corresponde à nossa paixão!

Depois de um tempo, se conseguimos estabelecer um casamento, um relacionamento estável com alguém e olhamos para trás, nos surpreendemos pelo tempo e energia que gastamos lamentando não ter conseguido conquistar aquela outra pessoa. O problema não parece muito menor do que era na época? Pois isso é resultado da mudança de foco.

Tenho certeza de que, quando você viu que não adiantava insistir em conquistar aquela pessoa, parou de pensar tanto nela e foi se envolvendo com outras áreas de sua vida. E, de repente, de tanto focar em questões produtivas, acabou conseguindo encontrar e conquistar uma pessoa que tem muito mais a ver com você do que aquela que ficou para trás.

Parabéns, você soube mudar o foco e está colhendo os frutos disso.

Mas garanto que hoje são outros tipos de problemas que incomodam você. Pois bem, sabe qual é o segredo? Para esses problemas, também é a mudança de foco que vai trazer a solução.

Não digo que você deva parar completamente de pensar neles. Mas deve, isso sim, ter uma postura muito mais de solução do que de tristeza pela falta de alguma coisa. Você deve analisar como pode conquistar o que está lhe faltando. Quais os passos que deve dar para suprir esta falta?

Tenho certeza de que, com consistência e foco no resultado, você vai chegar lá!

Carlos Augusto Monteiro
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

É Triste Dizer Adeus


"É triste dizer adeus, mas às vezes é necessário.
Não podemos prender a nós definitivamente as pessoas que amamos
para suprir nossa necessidade de afeto.

O amor que ama, aprende a libertar.

Procuramos ganhar tempo para tudo na vida.
Mas a vida, quando chega no próprio limite, despede-se, e é esse último
adeus que é difícil de compreender e, mais ainda, aceitar.
Possuímos um conceito errado do amor.
Amar seria, no seu total significado, colocar a felicidade do outro acima de tudo,
mas na realidade é a nossa felicidade que levamos em consideração.
Queremos os que amamos perto de nós porque isso nos completa, nos deixa bem e seguros.
E aceitar que nos deixem é a mais difícil de todas as coisas.
Não dizemos sempre que queremos partir antes de todos os que amamos?
Isso é para evitar nosso próprio sofrimento, nossa própria desolação.
É o amor na sua forma egoísta.

Aceitar um adeus definitivo é uma luta.

Se as perdas acontecem cedo demais ou de forma inesperada,
o sentimento de desamparo é muito maior e a dor mais prolongada.
É o incompreensível casando-se com o inaceitável e o tudo rasgando a alma.
Essas dores poderão se acalmar, mas nunca se apagarão.

Mas quando a vida chega ao final depois de primaveras e primaveras e outonos e mais outonos,
nada mais justo que o repouso e aceitar a partida é uma forma de dizer ao outro que o amamos,
apesar da falta que vai fazer.
Não podemos prender as pessoas a nós para ter
a oportunidade de dizer tudo o que queremos ou fazer
tudo o que podemos por elas.
De qualquer forma, depois que se forem, sempre nos perguntaremos se
não poderíamos ter dito ou feito algo mais.
Mas essas questões são inúteis.
O amor que ama integralmente não quer ver o outro sofrer e ele abre mão dos próprios sentimentos
para que o destino se cumpra, para que a vida siga seu curso.

As dores do adeus são as mais profundas de todas.

Mas elas também amenizam-se com o tempo e um dia, sem culpa, voltamos a sorrir,
voltamos a abrir a janela e descobrimos novamente o arco-íris da vida.
Depois da tempestade descobrimos um dia novo e o sol brilha de maneira diferente.
E talvez seja assim que aprendemos a dar valor à vida,
aos que nos cercam;
aprendemos a viver de forma a não ter arrependimentos depois e aproveitar ainda
mais cada segundo vivido em companhia daqueles que nosso coração ama."

Letícia Thompson
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sábado, 20 de dezembro de 2014

Que todos nós consigamos conviver com os nossos "talvez"


Talvez eu venha a envelhecer rápido demais.
Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.
Talvez eu sofra inúmeras desilusões no decorrer de minha vida.

Mas farei que elas percam a importância diante dos gestos de amor que encontrei.
Talvez eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais.
Mas jamais irei me considerar um derrotado.
Talvez em algum instante eu sofra uma terrível queda.
Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.
Talvez um dia o sol deixe de brilhar.
Mas então irei me banhar na chuva.
Talvez um dia eu sofra alguma injustiça.
Mas jamais irei assumir o papel de vítima.
Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos.
Mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderão em minha direção.
Talvez numa dessas noites frias,eu derrame muitas lágrimas.
Mas não terei vergonha por esse gesto.
Talvez eu seja enganado inúmeras vezes.
Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar alguém merece a minha confiança.
Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros.
Mas não desistirei de continuar trilhando meu caminho.
Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades.
Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.
Talvez algumas pessoas queiram o meu mal.
Mas irei continuar plantando a semente da fraternidade por onde passar.
Talvez eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo da música.
Mas então, farei que a música siga o compasso dos meus passos.
Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris.
Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.
Talvez hoje eu me sinta fraco.
Mas amanhã irei recomeçar,nem que seja de uma maneira diferente.
Talvez eu não aprenda todas as lições necessárias.
Mas terei a consciência que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.
Talvez eu me deprima por não ser capaz de saber a letra daquela música.
Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.
Talvez eu não tenha motivos para grandes comemorações.
Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.
Talvez a vontade de abandonar tudo torne-se meu ou minha companheir(o)a.
Mas ao invés de fugir,irei correr atrás do que almejo.
Talvez eu não seja exatamente quem gostaria de ser.
Mas passarei a admirar quem sou.
Porque no final saberei que,mesmo com incontáveis dúvidas,eu sou capaz de construir uma vida melhor.
E se ainda não me convenci disso, é porque como diz aquele ditado: “ainda não chegou o fim”.
Porque no final não haverá nenhum “talvez” e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia.

Sônia Carvalho
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Onde está a felicidade?


Não perca seu tempo vivendo a ilusão de que a sua felicidade estava lá no passado,
naquele relacionamento que poderia ter sido, e não foi,
no emprego que foi perdido, no concurso que quase passou,
na loteria que por pouco não ganhou...

Não fique amargurado acreditando que fez a escolha errada,
que poderia ter feito uma faculdade ou outra profissão, diferente dessa que exerce.
Não, definitivamente a sua felicidade não está no passado.

Também, sinto muito em lhe dizer, que sua felicidade não está no que virá,
no futuro que promete muito, pelos sonhos que você acalenta,
mas que podem ser revelar tão frustrantes quanto doce de quiabo com recheio de chuchu...
Nem se apresse em apostar que sua felicidade está lá na frente quando se formar,
ou quando passar naquele vestibular, ou no concurso público de tantos mil reais de salário.
Lamento, mas a felicidade não está no futuro, pois ele pode nem chegar.

A felicidade está exatamente onde você a coloca, e quase sempre, é bem distante das suas mãos...

Colocamos tantos empecilhos na felicidade, que é simples, que fica parecendo que ela é uma utopia, um sonho distante, impossível de se realizar.

O que nos falta?

- Falta CONTENTAMENTO.
- Falta ADMIRAÇÃO POR NÓS MESMOS.
- Falta COMEMORAÇÃO A CADA CONQUISTA PESSOAL, por mais simples que seja.
- Falta A CERTEZA de que somos o que IDEALIZAMOS.
- Falta FÉ em nossas próprias crenças.

Faça da felicidade uma meta diária, conquistada minuto a minuto e compartilhada
com todos os que você acredita que se preocupam com você,
que se interessa pelas suas vitórias.
E viver já é uma grande conquista.

Respirar sem aparelhos é benção de se agradecer de joelhos.
Poder caminhar é uma felicidade que não tem preço.
Estar livre, fora de um hospital ou de uma cela é felicidade sem medida.

Ah! temos tanto, que só valorizamos o que temos quando perdemos.
Por isso vivemos da ilusão de que a felicidade é dos outros, ou está lá no passado que não volta ou no futuro que não atingimos.

Felicidade é poder dizer, como é bom ter você como amigo(a), e não ter a vergonha de ser simplesmente feliz.
Acredite em você!

Paulo Roberto Gaefke
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco



Sim, Somos Todos Um!


Que você, mesmo sob a pressão do mundo, jamais negue o seu espírito.
Que você não permita que suas emoções estranhas bloqueiem o amor real.
Que você não deixe de rir das coisas engraçadas da vida.
Que você não deixe que alguém, homem ou espírito, roube sua alegria.
Que você diga não a tudo o que seja degradante de sua integridade.
Que, por onde for, com quem for, você vença a si mesmo.
Que você esteja livre das algemas da arrogância e do medo.
Que você possa olhar em seus olhos e sentir grandeza e integridade.
Que você valorize um coração luminoso e cuide bem de sua luz.
Que você se emocione só de sentir-se vivo, e agradeça a quem lhe deu a vida.
Que você respire alegremente, sentindo a energia permeando o ar.
Que você veja as partículas de luz dançando na atmosfera à sua frente...
Que você se respeite como Ser universal, para se respeitar como Ser humano.
Que você não deixe sua mente abafar o seu coração nem os seus sonhos.
Que você eleve as mãos para o sol e comemore a bênção da luz.
Que você ensine aos seus filhos a ver graça na vida, pois cada dia é sagrado.
Que você chore, se quiser, mas que o seu choro seja justo e traga lições.
Que você cante algum mantra, e que isso melhore as pessoas e o mundo.
Que você suba a montanha e reverencie o vento e os espíritos do ar.
Que você desça até a campina e reverencie os espíritos das brumas.
Que você cante uma canção pelos seus ancestrais e amigos de outrora.
Que você não se esqueça dos que partiram para o plano espiritual.
Que haja alegria nessa lembrança! Que haja luz! Que haja bênçãos nisso!
Que você também cante pelos amigos de agora, pois eles são presentes em sua vida.
Que você ame profundamente... E que isso dignifique sua jornada e o ser amado.
Que você seja uma presença de luz na vida dos outros... E que isso seja sempre!
Que você saiba reconhecer os seus erros e, com humildade, corrigi-los.
Que você perdoe a si mesmo e, assim, aprenda a perdoar aos outros.
Que você também reconheça suas qualidades e seus acertos, e fique alegre por isso.
Que você não se lamente pelas coisas do passado; apenas aprenda a lição e voe...
Que você não se deite com ira de ninguém e nem preso nas coisas do mundo.
Que você durma pensando no céu azul... E que visite as estrelas, em espírito**.
Que os espíritos das brumas guiem sua jornada espiritual, por onde você for...
Que você e eles dancem nos ares e celebrem a graça da amizade e do encontro.
Que você cante com eles! Que você ria muito lá em cima! Que você aprecie a vista!
Que você aprenda algo enquanto seu corpo dorme... E que você se lembre!
Que você sinta que o seu verdadeiro lar é em seu coração.
Que você seja feliz, mesmo que ninguém entenda por que.
Que você agradeça a Presença***, por tudo.

P.S.: Que você leia essas linhas e acredite mais em si mesmo.
Que você e eu nos encontremos aqui, por sintonia espiritual.
Que nos reconheçamos como irmãos de luz, mesmo à distância.
Que um Poder Maior nos una, em espírito e verdade.
Que você, caro leitor, e eu, o escritor, sejamos um!
Que um Grande Amor encante nossos pequenos corações.
Que esses escritos iluminem a dádiva de mais um dia.
Que assim seja, pois, somos todos um!
Que haja Paz e Luz!

Wagner Borges
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

O amor não morre


O amor não morre. Ele se cansa muitas vezes. Ele se refugia em algum recanto da alma tentando se esconder do tédio que mata os relacionamentos.

Não é preciso confundir fadiga com desamor. O amor ama. Quem ama, ama sempre. O que desaparece é a musicalidade do sentimento. A causa? O cotidiano, o fazer as mesmas coisas, o fato de não haver mais mistérios, de não haver mais como surpreender o outro. São as mesmices: mesmos carinhos, mesmas palavras, mesmas horas... o outro já sabe! 

Falta magia. Falta o inesperado. 

O fato de não se ter mais nada a conquistar mostra o fim do caminho. Nada mais a fazer. Muitas pessoas se acomodam e tentam se concentrar em outras coisas, atividades que muitas vezes não têm nada a ver com relacionamentos. Outras procuram aventuras. Elas querem, a todo custo, se redescobrir vivas; querem reencontrar o que julgam perdido: o prazer da paixão, o susto do coração batendo apressado diante de alguém, o sono perdido em sonhos intermináveis e desejos infindos. 

Não é possível uma vida sem amor. Ou com amor adormecido. 

Se você ama alguém, desperte o amor que dorme! Vez ou outra, faça algo extraordinário. Faça loucuras, compre flores, ofereça um jantar, ponha um novo perfume...

Não permita que o amor durma enquanto você está acordado sem saber o que fazer da vida. Reconquiste! Acredite: reconquistar é uma tarefa muito mais árdua do que conquistar, pois vai exigir um esforço muito maior. Mas... sabe de uma coisa? Vale a pena! Vale muito a pena!

Letícia Thompson
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco