sábado, 31 de janeiro de 2015

Derrube o muro que separa você de você mesmo!


Escute mais as coisas do coração! Do seu coração! Abra-se para a vida! E derrube o muro que separa você de você mesmo! Seja verdadeiro! Seja simples! Sempre!

Fique bem atento aos pensamentos que estão alimentando o seu coração e comece a tomar mais cuidado com a qualidade desses pensamentos. Perceba o que eles estão provocando e o que você tem colhido.

Aceite-se mais! Reconheça-se mais! Trabalhe mais os seus pontos fracos. E quanto aos pontos fortes, que você sabe que tem, deixe-os ainda mais fortes. Acalme mais toda vaidade e todo orgulho que é natural sentir, viu? Domine mais a sua necessidade de parecer ser alguém que não é! Cuide melhor das suas necessidades de ser amado, aceito, considerado, valorizado.

É você que se constrói a cada dia! Por isso, é bom uma auto análise feita por quem mais entende de você: você mesmo!

Fique aberto e disposto a ser uma pessoa melhor, mais tolerante, mais flexível, mais compreensível, mais doce, mais amável, mais humana e solidária!

Vale a pena viver!? E isso você já sabe, por isso, fique do seu lado e seja o seu melhor amigo. E nunca mais se permita ser do jeito que o outro quer, do jeito que a sociedade quer, ok?

Dê mais chance a você mesmo, investindo mais nesse ser maravilhoso que você é! Aprenda a recomeçar porque sempre é tempo e hoje é um novo dia.

Todo mundo tem o seu valor, viu? Ninguém é inferior ou superior a ninguém! Ninguém é menos ou mais! Coloque-se sempre ao lado da sua verdade, impondo-se dentro de si mesmo! Por você e pra você! Não sofra desnecessariamente, tá?

“Deixe que a alegria brote do fundo do seu coração que é bom e generoso por natureza”

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

O Medo


 
"...Uma pessoa amadurecida deve desconectar-se de tudo que estiver relacionado com o medo.
É assim que a maturidade chega. Apenas observe todos os seus atos, todas as suas crenças e descubra se elas estão baseadas na realidade, na experiência, ou se estão baseadas no medo.
E qualquer coisa baseada no medo precisa ser imediatamente abandonada, sem um segundo pensamento. É uma armadura. Não posso dissolvê-la. Só posso simplesmente lhe mostrar como você pode abandoná-la.
Continuamos a viver a partir do medo - e assim vamos envenenando toda experiência. Amamos alguém, mas com base no medo: isso se deteriora, envenena. Buscamos a verdade, mas se a busca tiver base no medo, então você não irá encontrá-la.
O que quer que faça, lembre-se de uma coisa: Com base no medo você não irá crescer. Você irá apenas encolher e morrer. O medo está a serviço da morte.
...Uma pessoa destemida possui tudo que a vida quer lhe dar como um presente. Agora não há mais nenhuma barreira. Você será banhado com presentes, e tudo que você fizer terá um vigor, uma força, uma certeza, um tremendo sentimento de autoridade.
Um homem vivendo com base no medo está sempre tremendo por dentro. Ele está continuamente a ponto de ficar louco, porque a vida é imensa, e se você estiver continuamente com medo... E há todo tipo de medo. Você pode fazer uma lista enorme, e você ficará surpreso de quantos medos estão lá - e você ainda está vivo! Há infecções por toda parte, doenças, perigos, seqüestros, terroristas... E uma vida tão pequena. E finalmente existe a morte, a qual você não pode evitar. Toda sua vida ficará em trevas.
Abandone o medo! O medo foi inconscientemente adquirido por você na sua infância; agora, abandone-o conscientemente e amadureça. E, então, a vida pode ser uma luz que vai se aprofundando à medida que você vai crescendo".
Osho, Extraído de: Beyond Psychology.

Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Descubra o que te faz feliz e de bem com a vida!


Jamais faça qualquer coisa apenas por obrigação. Procure sentir prazer no que faz! Viva com mais paixão, com mais sentimento, com mais gosto! E pare de levar uma vida morna! Não faça isso com você!

De vez em quando se pergunte: Para que serve tudo isso? A vida vale a pena ser vivida, viu? E como vale! E quando você achar que a vida está enfadonha demais, cheia de pressão, de injustiças, frenética, concorrida, é porque chegou a hora de rever sua forma de encarar a vida!

Refaça seus planos, renove suas esperanças... Volte a sonhar, criatura! E sonho alto, por favor!

Admita pra você mesmo que o melhor momento seu é agora. E que agora é hora de ser feliz! Não espere mais nada e nem que aquela pessoa mude, reconheça você e que valide a sua vida. A sensação de ser feliz é só sua!

Divirta-se mais, tá? Descubra o que te faz feliz e de bem com a vida, e vá em frente! Há sempre algo bom acontecendo! Há sim prazer no trabalho, na convivência, no relacionamento!

Se seu trabalho é fonte de angústias, tente responder essas perguntas: será que estou no lugar certo, no emprego certo? Será que quero passar a vida inteira assim?

Se você não está feliz, mude! Mude de profissão, de emprego, de casa, de cidade... O trabalho deveria ser um caminho para a felicidade e para a realização, nunca um sacrifício!

Bom Dia! Bom Divertimento!

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Confie Em Si Mesmo


Tudo é melhor quando você confia na sua inteligência,
no seu sentimento, no seu poder de reconciliação.

Uma divergência grande apequena-se ou desaparece.
As amizades crescem, um simples encontro tem
significado e as palavras ganham importância.
O que era problema até serve de ajuda.

Não espere os grandes enfrentamentos,
as adversidades para confiar em si.
Exercite a confiança a toda hora.
Assim, se surgir uma grande dificuldade,
você já estará preparado.

A confiança em si mesmo é força poderosa
de paz, progresso e felicidade.

Lourival Lopes
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

As Nossas Autocríticas


Saudações,
Quantas vezes você já se pegou admirando as qualidades de alguém e automaticamente desprezando a falta destas qualidades em você?
Isto ocorre com facilidade quando não se tem percepção de nossos acertos e qualidades, daí, reforça-se a autocrítica aos nossos erros e defeitos.
Todos dizem que ninguém é perfeito, mas muitos no dia-a-dia se cobram de tal forma, que algo que poderia se tornar um benefício que é a busca de ser cada vez melhor, vira um tormento, um elemento de estresse.

Em tempos de super valorização da imagem, então, um exemplo são as doenças modernas como bulimia, anorexia, vigorexia, fruto desta auto-exigência de se estar alinhado com as regras ditadas por uma mídia que busca tão somente incrementar mercado consumidor.
As mulheres principalmente são as que mais sofrem, quando deveriam ser as que mais deveriam se orgulhar de ser ativas em várias frentes. São mães, companheiras, profissionais, amigas, conselheiras, administradoras de lares, tudo ao mesmo tempo e que, no entanto, quando cometem alguma falha, o mundo vai abaixo. Relaxe.
Ser exigente é necessário para progredirmos, mas temos que ter noção e bom senso para saber até que ponto não estamos exagerando nesta exigência.
O amor-próprio deve ser constantemente alimentado, pois só assim, nos percebendo, nos amando, poderemos perceber o quanto de amor existe em torno de nós vindo das várias pessoas com quem nos relacionamos e que por vezes não percebemos, pelo simples fato de que antes de ser amado por alguém, devemos ser amados por nós mesmos.
Ame-se mais, relaxe mais, erre e aprenda com os erros e pare de se torturar com seus momentos de falha, pois falhas e acertos são os dois lados que convivem no nosso dia-a-dia e que serve de parâmetro um para o outro.
Ser bem resolvido com nós mesmos é um grande passo para se ser feliz e felicidade, cá entre nós, não tem nada a ver com perfeição.
Só para registro e reflexão.
Fecha o pano.

Fernando Martins
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Tem um intruso em sua vida amorosa?


Penso que podemos partir do princípio de que ninguém gosta de ser a "vela", aquela pessoa que sobra entre um casal, que parece estar mais para ofuscar do que para iluminar o cenário, contrariando a função do popular apelido.

No entanto, parece que algumas pessoas não só não se incomodam, como - por alguma razão desprovida de bom-senso - fazem questão de atuar como pedra, obstáculo, calo, uma verdadeira âncora prendendo a relação alheia e impedindo ou atrasando muito para que ela siga seu destino.

Vindos dos endereços mais improváveis, atendem por diversos nomes, dos mais antagônicos aos mais apropriados: amiga, sogro, mãe, ex, estorvo, enteado, filha, rival... Enfim, o nome é o que menos importa. O problema mesmo está na dinâmica irritante, intrometida e desrespeitosa desses ditos cujos.

Os motivos não vêm ao caso agora, especialmente porque não se justificam, uma vez que "em vida de casal, não se mete o pedal". Isto é, somente os dois podem decidir quando é hora de frear ou de acelerar, seja para qual for a direção (desde que dentro do contexto da relação deles, é claro!).

Sendo assim, o que fazer diante de situações constrangedoras e deflagradas por conta de palpites em excesso e não solicitados, comentários desnecessários, relatos de fatos inventados ou distorcidos, visitas que atropelam a privacidade do casal e comportamentos que ignoram a boa educação?

Obviamente, estamos falando da desastrosa combinação entre pessoas socialmente relevantes e atitudes insuportavelmente descabidas. Sim, porque em se tratado de pessoas sem importância para o casal, ao primeiro sinal de que tumultuam o clima amoroso, basta que vetem clara e completamente a persona non-grata, evitando os lugares que ela frequenta ou impedindo solenemente a sua aproximação. A questão, portanto, refere-se aos casos em que pontuações como essas não são tão simples assim. Aqueles que requerem diplomacia e o mais refinado exercício de gentileza.

Em primeiro lugar e acima de tudo, é preciso que o casal defenda a relação juntos! O plano, para começar, inclui uma boa conversa e a construção de uma de ação sintonizada. Os dois precisam adotar a mesma estratégia, lutarem juntos pela harmonia e o bem-estar do relacionamento.

Sugiro que comecem aos poucos, testando doses de "simancol" para ver se a pessoa assimila o recado e muda sua forma de agir. Dispensem "sorrisos amarelos" ou indiretas, porque a situação já ultrapassou esse nível de sutilezas. Se tiverem de falar algo, sejam contundentes e objetivos, pontuais e seguros. Porém, sempre, sempre com muita classe e elegância. Não "percam a linha", não se igualem à situação em termos de se expor ao ridículo. Sejam discretos. Se necessário, chamem a pessoa de canto e mostrem a ela, com todas as letras e inteligência que o plano pede, o quanto o clima está desagradável por conta do espalhamento dela.

Por fim, se nada disso der certo, penso que será o momento de o casal convidar essa pessoa para um café e deixar bem claro o quanto ela é importante no convívio familiar, mas que não mais estão dispostos a suportar a intromissão dela na relação de vocês. De modo que, embora ela não seja obrigada nem a gostar de vocês e nem a aprovar a relação de vocês, é obrigada, sim, a agir de modo respeitoso e bem-educado no que se refere à vida do casal. Caso contrário, será convidada a se retirar e nunca mais a integrar este grupo de convivência.

Certamente, depois de tanta clareza combinada com bom-senso e educação, das duas uma: ou essa pessoa vai se colocar em seu devido lugar, ou evitará ao máximo aparecer e correr o risco de passar "carão".

Rosana Braga
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Transforme o orgulho em gratidão!


Orgulho ou gratidão? Qual desses dois sentimentos você alimenta mais em sua vida?

Pois é, tem muita gente que ainda não descobriu que o orgulho e a vaidade enfeiam a vida. Já a gratidão faz com que você volte a sentir paz de espírito e paz com você mesmo!

A gratidão faz você olhar no espelho e dizer assim: "Que bom que esse daí sou eu! Com qualidades e defeitos, com acertos e erros, mas também com muitas realizações em minha vida". É a gratidão que te leva a ter essa conversa com sua alma no espelho.

Gratidão gera gratidão! E lamúria atrai mais miséria!

Transforme o orgulho em gratidão. Tenha coragem de fazer de vez em quando uma faxina em sua alma, limpando e purificando o que já passou! Não existe nada pior, para dificultar o crescimento de alguém, do que uma personalidade ferida, sabia? Quando alguém tem suas feridas abertas, é capaz de fazer coisas absurdas e até perigosas. Cuide-se!

Jogue fora aquilo que não se precisa mais! Saiba dar descargas nas sujeiras passadas! Não deixe a mágoa sufocar o seu peito, pô! Não permita que o que aconteceu ontem com você, mate o que está vivendo hoje!

Olhe seus erros e fracassos com ternura! Deixe mais espaço para a sua alma ser ela mesma: l-i-n-d-a e p-o-d-e-r-o-s-a brilhar em sua casa interna.

Bom Dia! Bom Divertimento!

"Tenha atitude, sempre!
Porque você pode se desapontar se fracassar, mas estará condenado se pelo menos não tentar"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

A felicidade é um jeito de viver!


"A felicidade é um jeito de viver.
Não curta somente a calmaria, aproveite a tempestade.
Tudo enriquece a vida.
Ela não pode ser vivida somente dentro de uma casa,
a vida tem que ser experimentada dentro do Universo.
A felicidade é um jeito de viver,
é uma postura de vida,
é uma maneira de estar agradecido a tudo,
não somente ao sol, mas também à lua,
não somente a quem lhe estende a mão,
mas também a quem o abandona,
pois certamente nesse abandono
existe a possibilidade de descobrir a força
que existe dentro de você."

(Roberto Shinyashiki)
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Resgate Sua Essência


A acumulação de riquezas e a ostentação estão deturpando os valores das coisas e das pessoas. Em um mundo em que o dinheiro é mais valorizado que os sentimentos, a aparência também acaba sendo mais importante que a essência. Conseqüentemente, a vida, que antes era palco da luta entre o ser e o ter, agora se tornou um campo de batalha entre o ser e o parecer.

Antigamente, quem não conseguia ser procurava ter bens materiais para conquistar a admiração dos outros. Assim, algumas pessoas que não conseguiam ser cultas compravam carros caros para mostrar que eram importantes.
Algumas pessoas que não eram educadas davam gordas gorjetas aos garçons para ser bem tratadas, apesar de suas grosserias. Alguns homens que não conseguiam atrair as mulheres que desejavam conquistar, davam presentes caros para impressionar. Entretanto, como a cada dia está mais difícil ter, muitas pessoas passaram a buscar maneiras de parecer ter.

Parece que elas têm uma bolsa de grife.
Parece que têm um relógio caríssimo.
E algumas procuram ainda algo pior: parecer ser!

Querem parecer cultas só porque compram muitos livros. Querem parecer competentes apenas porque usam palavras em inglês.
A cobrança para obter sucesso a todo custo criou uma multidão que se sente perdedora.
A exigência para sorrir o tempo todo fez com que entrássemos em contato com nossa infelicidade.
A pressão para comprar tudo o que é lançado fez com que dinheiro nenhum fosse suficiente para saciar nossos desejos.
Apesar de sentir-se frustradas, as pessoas se cobram seguir adiante com uma maneira de viver que não faz sentido para elas. E investem mais e mais nas aparências... Passam a se cobrar estar alegres o tempo todo, mas como não conseguem, começam a fazer qualquer coisa para parecer felizes.

Passam a se cobrar ser bem-sucedidas financeiramente, mas como nem todas conseguem isso, começam a comprar coisas que demonstrem ser pessoas de sucesso. Para ter o que mostrar, fazem dívidas que não conseguirão pagar. Compram bens materiais em vez de investir no crescimento pessoal. Compram falsificações para vender a ilusão de que têm muito dinheiro. Investem sua energia em impressionar os outros em vez de seguir seu caminho de plenitude.

Gastam o tempo com frivolidades em vez de criar riquezas duradouras. Tentam satisfazer os outros, mas não sabem o que é estar de bem com a vida.

(Roberto Shinyashiki)
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

O Jardim Secreto de Cada Um


Há dentro de todos nós essa necessidade de ter em algum lugar nosso jardim secreto, não onde vamos confinar nossos segredos, mas onde podemos ter um encontro real e exclusivo conosco.
Umas pessoas sentem mais essa necessidade que outras, mas estar consigo de vez em quando, interiorizar-se, colocar ordem nos pensamentos ou simplesmente abandonar-se, é vital ao equilíbrio de todos nós.
Em todo relacionamento onde o amor existe, esse espaço deve ser conservado como o limite de cada um.
Os relacionamentos fusionais que ultrapassam essas barreiras acabam por destruir-se, pois amar é também respeitar que a outra pessoa tenha seu recanto, seus pensamentos e, por que não, seus próprios amigos, próprias idéias e sonhos.
As pessoas não precisam estar juntas cem por cento do tempo para provarem que se amam. Elas se amam por que se amam e pronto. Dar ao outro um pouco de espaço, um pouco de ar para respirar, é dar-lhe também a oportunidade de sentir falta de estar junto. E isso vale tanto para os amores como para as amizades.
As cobranças intermináveis, resultados de carências afetivas, acabam por sufocar a outra parte e cria na que pede, espera, implora, ansiedades que a tornarão infeliz, pois ela verá como desamor qualquer gesto que não corresponda ao que espera.
Amar é deixar o outro livre para ficar ou para se retirar. É respeitar seu silêncio e seu desejo de solitude. E é deixá-lo livre para ir e voltar quando o coração pedir, que isso seja numa cidade ou dentro de uma casa.
Nada impede que um grande e lindo jardim seja construído juntos e que de mãos dadas se passeie por ele, com o peito cheio de felicidade e a cabeça cheia de sonhos... mas ainda assim, o jardim secreto de cada um deve ser mantido como lugar único e que vai, no fim das contas, enriquecer as relações.

(Letícia Thompson)
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

A Rosa do Coração tem que se abrir


É a partir da bem-aventurança que as rosas, as rosas do coração, crescem. E é das rosas que sai a fragrância do amor.

Você não pode dar algo que não tem, só pode dar aquilo que já tem. Se a rosa interior não se abre, todo seu amor nada mais é que palavras. Se a rosa interior se abre, não há necessidade de dizer coisa alguma, nenhuma palavra é necessária. A fragrância em si basta para transmitir a mensagem.

Não importa o lugar em que você esteja ou a pessoa que lhe faça companhia, o amor irradia, pulsa, torna-se uma dança constante de energia ao redor. Mas, primeiro, a rosa do coração tem de se abrir — e ela só pode se abrir se você suprir a necessidade básica, que é a bem-aventurança.

As pessoas amam por desespero. Essa é a coisa mais impossível, não pode acontecer pela própria natureza da existência, não é possível.

As pessoas amam porque estão tristes. Elas procuram o outro porque estão solitárias, e o amor só é possível quando você é feliz. O amor só é possível quando você não se sente sozinho, e sim quando está sozinho; quando você não está chateado consigo mesmo, mas encantado, extasiado consigo. A meditação ajuda você a ser bem-aventurado...

E esta é a corrente: a meditação o deixa bem-aventurado, a bem-aventurança ajuda a rosa do coração a se abrir, e o amor então vem naturalmente, assim como a fragrância vem da rosa.

Osho, em "Meditações Para o Dia"
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

domingo, 25 de janeiro de 2015

O Medo da Solidão



Ninguém quer ficar sozinho. Todo mundo quer pertencer à multidão – não apenas à multidão, mas a muitas multidões.

A pessoa pertence a um grupo religioso, a um partido político, ao rotary club... e existem muitos outros grupinhos a que pertencer.

A pessoa quer apoio vinte e quatro horas por dia, porque o falso não se sustenta sem apoio. No momento em que a pessoa fica sozinha, ela começa a sentir uma estranha loucura.

Não se trata apenas do seu medo, trata-se do medo de todo mundo.

Porque ninguém é o que deveria ser na vida. A sociedade, a cultura, a religião, a educação conspiram todos contra as crianças inocentes. Todos eles têm poderes – a criança é indefesa e dependente.

Então eles fazem dela o que querem. Eles não deixam que nenhuma criança siga o curso natural da sua vida. Eles fazem tudo para que os seres humanos tenham uma utilidade.

Quem garante que, se deixarem uma criança crescer por si mesma, ela vai servir aos interesses deles? A sociedade não está preparada para assumir esse risco. Ela se apodera da criança e começa a moldá-la, fazendo com que ela se transforme em algo de que a sociedade necessite.

Num certo sentido, ela mata a alma da criança e dá a ela uma falsa identidade, de modo que ela nunca encontre a sua alma, o seu ser.

A falsa identidade é um substituto. Mas esse substituto só é útil enquanto você está no meio da multidão que lhe deu essa falsa identidade.

No momento em que você está sozinho, o falso começa a se despedaçar e o verdadeiro reprimido começa a se expressar. Por isso o medo de ficar sozinho.

Você acredita que é alguém, e de repente, num momento de solidão, você começa a perceber que não é o que pensava. Isso dá medo; então quem é você? Vai levar algum tempo até o verdadeiro se expressar.

O intervalo entre os dois é chamado pelos místicos de "noite escura da alma" – uma expressão bem apropriada. Você não é mais o falso e ainda não é o verdadeiro. Você está no limbo, não sabe quem você é.

No Ocidente, principalmente, o problema é até mais complicado. Porque não desenvolveram nenhuma metodologia para descobrir o verdadeiro o mais rápido possível e abreviar essa noite escura da alma.

O Ocidente não sabe nada a respeito da meditação, e a meditação é só um nome para "ficar sozinho, em silêncio, esperando que o verdadeiro se firme".

Ela não é uma ação; é um relaxamento silencioso – porque qualquer coisa que você faça virá da sua personalidade falsa – anos de uma personalidade falsa imposta pelas pessoas que você amou, que você respeitou – e elas não tinham intenção de lhe fazer nenhum mal.

As intenções delas eram boas, elas só não tinham consciência. Não eram pessoas conscientes – os seus pais, os seus professores, os seus sacerdotes, os seus políticos – eles não eram pessoas conscientes, pelo contrário.

E até uma boa intenção nas mãos de pessoas inconscientes vira um veneno.

Portanto, sempre que você está sozinho, surge um medo profundo – porque de repente o falso começa a desaparecer, e o verdadeiro vai demorar um tempo. Faz anos que você o perdeu. Você terá de levar em conta que essa lacuna tem de ser transposta.

A multidão é essencial para que o eu falso exista. No momento em que está sozinho, você começa a entrar em pane. É então que você precisa entender um pouquinho de meditação.

Não se preocupe, aquilo que pode desaparecer é bom que desapareça. Não há razão para se agarrar a isso – isso não é seu, não é você.

Ninguém mais pode responder à pergunta, "Quem sou eu?" – você saberá.

Todas as técnicas de meditação ajudam a acabar com o falso. Elas não dão a você o verdadeiro – ninguém pode dar isso a você. Nada que possam lhe dar pode ser verdadeiro. O verdadeiro você já tem; basta jogar fora o falso.

A meditação é só a coragem de ficar em silêncio e sozinho. Bem devagarzinho, você começa a sentir uma nova qualidade em si mesmo, uma nova vivacidade, uma nova beleza, uma nova inteligência – que não é emprestada de ninguém; ela brota dentro de você. Ela tem raízes na sua existência.

E, se você não for covarde, isso fruirá, florescerá.

Osho, em "Emoções: Liberte-se da Raiva, do Ciúme, da Inveja e do Medo"
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

As Atitudes Tudo ou Nada


Percebo que as pessoas que decidem
transformar sua vida
desenvolvem um tipo especial de atitude.
Elas se empenham em cada ação
como se a vida inteira dependesse desse esforço.
Elas vêem a construção do futuro como a única forma de viver
como fazem os oficiais com seus soldados
em situações desfavoráveis de batalha.
Em outras palavras,
decidem queimar as pontes que permitem retroceder.
Nessas decisões radicais, é importante assumir,
também, um comportamento radical.
Nos grupos de Alcoólicos Anônimos fala-se muito
sobre o perigo de tomar um único copo de bebida,
pois a decisão de parar de beber tem que vir
acompanhada de uma atitude do tipo tudo ou nada.
Uma pessoa dependente dos pais que resolve morar sozinha
não pode mais chegar atrasada ao emprego
porque perdeu a hora.
Terá, pelo menos, de comprar um despertador eficaz
porque não haverá ninguém para acordá-la toda manhã.
Um empresário que está à beira da falência
não pode continuar gastando sem nenhum controle.
A decisão de partir para o tudo ou nada
é somente o primeiro passo.
Depois da decisão, precisa haver atitude.
Há pessoas que se casam,
mas querem levar a vida de solteiras.
Resultado: o casamento fracassa.
Há pessoas que decidem ter filhos,
mas querem continuar a viver
como se os filhos não existissem.
Resultado, teremos crianças órfãs de pais vivos.
Lembre-se, há dois tipos de atitudes:
as atitudes tudo ou nada
e as atitudes mais ou menos.
Uma atitude mais ou menos sempre leva
a um resultado medíocre.
É importante entender com toda clareza que,
durante um processo de transformação radical,
a atitude de fazer um pouco de cada vez
nos trará resultados muito parecidos aos que teríamos
se não fizéssemos nada.
Quem quer fazer uma revolução na vida
precisa tomar uma atitude radical.
E, quando se toma uma decisão radical,
é preciso continuar caminhando
pela estrada que escolhemos com comprometimento,
determinação e fé.
Nossas atitudes devem ter a mesma intensidade
das decisões que tomamos.
Uma atitude tudo ou nada é mergulhar em um novo amor
como se sua respiração dependesse
da respiração do seu companheiro.
É sair da casa dos pais e cuidar de suas responsabilidades
como se houvesse apenas você no mundo
para pagar suas contas.
É aprender uma nova profissão
como se sua vida dependesse dessa empreitada.
É abraçar o novo emprego como se essa fosse
a última oportunidade de sua vida.
Porque é preciso correr atrás de nossos objetivos
com a determinação de um faminto
que anseia por um prato de comida.
Buscar a água como um homem perdido no deserto.
Dançar a música da vida
como se seu corpo e sua alma fossem
os instrumentos dessa música!
Afinal, se você romper as grades da gaiola,
mas não bater as asas para valer,
jamais poderá voar de verdade!

Roberto Shinyashiki
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sábado, 24 de janeiro de 2015

Descobrindo Nossa Missão


Gosto de abordar o tema “missão”, pois acredito que seja o aspecto mais importante da vida e que se reflete como ponto-chave em todo trabalho de auto-conhecimento, na espiritualidade e na psicoterapia. Isso porque os sofrimentos estão sempre ligados a um desequilíbrio entre o que “somos” e o que “queremos ser”. E o que seria esse “somos” e esse “queremos ser“?!

Com “somos” me refiro ao como “conseguimos ser” dentro de nossas possibilidades e das circunstâncias de nossa vida. Com “queremos ser” quero me referir ao que nossa natureza nos impulsiona sermos, ao que nosso coração quer e que muitas vezes não entendemos a sua mensagem. Isso porque não estamos acostumados a ouvir a voz do coração, pois a nossa sociedade ocidental dá mais valor ao lado racional e lógico da personalidade. As crianças são vistas como mais inteligentes quando vão bem em matemática, ou hoje em dia, quando gostam e têm mais habilidade em lidar com o computador, apesar de tudo isso ter a ver somente com o lado lógico e racional da personalidade. Muitas crianças têm facilidades para o desenho, ficam mais tempo brincando com seus brinquedos e entram num mundo de sonhos onde podem exercer seu poder criativo e desenvolvem, assim, uma construção bem mais ampla da vida através de suas imagens interiores.

Muito se tem falado sobre missão. James Redfield disse: "Todos nós temos um propósito espiritual, uma missão, que andamos buscando sem estar plenamente conscientes dela e uma vez que a trazemos completamente à consciência, nossas vidas podem decolar.”

Como seguir o conselho de Redfield? Para trazê-la à consciência precisamos entender bem o que seja esse propósito. O psicoterapeuta Thomas Moore fala sobre “o chamado de um lugar que é fonte de significado e de identidade”.

Somos como células de um magnífico universo e, como tais somos parte do Todo e portanto temos uma missão nessa cadeia. Cada célula tem a sua missão a partir de suas características próprias, pois não existem por acaso. No caso dos seres humanos, seus temperamentos e suas habilidades, mas também suas motivações mais íntimas. Para o teólogo Matthew Fox, "a vocação é o nosso chamado para participar da obra do universo e, portanto, nossa missão seria nosso “papel no Cosmo”.

A nossa missão não é uma coisa abstrata ou inventada, mas é a nossa “verdade”, única e pessoal, independente de crença, leis, valores morais, imposições da sociedade. É uma imposição da nossa natureza, uma verdade íntima.

Os conflitos cujo efeito buscamos cessar com psicoterapia, têm muito a ver com a missão de vida. Nossa busca espiritual está intimamente ligada a esse significado de que falam Moore, Redfield e Fox. Cada simples desequilíbrio, seja mental, emocional e/ou mesmo físico, demonstra que estamos saindo do eixo, ou seja, estamos nos afastando do que nossa natureza quer, nossa vocação, nossa missão. Nossa missão é o que realmente somos em nosso íntimo e nossa vocação é o que devemos fazer para estarmos em sintonia com nosso caminho na vida.

Buscarmos nossa missão não é inventarmos algo que nos dê alívio, mas uma descoberta conquistada através de uma busca profunda e, segundo Victor Frankl, “a tarefa de cada um de nós é única e intransferível. A nossa missão exige “realização” e nossa tarefa é tão única como é única nossa oportunidade de implementá-la”.

A descoberta pode ser feita por muitos ou por vários caminhos ao mesmo tempo: a observação de si mesmo, o autoconhecimento através da investigação analítica num divã ou consigo mesmo, da regressão de memória, da prática da escrita de seu “livro das sombras” (seu diário mágico), do estudo e da meditação, da religiosidade prática, da auto-superação diária.

Todas as possibilidades nos são dadas pela vida, basta que optemos por dar o primeiro passo e tenhamos a perseverança no nosso objetivo, na busca espiritual e no fim, que é a Luz.

Roberto Dantas
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

A decisão é sua de viver a sua vida sem nenhuma contaminação negativa!


Jogue fora todas as suas mágoas. Tenha atitude e coragem e elimine esse câncer de sua vida.

Agora é a hora de ser uma pessoa decidida e madura e se livrar de todo peso morto de sua existência. Bom senso e equilíbrio, é disso que você mais precisa.

Tristeza e mágoa não combinam com o seu viver. Seu coração não pode mais ser sobrecarregado com as velhas mágoas.

Escolha viver bem e aproveitar tudo o que a vida tem para te oferecer. Abra a janela, pô! Deixe a vida fluir e acontecer pra você!

Nada mais sábio e inteligente do que observar a natureza e se propor a crescer, a se desenvolver como pessoa humana. A decisão é sua de viver a sua vida sem nenhuma contaminação negativa.

Portanto, sua atitude de hoje, não pode ser a mesma de dez anos atrás! O mundo mudou tanto nesses últimos anos! Se continuar fazendo o que sempre fez, colherá os mesmos resultados. Mude, criatura!

Mude porque o Dia de hoje é diferente do de ontem e o sol de hoje brilha um brilho de hoje!

Faça a sua vida acontecer diferente daqui pra frente! Ela é sua, é sagrada e precisa ser respeitada. Você merece todas as chances do mundo, viu? Você pode e merece ser feliz!

Vamos lá! Força! Coragem! Você é uma pessoa diferente por fora hoje e tem a obrigação de estar diferente, melhor, é claro, por dentro também. Cresça, tá?

"Se continuar fazendo o que sempre fez, vai continuar recebendo o que sempre recebeu"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O “Corpo de Dor”



No caso da maioria das pessoas, quase todos os pensamentos costumam ser involuntários, automáticos e repetitivos. Não são mais do que uma espécie de estática mental e não satisfazem nenhum propósito verdadeiro. Num sentido estrito, não pensamos- o pensamento acontece em nós.

“Eu penso” é uma afirmação simplesmente tão falsa quanto “eu faço a digestão” ou “eu faço meu sangue circular”. A digestão acontece, a circulação acontece, o pensamento acontece.
A voz na nossa cabeça tem vida própria. A maioria de nós está à mercê dela; as pessoas vivem possuídas pelo pensamento, pela mente. E, uma vez que a mente é condicionada pelo passado, então somos forçados a reinterpretá-lo sem parar. O termo oriental para isso é carma.

O ego não é apenas a mente não observada, a voz na cabeça que finge ser nós, mas também as emoções não observadas que constituem as reações do corpo ao que essa voz diz.
A voz na cabeça conta ao corpo uma história em que ele acredita e à qual reage. Essas reações são as emoções.
A voz do ego perturba continuamente o estado natural de bem-estar do ser. Quase todo corpo humano se encontra sob grande tensão e estresse, mas não porque esteja sendo ameaçado por algum fator externo- a ameaça vem da mente.

O que é uma emoção negativa? É aquela que é tóxica para o corpo e interfere no seu equilíbrio e funcionamento harmonioso.
Medo, ansiedade, raiva, ressentimento, tristeza, rancor ou desgosto intenso, ciúme, inveja- tudo isso perturba o fluxo da energia pelo corpo, afeta o coração, o sistema imunológico, a digestão, a produção de hormônios, e assim por diante.

Até mesmo a medicina tradicional, que ainda sabe muito pouco sobre como o ego funciona, está começando a reconhecer a ligação entre os estados emocionais negativos e as doenças físicas. Uma emoção que prejudica nosso corpo também contamina as pessoas com quem temos contato e, indiretamente, por um processo de reação em cadeia, um incontável número de indivíduos com quem nunca nos encontramos. Existe um termo genérico para todas as emoções negativas: infelicidade.

Por causa da tendência humana de perpetuar emoções antigas, quase todo mundo carrega no seu campo energético um acúmulo de antigas dores emocionais, que chamamos de “corpo de dor”.
O “corpo de dor” não consegue digerir um pensamento feliz. Ele só tem capacidade para consumir os pensamentos negativos porque apenas esses são compatíveis com seu próprio campo de energia.

Não é que sejamos incapazes de deter o turbilhão de pensamentos negativos- o mais provável é que nos falte vontade de interromper seu curso. Isso acontece porque, nesse ponto, o “corpo de dor” está vivendo por nosso intermédio, fingindo ser nós. E, para ele, a dor é prazer. Ele devora ansiosamente todos os pensamentos negativos.
Nos relacionamentos íntimos, os “corpos de dor” costumam ser espertos o bastante para permanecer discretos até que as duas pessoas comecem a viver juntas e, de preferência, assinem um contrato comprometendo-se a ficar unidas pelo resto da vida.

Nós não nos casamos apenas com uma mulher ou com um homem, também nos casamos com o “corpo de dor” dessa pessoa.
Pode ser um verdadeiro choque quando- talvez não muito tempo depois de começarmos a viver sob o mesmo teto ou após a lua-de-mel – vemos que nosso parceiro ou nossa parceira está exibindo uma personalidade totalmente diferente. Sua voz se torna mais áspera ou aguda quando nos acusa, nos culpa ou grita conosco, em geral por uma questão de menor importância.

A essa altura, podemos nos perguntar se essa é a verdadeira face daquela pessoa – a que nunca tínhamos visto antes- e se cometemos um grande erro quando a escolhemos como companheira. Na realidade, essa não é sua face genuína, apenas o “corpo de dor” que assumiu temporariamente o controle.
É nossa presença consciente que rompe a identificação com o “corpo de dor”. Quando não nos identificamos mais com ele, o “corpo de dor” torna-se incapaz de controlar nossos pensamentos e, assim, não consegue se renovar, pois deixa de se alimentar deles. Na maioria dos casos, ele não se dissipa imediatamente.

No entanto, assim que desfazemos sua ligação com nosso pensamento, ele começa a perder energia.
A energia que estava presa no “corpo de dor” muda sua freqüência vibracional e é convertida em “presença”.

ECKHART TOLLE
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Confie! Força! Tudo está caminhando para o seu bem!


Você está pronto para o que der e vier? Está! E como está!

Toda vez que se sentir fraco, fragilizado, desmoralizado, injustiçado, desvalorizado ou incapaz de fazer algo, não vá pensar que a vida está exigindo mais do que você pode suportar, viu? Com calma e lucidez analise bem o momento e vai entender que a vida está fluindo!

O Universo nunca vai exigir mais do que você será capaz de fazer. Nunca! O máximo que fará é testar você! Isso mesmo: testar! E tudo o que possa parecer desafio, desastre ou coisa ruim, na verdade está ajudando você a cumprir a sua missão que é viver!

Encare de frente tudo o que vier! Encare de cabeça erguida o que for preciso viver! Sua vida é uma bênção e não uma desgraça! Pensa na oportunidade maravilhosa que está tendo! Abra mais o olho e coração para perceber e aprender com os acontecimentos!

Muitas vezes é preciso se colocar mais ao alto para enxergar o quadro todo! Deixe de ver somente uma pequena parte, algo reduzido e aceite os desdobramentos da sua vida. Ver a sua situação do alto pode dar mais sentido à sua vida!

Descubra porque escolheu esses atuais desafios e problemas que você vem enfrentando! E admita também que você tem todas as forças para superar o que for preciso! E que é muito capaz, talentoso e valioso para resolver o que for! Você está crescendo e se desenvolvendo sempre, tá?

E quando não souber o caminho ou como tudo se encaixa, ouça uma voz interior dizer assim só pra você: "Confie! Força! Tudo está caminhando para o seu bem."

Você está pronto sim para o que der e vier, viu? Acredite nisso!

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco




















quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Valorize-se Mais!



Dê mais chance a você mesmo!

Pare de se cobrar tanto! Pare de se punir, de se podar, de se exigir! Diferente disso, você deve é investir mais em você. Procure se amar mais e se aceitar mais. Porque você, mais do que ninguém, merece todas as chances do mundo, viu?


Então, derrube logo esse muro alto e forte que separa você de você mesmo! Abandone de vez a sua pose! Seja sempre verdadeiro! Seja aquilo que você é e pronto!

Talvez esse cansaço, sem razão, que você sinta seja exatamente pelo fato de ter de representar a todo instante. Você é uma pessoa bonita e valiosa do jeito que é! Sua simplicidade e sua autencidade fazem de você um individuo único, completo, maravilhoso, espetacular. Acredite!

Escute mais o seu coração! E fique mais com você! Pense mais em você! Valorize-se mais, tá? Sim, porque a pessoas mais importante desse mundo você já sabe quem é, né? V-o-c-ê!

E por merecer todo crédito e toda chance, você merece a sua própria atenção e o seu próprio respeito, ok? Mas o outro também tem o seu valor. Ninguém é inferior ou superior a ninguém! Coloque-se sempre ao lado da sua verdade. Imponha-se dentro de si mesmo, para você mesmo! Aja mais com o coração e ouça mais a sua voz interior.

“Você pode muito, é capaz de muito. E ao doar-se, recebe muito mais do que dá"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Variações do Humor/Amor


Pois é, tem dias que parecem noites longas,
e noites que parecem perdidas no tempo.
Tudo se arrasta…
As horas, os pensamentos, o enjôo…
Nada parece caber em nós mesmos.
Não nos suportamos e ainda por cima,
temos alguém para “conviver”.

Quando tudo está de cabeça pra baixo,
pode apostar que a coisa mais chata que existe no mundo
é aquela famosa pergunta básica:
- O que é que você tem?
E você só tem: tudo!
Não há definição para o tudo!
Tudo incomoda, tudo é insuportável,
até mesmo essa perguntinha tão simples,
tão boa e as vezes, tão preocupada.

Com a visão “perfeita do amor” que carregamos,
nos sentimos muito mal por estarmos mal
e com uma vontade sinistra de “agarrar esse pescoço lindo”
de quem a gente ama, mas que acaba nos irritando.
Só porque estamos irritados, tensos, perdidos.
Para as mulheres, pode ser a “TPM“,
para os homens “T.P.T” (tensão pré-troglodita”)
é quando nossos hormônios fervem.

O melhor nesses dias é aquele jogo de sinceridade,
aquela palavra olhos nos olhos que falam:
- Eu não estou bem e preciso silenciar.
É ai que o casal maduro (não de idade, mas de conhecimento),
se fecha em profundo respeito e aquela mão no ombro,
diz mais que mil palavras.
Fala silenciosamente:
- Se você precisar, eu estou aqui!

Isso é maturidade no amor que vai durar muito tempo.

Paulo Roberto Gaefke
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Todas as doenças tem origem num estado de não-perdão!


Sempre que estamos doentes, necessitamos procurar dentro de nossos corações para descobrirmos quem precisamos perdoar.

O conhecido livro Course in Miracles (Um curso em milagres) diz: "Toda doença tem origem num estado de não-perdão" e "Sempre que ficamos doentes, precisamos olhar à nossa volta para vermos a quem precisamos perdoar".

Eu acrescentaria a isso que a pessoa a quem você achará mais difícil perdoar é a DA QUAL VOCÊ MAIS PRECISA SE LIBERTAR. Perdoar significa soltar, desistir. Não tem nada a ver com desculpar um determinado comportamento. É só deixar toda a coisa ir embora. Não precisamos saber como perdoar. Tudo o que necessitamos fazer é estarmos dispostos a perdoar. O Universo cuidará dos "como".

Compreendemos bem demais nossa própria dor. Como é difícil para a maioria de nós compreendemos que eles, sejam lá quem forem, que mais precisam de nosso perdão, também estão sofrendo dor. Precisamos entender que eles estavam fazendo o melhor que podiam com a compreensão, a consciência e o conhecimento que tinham na época.

Quando alguém vem a mim com um problema, não importa qual seja - má saúde, falta de dinheiro, relacionamentos insatisfatórios, criatividade sufocada -, trabalho unicamente numa só coisa, ou seja, em amar o eu.

Aprendi que, quando realmente amamos, aceitamos e aprovamos a nós mesmos exatamente como somos, tudo na vida funciona.

É como se pequenos milagres estivessem em todos os cantos. Nossa saúde melhora, atraímos mais dinheiro, nossos relacionamentos tornam-se mais satisfatórios e começamos a nos expressar de forma plena e criativa. Tudo parece acontecer sem nem mesmo tentarmos.

Amar e aprovar a si mesmo, criar um espaço de segurança, confiança, merecimento e aceitação resultará na criação da organização da sua mente, criar relacionamentos mais amorosos em sua vida, atrair um novo emprego e um novo e melhor lugar para viver, e até permitir que seu peso corporal se equilibre. Pessoas que amam a si mesmas e aos seus corpos não se prejudicam nem prejudicam os outros.

A auto-aprovação e a auto-aceitação no aqui e agora são as principais chaves para mudanças positivas em todas as áreas de nossas vidas.

O amar a si mesmo, amar o eu, começa com jamais nos criticarmos por nada. A crítica nos tranca dentro do padrão que estamos tentando modificar. A compreensão e os sermos gentis conosco mesmos nos ajudam a sair dele. Lembre-se, você esteve se criticando por anos e não deu certo. Tente se aprovar e veja o que acontece.

Na infinidade da vida onde estou, tudo é perfeito, pleno e completo.

Acredito num poder muito maior do que eu que flui através de mim cada momento de cada dia.

Abro-me à sabedoria interior, sabendo que existe apenas Uma Inteligência neste Universo.

Desta Inteligência vêm todas as respostas, todas as soluções, todas as curas, todas as novas criações.

Confio nesse Poder e Inteligência, sabendo que seja o que for que eu precise saber é revelado a mim e que seja o que for que eu precise vem a mim na hora, no espaço e na sequência certos.

Tudo está bem no meu mundo.

Louise Hay - Você Pode Curar a a Sua Vida
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Tenha coragem de se libertar!


Viver no aqui e no agora! Esse é o segredo mais secreto de todos os tempos. Qual é o único momento real que você tem?

Diminua a velocidade e tenha mais cuidado com os pensamentos abobrinhas, com os problemas imaginários que tiram você do momento presente! Esteja no momento presente. Viva no momento presente. Canalize a sua energia mental para o bem, para o agora. E fique firme concentrado e saboreando esse instante que é tudo o que você tem. As preocupações do amanhã ou as lembranças do ontem não podem contaminar o precioso presente, viu?

Livre-se das culpas. Você é uma pessoa livre. Veio sozinho ao mundo para essa experiência maravilhosa que é a vida e vai voltar sozinho! Nunca mais fique refém de ninguém. Nunca mais fique refém das coisas, seja lá do que quer que seja. Afinal, o que você está fazendo com você? A maioria das pessoas nem sabe que está infeliz, sabia? Não seja mais uma, tá?

Desamarre-se! Livre-se de de todas as formas de prisão. Deixe-se fluir para deslanchar na vida, pô! Seja lider de você mesmo. E pare de trabalhar e de viver como um louco, sem planejamento, sem gostar do que vive e sem gostar do que é e do que faz. Pare de viver mecanicamente e de levar uma vida sem graça! Pare! Traga a luz para a sua vida! Dê um colorido pra você mesmo!

Tome uma atitude já e saia dessa área de conforto que entorpece o seu viver. Arrisque-se mais! Cresça! Reviva! Transforme-se! Não tenha medo de sonhar porque a vida é feita de sonhos e talvez você esteja precisando renovar todos os seus sonhos, sabia?

Tenha coragem de se libertar do que está se prendendo! Será que essa atitude de prisão não seja uma forma de sabotagem da sua própria felicidade?

Pare de colocar a culpa nos outros. Estar vivo é uma dádiva, um presente! E você merece estar vivo! Você merece ser feliz por completo!

Lembre-se sempre que essa grande pessoa que você merece ser e pode ser, só vai fluir totalmente quando enfrentar de cabeça erguida as dificuldades, os desafios que a vida apresenta.

Ame-se mais! Valorize-se mais!

"Cuidado com o vício do trabalho. Cuidado com a mesmice! Experimente o novo. Faça a sua vida valer a pena"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

UMA ESTRADA APENAS SUA


Há uma estrada cujo único dono e senhor é Você: é a Estrada do Seu Pensamento.

Nela você também é o único vigilante rodoviário. Você tem se aplicado algumas merecidas multas?

Note que a Estrada do Seu Pensamento pode ser percorrida do jeito que você quiser escolher.

Nela, as placas de sinalização é você quem faz e elas sempre o levarão para onde você deixar.

Perceba que lombadas e valetas também são colocadas por você, portanto você é o único responsável pelo conforto ou desconforto de suas " viagens ".

Você pode escolher as paisagens: árvores verdes e viçosas ou troncos secos e cheios de cupins.

Poderá, ainda, entrar por túneis ricamente iluminados ou pelos escuros e sombrios, pondo-se à mercê de atropelamentos, trombadas e graves acidentes.

Nela há também os passantes que é você quem escolhe, e eles poderão acompanhá-lo em suaves e repousantes passeios ou encher seu caminho das mais variadas pontiagudas e perigosas pedras .

Observe as retas, as curvas, os atalhos, as bifurcações e os bloqueios que é você mesmo quem coloca.

A Estrada do Seu Pensamento não é de mão única e você pode retornar sempre que decidir.

Lembre-se que há pontos onde pode começar a insanidade ou a verdadeira saúde mental, a tristeza ou a alegria,a bênção ou a maldição, um recomeço, uma Nova Vida ou a queda para um amargo fim.

Aonde você quer chegar?

Há todo tipo de operários nessa estrada, mas você é o Chefe!

Silvia Schmidt
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Vá e viva o que tem que viver. Você merece estar aqui!


Continue fazendo tudo com amor! E com humor!

E não se preocupe, porque se no fim tudo dá certo, então pra que viver de mau humor?

Isso mesmo: o que é feito com a atitude correta, com amor no coração, com boa intenção é perfeito e certo!

Portanto, assuma sempre a melhor atitude e mantenha-se alegre e contente! Pois há uma enorme diferença entre simplesmente deixar a vida passar e viver a vida pra valer.

Seja uma pessoa de valor antes de desejar ser uma pessoa de sucesso, tá? Aprenda a lidar consigo mesmo e a amar as pessoas mais do que elas aparentemente mereçam. É assim que se transforma a vida! Aliás, transformar sua atitude negativa em positiva talvez seja o grande desafio das pessoas.

Harmonize-se com o todo! Contemple mais o mundo, as pessoas, as coisas e procure gostar do que faz! Seja o melhor profissional que puder. Acredite sempre em você! Acredite sempre na vida e no Amor!

Conhece aquele lindo poema de Cora Coralina que diz assim? "Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós. Mas sei que nada do que vivemos tem sentido se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa do outro mundo! É o que dá sentido a vida! É o que faz com ela não seja curta, nem longa demais. Mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar".

Pronto, agora vá e viva o que tem que viver. Você merece estar aqui!

"Não se pode ensinar tudo a alguém, pode-se apenas ajudá-lo a encontrar a si mesmo"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

A Força da Superação


Não se preocupe em parecer tolo ou tola com o uso da fé.

Muitas provas na vida de muitos heróis da fé pareciam tão tolas.

Mas, na verdade, eram do exato cumprimento do que eles poderiam oferecer.

Ninguém em sã consciência vai pedir para um enfermeiro fazer a cirurgia.
Nem mandar o aspirante a piloto fazer uma viagem sozinho no Boeing.

Por isso, a sua tarefa, a sua dificuldade é sob medida para a sua capacidade.

Lógico que isso não impede do enfermeiro fazer medicina e especializar-se.

Nem tampouco, o piloto em treinamento tirar o brevê e tornar-se comandante.

Mas, agora, nesse exato instante, a sua prova, que por vezes você acredita ser maior
que você, na verdade é exatamente o que você precisa passar e pode superar.

Veja que eu não falei em "suportar".

Muita gente "esperta" em seus discursos bonitinhos fala em suportar as provas.

Eu acredito mesmo é na SUPERAÇÃO.

Assim, se a bola veio quadrada, você pode chutar que ela vai arredondar um dia.

Se todo dia você recebe um limão azedo da vida, junte-os.
Logo mais darão uma saborosa limonada.

O que não dá para fazer é ficar num canto, triste, sentindo-se a
"pipoquinha esquecida" e abandonada no chão do cinema.
Porque isso só leva ao esmagamento da "pipoquinha".

O olhar para a frente, ainda que embaçado pelas lágrimas, traz um conforto,
um alívio para a alma e uma direção.

Vai, levanta e arruma um bom sonho para sonhar.

Enquanto isso, prepare as malas para uma grande viagem.
Viagem rumo ao seu "eu" que grita por mudanças.

Chega de pensar pequeno, de sofrer por antecipação.

É tempo de sentir-se capaz. Tempo de valorização.
É o seu tempo.

Hoje, agora e não dá para esperar.
Nem pode desanimar.
Pode muito mais, se aprender a se amar.

É tempo de conquistar!

Paulo Roberto Gaefke
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco




domingo, 18 de janeiro de 2015

BUSCAS E RESPOSTAS


Por mais explicações que se possa encontrar, sempre ficará uma lacuna onde as dúvidas e as incertezas se encontram para conjugar indefinições. Chego a essa conclusão quando observo a movimentação das pessoas em busca de vereditos que possam abarcar fatos e acontecimentos que fogem da explicação lógica. Tem perguntas que jamais serão contempladas com respostas adequadas. Há situações onde a melhor palavra é o silêncio.

Pensar uma vida sem problemas, até é possível. Porém, não há garantias de que a existência passará por este mundo livre de contradições, dificuldades e lágrimas. Evidente que numa avaliação minuciosa, o balancete da vida sempre garantirá um superavit de acertos e alegrias. Basta elencar alguns aspectos do cotidiano e concluiremos que a vida por si só já é vitoriosa. Há mais bem do que mal; mais sorrisos do que dores. Tudo depende da ótica como percebemos esse intervalo entre a chegada e a partida deste mundo que denominamos de vida.

A dimensão emocional que diferencia o ser humano é simplesmente extraordinária. As pessoas têm a habilidade de intensificar sentimentos. Uma alegria corriqueira pode embalar sorrisos por vários dias. Um gesto de amor pode transformar o coração. Detalhes passam a ocupar espaços tonificados de paz.

Mas, o negativo também pode ser potencializado. Dependendo do momento, acontecimentos insignificantes podem provocar volumosas contradições. Palavras sem muita expressão transformam-se em eloquentes agressões. Olhares despretensiosos são interpretados como desprezo e reprovação.

Não resta dúvidas que o ser humano é capaz do muito e do pouco, ao mesmo tempo. Com habilidade sem igual, complica o que fácil e simplifica o que é indecifrável. Dependendo de seu estado interior, os problemas aumentam ou diminuem num curto espaço de tempo. As alternâncias parecem testemunhar a necessidade de harmonia interior. Buscas e respostas renovam a esperança. Daí a necessidade de viver com serenidade e realismo, confiando na habilidade de entrelaçar e compassar acertos e erros, apostando numa existência feliz.

Frei Jaime Bettega
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Cuide mais e melhor da pessoa mais importante desse mundo que é você!


Mantenha a sua mente jovem, aberta, alerta, fresca... Ou você é daquelas pessoas que encara tudo com uma certa reserva e com um pouco de negatividade?

Sua fonte da juventude é a sua própria consciência, viu? Por isso, não tenha medo de envelhecer. E a melhor receita para se viver assim é viver intensamente o momento presente! Sempre, tá?

Elimine todos os pensamentos de velhice! Elimine todas aquelas atitudes que fazem você envelhecer! Sabe do que estou falando? Da angústia, da solidão, da tristeza, da raiva, da avareza.... Sim, elimine tudo isso de sua vida agora, enquanto você é jovem por fora ou por dentro!

Reformule seus pensamentos e conceitos a respeito da idade, da vida! Cuide mais e melhor da pessoa mais importante desse mundo que é você!

Tome algumas atitudes próprias da juventude como: rir bastante, não se preocupar com a falta de dinheiro, passear todo o tempo, divertir-se com tudo e com todos, fazer novas amizades sempre, vestir-se como jovem, não ter problemas imaginários, fazer exercício físico, ter uma alimentação saudável, não levar tudo a ferro e fogo...

Talvez você conheça alguma pessoa de mais idade que viva intensamente como jovem, certo? E talvez conheça também pessoas que com pouca idade, vivam como se fosse bem mais velhas. Mire-se no exemplo dessas pessoas e prefira ser mocinho!
"Não leve a vida tão a sério. Ela não é permanente!"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sábado, 17 de janeiro de 2015

Os Pensamentos de Hoje


Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos!
Nossas células estão constantemente bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificados por eles.

Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrario, pode fortificá-lo tremendamente.
A alegria e a realização nos mantém saudáveis e prolongam a vida. A recordação de uma situação estressante, que não passa de um fio de pensamento, libera o mesmo fluxo de hormônios destrutivos que o estresse propriamente dito!
Suas células estão constantemente processando as experiências e metabolizando-as de acordo com seus pontos de vista pessoais. Não se pode simplesmente captar dados brutos e carimbá-los com um julgamento. Você se transforma na interpretação quando a internaliza. Quem esta deprimido por causa da perda de um emprego projeta tristeza por toda parte no corpo - a produção de neuro-transmissores por parte do cérebro reduz-se, o nível de hormônios baixa, o ciclo de sono é interrompido, os receptores neuropeptiídicos na superfície externa das células da pele tornam-se distorcidos, as plaquetas sanguíneas ficam mais viscosas e mais propensas a formar grumos e até suas lágrimas contêm traços químicos diferentes das lágrimas de alegria.

Todo este perfil bioquímico será drasticamente alterado quando a pessoa encontra uma nova posição. Isto reforça a grande necessidade de usar nossa consciência para criar os corpos que realmente desejamos. A ansiedade por causa de um exame acaba passando, assim como a depressão por causa de um emprego perdido. O processo de envelhecimento, contudo, tem que ser combatido a cada dia! Shakespeare não estava sendo metafórico quando Próspero disse: "Nós somos feitos da mesma matéria dos sonhos."
Você quer saber como esta seu corpo hoje?
Lembre de seus pensamentos de ontem.
Quer saber como estará seu corpo amanhã?
Olhe seus pensamentos hoje!
Ou você abre seu coração, ou algum cardiologista o fará por você!

Deepak Chopra
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

BUSCAS E RESPOSTAS


Por mais explicações que se possa encontrar, sempre ficará uma lacuna onde as dúvidas e as incertezas se encontram para conjugar indefinições. Chego a essa conclusão quando observo a movimentação das pessoas em busca de vereditos que possam abarcar fatos e acontecimentos que fogem da explicação lógica. Tem perguntas que jamais serão contempladas com respostas adequadas. Há situações onde a melhor palavra é o silêncio.

Pensar uma vida sem problemas, até é possível. Porém, não há garantias de que a existência passará por este mundo livre de contradições, dificuldades e lágrimas. Evidente que numa avaliação minuciosa, o balancete da vida sempre garantirá um superavit de acertos e alegrias. Basta elencar alguns aspectos do cotidiano e concluiremos que a vida por si só já é vitoriosa. Há mais bem do que mal; mais sorrisos do que dores. Tudo depende da ótica como percebemos esse intervalo entre a chegada e a partida deste mundo que denominamos de vida.

A dimensão emocional que diferencia o ser humano é simplesmente extraordinária. As pessoas têm a habilidade de intensificar sentimentos. Uma alegria corriqueira pode embalar sorrisos por vários dias. Um gesto de amor pode transformar o coração. Detalhes passam a ocupar espaços tonificados de paz.

Mas, o negativo também pode ser potencializado. Dependendo do momento, acontecimentos insignificantes podem provocar volumosas contradições. Palavras sem muita expressão transformam-se em eloquentes agressões. Olhares despretensiosos são interpretados como desprezo e reprovação.

Não resta dúvidas que o ser humano é capaz do muito e do pouco, ao mesmo tempo. Com habilidade sem igual, complica o que fácil e simplifica o que é indecifrável. Dependendo de seu estado interior, os problemas aumentam ou diminuem num curto espaço de tempo. As alternâncias parecem testemunhar a necessidade de harmonia interior. Buscas e respostas renovam a esperança. Daí a necessidade de viver com serenidade e realismo, confiando na habilidade de entrelaçar e compassar acertos e erros, apostando numa existência feliz.

Frei Jaime Bettega
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Você ganhou a vida de presente!


O mundo pode ser transformado bem aí dentro do seu coração! Tudo pode acontecer dentro de você! Porque você tem o poder de fazer a sua vida melhor. Você tem o poder de fazer um mundo melhor.

Continue dando a sua parcela de contribuição em silêncio e no anonimato. Pela humanidade! Por você mesmo!

Pare de olhar para o próprio umbigo e liberte-se de tudo aquilo que não deixa você crescer e caminhar para frente. Liberte-se das velhas noções e dos velhos conceitos de medo, de escassez.... O mundo é maravilhoso, farto... E todo seu!

Você ganhou a vida de presente! E merece ser feliz, viu? Cuide-se bem! Fique esperto! Deseje as mudanças!

Fique atendo à sua maneira de pensar, de agir e de viver. Mude, viu? Mude para melhor! E aproveite a jornada! A sua jornada! Aproveite a viagem! A sua viagem!

Sorria mais! Seja mais amigo! E aproveite as pequenas coisas da vida. Não são elas que dão mais valor ao seu viver?

Vamos! Cure-se! Levante-se! Erga-se! Dê a você novas oportunidades, novas chances!

Bom Dia! Bom Divertimento!

“Fale e viva a sua verdade”

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Humildade é Força


Humildade é a virtude que nos torna abertos a aprender e mudar. Ela só é possível quando temos auto-respeito, que só pode vir com autoconhecimento. Conhecer-se é entender que somos parte de um todo, como um raio de uma roda. Não somos tudo, também não somos nada. É a humildade que cria este entendimento e nos mantêm em equilíbrio.
Quando não somos apegados às nossas boas qualidades nem às nossas fraquezas, podemos lidar com ambas. Através de cultivo amoroso, nossas qualidades positivas crescem e servem outros. Através da atenção e honestidade, nossas fraquezas diminuem.

Humildade é nossa maior proteção. Ela nos mantém alerta para todas as possibilidades, desde sermos enganados até a de criarmos os mais surpreendentes milagres. Humildade é o fruto do auto-respeito: uma pessoa humilde nunca teme perder. Para isso precisamos sempre ir para dentro de nós mesmos. Nada e ninguém podem nos tirar esse recurso.

Humildade nasce da segurança interna, nos deixa prontos a comunicar, cooperar com novos pensamentos e idéias. É a prova da maestria de ter conquistado o “eu” e “meu” limitados que anulam o respeito e a amizade. Nós devemos ser tutores, não donos. A posse automaticamente cria o medo de perder. Ser um tutor nos dá entendimento que nada e ninguém é nosso. Paradoxalmente, ao renunciar tudo, recebemos tudo. O que precisarmos virá até nós, mais cedo ou mais tarde. Há o suficiente para todos.

A atitude de ser um tutor significa que economizamos uma grande quantidade de energia mental e emocional, uma vez que tempo não é desperdiçado em cálculos egoístas ou manipulações espertas. Com a atitude de ser um tutor nos tornamos mestres. Um mestre trabalha com os princípios eternos do universo. Ele é humilde e auto-suficiente, mantém equilíbrio e harmonia.

A maior humildade de todas é reconhecer e aceitar que existem leis além daquelas dos seres humanos e que não somos o padrão do universo. Os princípios eternos protegem e governam o bem-estar de todas as formas de vida. Quando nos alinhamos com as verdades eternas, encontramos a liberdade, nosso caminho. Alinhamento às leis divinas não nos limita ou anula. Ao contrário, as leis eternas são o meio que permitem a expressão completa do indivíduo. Não há transgressão, uma vez que respeito é sempre dado à individualidade dos outros. A harmonia é mantida.

Com humildade reconhecemos o direito que todas as coisas têm de existir; existir em liberdade e existir em felicidade. Este direito inato é uma lei imortal. Subserviência nos relacionamentos ou aos objetos materiais é resultado do medo; medo de sermos nós mesmos; a falta de coragem de enfrentar, de mudar, de mover numa outra direção. Auto-respeito nos libera do medo e da dependência. Quando não pensamos profundamente o suficiente por nós mesmos, nos tornamos subservientes às opiniões sociais e às pessoas com as quais interagimos.

Humildade traz introspecção, começamos a examinar as emoções que nos limitam. Abre a porta para o autoconhecimento. À medida que crescemos em autoconhecimento, crescemos em auto-estima. Com essa estabilidade interior não há medo do que é diferente. Não há desejo de controlar pessoas ou situações. Sabemos que as coisas certas irão acontecer da forma correta, no tempo certo. Humildade é a outra face do auto-respeito. Quanto maior a humildade, maior o auto-respeito. Nada e ninguém são uma ameaça. Nós somos livres.

Brahma Kumaris
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

PORQUE OS AMORES SE PERDEM


O mais difícil de entender quando os amores acabam, são os porquês. Porque duas pessoas que se encontraram e se encantaram, viveram um amor que parecia indestrutível, se separam?

Por quê o amor geralmente acaba de um lado só e é o outro que fica chorando e querendo entender as razões? Costumo comparar casais a chave e fechadura. Nem toda chave abre todas as portas e é necessário encontrar aquela exata que vai se encaixar perfeitamente e tudo será possível.

Amores deveriam ser eternos, mas nem sempre são.

Mas a gente acredita que cada vez que alguém toca nosso coração e entra, que é definitivo. Um casal que se apaixona de início, sem que um tenha tido o tempo de desnudar o outro nas suas verdades, acredita nessa chama e até briga por ela muitas vezes.

E cria-se sonhos, planeja-se o futuro… Enquanto isso os dias vão passando, toma-se menos cuidado em manter a magia e a parte dos dois que é mais sonhadora começa a sentir-se incomodada. Dá medo. Medo de ter que olhar bem nos olhos da realidade e dizer: acabou!

Medo de ter que se confessar a si próprio que ainda não foi aquela vez! Medo da solidão, de ter que recomeçar… Não são as decepções que matam o amor. Se assim fosse, não existiriam perdões e reconciliações. O que mata o amor é simplesmente a tomada de consciência de que o outro não é o ser sonhado. É como acordar depois de um longo sono e lindos sonhos. O outro está ali, é a mesma pessoa, mas aquela neblina que dava a impressão de irrealidade já não mais existe. E isso não acontece da noite para o dia, como se costuma pensar.

É algo que vem com os dias, os hábitos, as monotonias. Um percebe, o outro não. Um começa a se sentir angustiado e o outro continua acreditando ou finge que acredita. E quando a gota que faz transbordar o vaso chega é o mundo todo que desmorona. Porém, tudo não fica definitivamente perdido. Sobra de um lado a dor, e os porquês, um resto de amor que teima em ficar no fundo como o vinho envelhecido na garrafa e do outro o coração dividido por não poder reparar erros cometidos e a vontade de continuar em busca de outros horizontes. Sobra para os dois a ternura e a lembrança dos momentos passados juntos.

Por que corta-se relacionamentos, mas não se apaga momentos, mesmo que a gente queira. Vivido é vivido, feliz ou infelizmente. Inútil é querer resgatar um amor que resolveu partir pra outras direções. Quanto mais apega-se, mais ele se afasta. E quanto mais se afasta, mais dói no outro a incompreensão. É uma roda da qual é difícil de sair. E é uma pena, pois os corações não merecem isso.

Quando a questão é amor, não existe justo ou injusto. Existe o que ama, e o que não ama mais. Precisamos aceitar que o outro não tenha os mesmos sentimentos, mesmo se isso nos faz mal, por que se o amor não for livre para se instalar onde realmente deseja, ele perde toda a razão de ser.

Letícia Thompson
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Há muito tempo ainda para você amar e ser amado!


Amar ou ser amado? O que você prefere? Como tem sido isso pra você? O que é mais importante?

Se é um grande privilégio saber amar o mesmo se pode dizer que é um grande privilégio ser amado! Certo? Que bênção o equilíbrio! Escolha para a sua vida as duas alternativas. Elas se completam. Mas o ideal mesmo será sempre amar sem sufocar, sem aprisionar, sem esperar nada em troca, sem exigir, sem cobrar..... Simplesmente ame!

E o que falar de ser amado? Talvez a melhor definição seja: ser amado sem se sentir aprisionado, cobrado, exigido, sufocado, reprimido. Simplesmente permita-se ser amado!

Responda pra você mesmo estas 4 perguntas porque talvez possa entender um pouco mais do seu momento:
O que é mais importante: amar sem ser amado ou ser amado sem amar?
Tem sido muito difícil falar para as pessoas que vivem ao seu lado o quanto você as ama?
Você está tendo dificuldade de amar as pessoas do jeito que elas são?
As pessoas estão conseguindo amar você do jeito que você é?

O que mais separa as pessoas não é a distância, nem o tempo! É a indiferença! Nunca mais permita que o medo ou a vergonha possam ser mais poderosos do que a sua vontade de dizer "eu te amo" para quem quer que seja, tá?

Pode se expor sim, viu? Pode se abrir! Não há nenhum desprestígio e nenhuma fragilidade nisso. Pelo contrário: há força, há nobreza! Comece devagarinho, aos poucos e comece a perceber que não é tão dolorido assim dizer o que o seu coração grita!

Pare de se comover com os acontecimentos distantes e tenha mais coragem para dizer as suas verdades de amor para quem está próximo de você! Pare de colocar barreira entre o seu coração e o coração dessas pessoas.

Ame agora, enquanto você pode, enquanto há tempo.

Nada acontece por acaso. Você não é nenhum acaso e não veio a esse mundo, nesse tempo por um simples detalhe do destino ou do acaso. Você tem uma história, um propósito, uma missão. Há tempo ainda para você amar e ser amado!

"Você foi feito para amar e ser amado"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco