segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

O dia de hoje é para você brilhar.

Você já sofreu alguma critica por erros que tenha cometido, tentando ser autêntico(a) em seus atos?

Creio que todo mundo, em algum momento da vida já passou por algo assim.
Saiba que somente quem não faz ou nem tenta fazer algo é que não erra e por isso não recebe críticas.

O importante é fazer, ser autêntico.
Quem faz, atrai para si, até o desejo de muitos que querer imitá-lo.
Quer ver?

Há algum tempo num grande evento artístico no Rio de Janeiro, um “cover” (é assim mesmo que escreve?) do Bono Vox da banda U2, deu uma entrevista, dizendo que gostaria muito ser o próprio Bono.

Quando ouvi isso, eu parei para analisar.
Por que alguém gostaria de ser outra pessoa?
Seria, pela admiração, pelo desejo do sucesso que outra pessoa faz?

Enfim, o que a levou declarar aquilo à repórter, não vem ao caso agora!

Quero dizer, que o que importa é que você cometa erros tentando fazer algo interessante para você e para ajudar aos outros que você considera merecer sua contribuição.

Também, o que importa é que mesmo sob críticas, vaias, reprimendas, você não perca a coragem de tentar tantas vezes mais, até acertar, pelo seu próprio talento.

Pois é disso que são feitos os vencedores.
Aqueles, para quem a vida brilha e recompensa sua existência.

Com disse o poeta Douglas Malloch:

“Se você não puder ser um pinheiro no topo da colina, seja um arbusto no vale – mas seja o melhor arbusto á margem do riacho.
Seja um ramo, se não puder ser a arvore.
Se não puder ser um ramo, seja um pouco de relva e dê alegria a algum caminho por onde outros precisam passar”.

Aqui eu já imaginei algumas questões que poderiam surgir.
Como, ser esse: “ser único, autêntico”?

Eu digo:

Começando com atitudes para transformar o seu dia, esse agora, neste momento, em um dia melhor.

E, é exatamente isso que eu vou fazer hoje.
Eu simplesmente quero que o meu dia seja um ótimo dia hoje.

Por que, acabei de perceber que isso está ao meu alcance.
Mas, você sabe o que é preciso fazer?

Começar o dia com atitudes que transformem um simples dia, num Bom Dia mesmo!

Veja alguns exemplos de atitudes que você poderá tomar hoje:

Acordar e decidir ter um Bom Dia.
Ao abrir os olhos e espreguiçar o corpo, agradecer a noite de sono e por ter acordado para este novo dia e agradecer,
por ter recebido este PRESENTE  do Universo, para mais uma jornada.

Vestir-se de bom humor, começando com um sorriso agradável para si mesmo e em pensamento, renovar a esperança por um dia produtivo e cheio de bons acontecimentos.

Por que, se você pensar que o dia será ruim, não adianta escolher uma roupa elegante, que teu semblante não irá condizer com o que você pensa.

Fazer uma boa higiene pessoal, lavar as mãos, o rosto, mas também fazer logo cedo uma higiene espiritual e mental, jogando no ralo a angústia e a tristeza que ficaram guardadas.

Quando falar com alguém, procure expressar palavras doces e que abençoem a vida dessa pessoa.
Fale algo de bom que acrescente na vida das pessoas.
Se for necessário repreender alguém hoje, faça isso com amor e sabedoria, que ajude a pessoa crescer.

Saia de casa e ande de cabeça erguida.

Nas suas atividades durante o dia, faça um esforço a mais, além do normal, mas um esforço que te aproxime dos teus objetivos.

Renove seus Sonhos e Planos.

Não esqueça.
Hoje, tome uma posição na vida, para buscar aquilo que dá sentido a ela.
Posicione seu sonho ou projeto na direção em que possa realizá-lo e eleja as prioridades para isso.

Agora, que você se deu esse tempo de reflexão.
Não deixe que isso tenha sido apenas mais uma leitura de um texto escrito por mim.

Acredite em primeiro lugar, que agora, neste instante e todo dia de hoje, você é pessoa mais importante do mundo!

Isso é muito sério.
Acredite primeiro em você mesmo.
Lembrando que, ninguém realiza nada se não for capaz de acreditar em si.

Bem, chegou a hora, eu tenho que me despedir, e deixar que você faça deste dia, um Bom Dia Hoje.

Não se esqueça:
Seja autêntico, no trabalho na escola, na comunidade, entre os amigos, na vida.
Acredite em si mesmo e faça deste dia, um dia inesquecível.

Você nasceu para brilhar!
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Feilz 2013
Força Sempre
Claudio Pacheco

domingo, 16 de dezembro de 2012

O gênio que realizava sonhos

Em um certo vilarejo de uma pequena cidade do interior morava um certo rapaz,
jovem, bonito provido de alguns bens materiais, uma
vida aparentemente perfeita, mas não era bem isso que aparentava ser!
o rapaz se isolava das demais pessoas, sempre quieto e cabisbaixo,
como se estivesse sempre pensando em algo.
Não gostava de sair, vivia em um mundo totalmente diferente.
Não frequentava festas na cidade, nem mesmo ia a igrejas
era quase invisível na cidade, e ninguém sabia dizer o porque desse seu comportamento.
mas reza a lenda que um dia,
em uma das suas caminhadas que fazia sempre sozinho, ele se deparou com um pequeno objeto de metal,
que mais parecia com
essas lâmpadas magicas que se vê em filmes, então curioso ele a pegou, a esfregou
e de dentro saiu um homem, que então
são conhecidos como gênios. ele ficou meio pensativo, era tão frio que nem medo sentiu.
então esse tal gênio sorriu e disse:
- Você me libertou, tens direito a três desejos!
então o rapaz sorriu e disse ao gênio:
-Não tenho nenhum desejo!
O gênio espantado com aquela frieza retruca:
-Como assim não tem nenhum desejo? Todo mundo tem desejos. Dinheiro, poder, mulheres...
O rapaz então o responde:
-Sabe sr gênio, não quero mais do que já tenho. Tenho saúde, não me falta dinheiro pois não sou ganancioso,
tenho uma ótima família, e se eu quero alguma coisa, gosto de batalhar por ela,
pois assim tudo que faço tem mais valor pra mim
O gênio comovido com tal resposta sorriu e então disse ao rapaz:
- Admiro muito a sua postura, mas meu amor você me libertou tenho que lhe recompensar de alguma forma,
não há nada que você queira que eu possa tornar realidade?
o rapaz então argumenta:
-Tem sim, eu sou um homem muito sonhador, apesar de tentar, não sou forte o suficiente pra realizar alguns!
então o gênio satisfeito com a ideia do rapaz lhe oferece ao invés de três desejos, a realização de três sonhos.
-Então meu rapaz, qual seu primeiro sonho?
O rapaz abaixa a cabeça e com a voz em um tom triste explica ao gênio:
-Então, eu fui uma pessoa muito irresponsável, não ligava paras coisas que tinha, não dava a elas o valor merecido
agia como se fosse o dono da verdade, como se não precisasse de nada daquilo pra ser feliz, foi então que perdi
meu bem mais precioso, a razão de tudo pra mim, meu motivo de sorrir, de chorar, a minha base. Eu perdi o meu amor!
Depois disso nunca mais fui o mesmo, nada pra mim fazia sentido, meus amigos não são mais interessantes sem ela,
não consigo olhar pra cima sem perceber que ela não esta mais ali do meu lado, não falo mais em voz alta,
pois quando falo não ouço a voz dela
não consigo mais sair, pois, quando passo por lugares onde estive com ela percebo que ela não esta comigo.
E pra piorar ela virou parte dos meus sonhos, passando a se tornar o maior deles!
Então já que o senhor vai realizar meus sonhos, quero que comece pelo maior. Gostaria de te-la de volta!
O gênio com ar de emoção sorri e lhe diz, e Tão lindo e puro seu coração, esse sonho já era fácil e agora
tornou-se mais fácil ainda de ser realizado,bom seu desejo e uma ordem! Ela já esta na casa dela te esperando, quando chegar la ela vai estar sorrindo e pronta pra te dar uma nova chance.
Então antes mesmo do gênio terminar de se pronunciar,
o jovem rapaz sai em disparada em direção ao vilarejo vizinho em busca de sua amada!
O gênio por sua vez aos gritos tenta impedir o rapaz, pois ainda havia mais dois sonhos a serem realizados, mas o rapaz correu tanto que nem o escutou.
-Que rapaz louco, deixou dois sonhos de lado, porque será que ele nem quis saber deles?
preciso tirar essa historia a limpo.
Então o gênio foi atrás do rapaz, e chegando la, encontrou o rapaz com sua amada aos prantos de felicidade, com um abraço apertado, como se dissesse: -não vou soltar você nunca mais!
Então o gênio se aproximou-se e perguntou ao rapaz:
-Meu jovem, você me disse que não tinha desejos, mas que tinha sonhos, então eu lhe concedi três sonhos a serem realizados, mas você só me fez um pedido e não mais os outros dois a que lhe tinha direito.
Você não os quer?
o rapaz com um sorriso ainda molhado com suas lágrimas de felicidade então explica ao gênio:
-Lembra que te disse, que antes de perde-la eu era feliz, e que tinha de tudo?!
Depois que a perdi eu comecei a sentir falta de tudo aquilo que eu tinha e não dava o valor merecido, então passei a ter sonhos, sonhos difíceis de serem realizados, pois estava sem a minha base que era ela.
Então quando você realizou o meu sonho de te-la de volta, todos aqueles meus sonhos se tornaram possíveis!
Pois tudo que sonhava, agora, ao lado dela eu posso realizar!
o gênio admirado pela ação do rapaz volta a sua lâmpada magica com uma lição:
Nada na vida faz sentido quando se esta com o coração ferido!
Meus amigos(as) a todos uma otima Tarde de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Suficiente para você

Há pouco tempo, estava no aeroporto e vi mãe e filha se despedindo.
Quando anunciaram a partida, elas se abraçaram e a mãe disse:

- Eu te amo. Desejo o suficiente para você.

A filha respondeu:

- Mãe, nossa vida juntas tem sido mais do que suficiente. O seu amor é tudo de que sempre precisei. Eu também desejo o suficiente para você.

Elas se beijaram e a filha partiu.

A mãe passou por mim e se encostou na parede.

Pude ver que ela queria, e precisava, chorar.

Tentei não me intrometer nesse momento, mas ela se dirigiu a mim, perguntando:

- Você já se despediu de alguém sabendo que seria para sempre?

- Já - respondi. - Me desculpe pela pergunta, mas por que foi um adeus para sempre?

- Estou velha e ela vive tão longe daqui. Tenho desafios à minha frente a verdade é que a próxima viagem dela para cá será para o meu funeral.

- Quando estavam se despedindo, ouvi a senhora dizer 'Desejo o suficiente para você'. Posso saber o que isso significa?

Ela começou a sorrir.

- É um desejo que tem sido passado de geração para geração em minha família. Meus pais costumavam dizer isso para todo mundo.

Ela parou por um instante e olhou para o alto como se estivesse tentando se lembrar em detalhes e sorriu mais ainda.

- Quando dissemos 'Desejo o suficiente para você', estávamos desejando uma vida cheia de coisas boas o suficiente para que a pessoa se ampare nelas.

Então, virando-se para mim, disse, como se estivesse recitando:

- Desejo a você sol o suficiente para que continue a ter essa atitude radiante.
- Desejo a você chuva o suficiente para que possa apreciar mais o sol..
- Desejo a você felicidade o suficiente para que mantenha o seu espírito alegre.
- Desejo a você dor o suficiente para que as menores alegrias na vida pareçam muito maiores.
- Desejo a você que ganhe o suficiente para satisfazer os seus desejos materiais.
- Desejo a você perdas o suficiente para apreciar tudo que possui.
- Desejo a você 'alôs' em número suficiente para que chegue ao adeus final.

Ela começou então a soluçar e se afastou.

Dizem que leva um minuto para encontrar uma pessoa especial, uma hora para apreciá-la, um dia para amá-la, mas uma vida inteira para esquecê-la.

Mande esta mensagem para as pessoas que você nunca esquecerá e lembre-se de mandá-la de volta à pessoa que a enviou.

Se você não mandá-la para ninguém, significa que você vive com tanta pressa que se esqueceu de seus amigos.

ARRUME TEMPO PARA VIVER...


EU DESEJO O SUFICIENTE PARA VOCÊ!
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Quando você muda

Você acredita que existe alguém atrapalhando a sua vida? Se sim, leia este artigo e descubra quem é essa pessoa.

Recebi um email com esse texto, criado por Luís Fernando Veríssimo, e resolvi dividi-lo com vocês porque concordo plenamente com a mensagem passada por ele:

Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estava escrito:
Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na Empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes.
No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa. A agitação na quadra de esportes era tão grande que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava:
- Quem será que estava atrapalhando o meu progresso?
- Ainda bem que esse infeliz morreu!
Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça abaixada, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.
A pergunta ecoava na mente de todos: "Quem está nesse caixão"?

No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo... Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: VOCÊ MESMO! Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida. Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida. Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo.
SUA VIDA NÃO MUDA QUANDO SEU CHEFE MUDA, QUANDO SUA EMPRESA MUDA, QUANDO SEUS PAIS MUDAM, QUANDO SEU (SUA) NAMORADO(A) MUDA. SUA VIDA MUDA... QUANDO VOCÊ MUDA! VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL POR ELA.
O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando "você muda".

Eu costumo dizer que o pensamento positivo pode vir naturalmente para alguns, mas também pode ser aprendido e cultivado. Mude seus pensamentos e você mudará seu mundo.
Meus amigos(as) a todos uma otima Noite de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

O que serão dos nossos velhos?

Porque será que maltratamos tanto os nossos velhos? Essa é uma pergunta que insiste em não se calar. De imediato identificamos a falta de escolaridade como fator fundamental a tal brutalidade e insensibilidade.
Uma pessoa idosa ou uma mulher com uma criança de colo ou em adiantado estado de gestação em pé e o infrator sentado na poltrona que preferencialmente deveria ser sua, é uma visão normal do nosso dia a dia. Até tentamos justificar que o infrator não deve saber ler o que está escrito no aviso. Mas, o que dizer das pessoas que estacionam seus automóveis nas vagas direcionadas aos idosos e aos deficientes? Alguns desses cidadãos, até possuem formação superior. E aí? Dá pra entender que não é apenas um problema de escolaridade. Temos também constatada a ausência de uma cultura direcionada ao zelo respeitoso aos nossos velhos que tanto deveríamos cuidar.

Seremos Os Velho De Amanhã.
Se não ficarmos no caminho, envelheceremos também. Envelhecer, faz parte da biologia humana
Mas quem nos tratará com respeito e carinho?
Nossos filhos? Talvez.
Os filhos da sociedade equivocada de valores em que vivemos? Com certeza não.
Se não tivermos a coragem em assumir que não estamos fazendo a nossa parte, não tomaremos as providências. Se não fizermos o que tem de ser feito, ninguém virá fazê-lo.
A sociedade imediatista está muito preocupada em o mais rapidamente possível, formar seus filhos em alguma área onde eles possam ser chamados de Doutores? É justamente aí que estão os nossos problemas. Temos agora um(a) Doutor(a), cheio de conhecimentos acadêmicos, são pessoas capazes de serem aprovados em concursos públicos e ocuparem cargos relevantes. Mas, como seres humanos, são pessoas totalmente despreparadas. Eles estudaram em escolas que os preparam para o vestibular e os concursos, mas, insensatos e insensíveis eles decidem com um vocabulário organizado e bem ensaiado, o que fazer e o que não fazer com os nossos velhos. Meras máquinas usadas e ultrapassadas. É assim que estamos tratando os nossos velhos.
Eles não aprenderam com os seus pais, que o primeiro sentimento de cidadania, começa com a qualidade do tratamento que dispensamos às outras pessoas. Não aprenderam também com os seus professores que, acima de dos valores acadêmicos, estão os valores humanos.

Utopia Do Idoso
Como seria um vestibular onde o tema eliminatório fosse um projeto sobre a proteção dos nossos idosos? Fosse também incluído na pontuação das provas: suas necessidades, seus direitos e, sobretudo os nossos deveres para com eles.
Imagine agora um bom hospital geriátrico em cada município.
Uma aposentadoria básica a cada idoso sem renda.
Todas as religiões pregando que a salvação e o dízimo fossem as boas ações aos idosos.
Todos os dispositivos da lei dos direitos humanos que tanto protegem os delinquentes, defendessem também com a mesma ênfase e o mesmo rigor os nossos idosos.

Seremos Fatalmente Os Velhos De Amanhã.
Quem cuidará de Nós?
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Nossos Erros e Acertos

Enfim, tudo é alterado quando visto por outro ângulo.
Um pai pode ser visto como insensível por permitir que o seu filho sofra as consequências dos seus erros. Enquanto outro pai pelo mesmo motivo pode também ser criticado por poupar o filho.
Quem está certo?
Só dá pra entender quão complexas e efêmeras são as diversas formas de se observar um mesmo fato ou acontecimento. Na cultura brasileira, naturalmente fomos adestrados a sempre reagir de igual maneira diante dos mesmos acontecimentos. Cuidado! A padronização sócio comportamental nos deixa simplesmente igual aos iguais.
Se lembrarmos de Ruy Barbosa, ainda ouviremos a sua voz ecoando na eternidade: ?É errado tratarmos de forma diferente os iguais, assim como é igualmente errado tratarmos de forma igual os diferentes?.
Esta sabedoria faz-nos refletir os erros, equívocos e acertos que todos nós temos nas nossas vidas e assim constatarmos que é impossível viver uma vida inteira sem cometê-los. Por isso, convido-os a comigo refletirem o texto abaixo.

Recém casados
Um casal, recém-casados, mudou para um bairro muito tranqüilo. Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela uma vizinha que pendurava os lençóis no varal e comentou com o marido:
- Que lençóis sujos ela está pendurando no varal.
- Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade, perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava os lençóis no varal e a mulher comentou com o marido:
- Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos!
- Se eu tivesse intimidade, perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um mês a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:
- Veja, ela aprendeu a lavar as roupas. Será que a outra vizinha ensinou??? Porque eu não fiz nada.
O marido calmamente respondeu:
- Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!
E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Só assim poderemos ter noção do real valor de nossos amigos e das pessoas que nos rodeiam e nos ama.
Portanto, vamos deixar sempre as nossas vidraças limpas.
Quem trabalha muito, erra muito.
Quem trabalha pouco, erra pouco.
Quem não trabalha, não erra.
Quem não erra, também não acerta.
Meus amigos(as) a todos uma otima Noite de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

Fale a sua verdade mas também saiba ouvir a do outro





Recentemente descobri que não sou um bom ouvinte e comecei a observar mais as pessoas nesse sentido. E constatei que muitas pessoas também têm tendência à chatice.

Sim, porque chato é aquele que sempre tem uma opinião sobre tudo e que acha que deve expressá-la a todo momento. O chato acredita que o outro não é capaz de dizer tudo o que é necessário e que a sua contribuição para o assunto ou para resolver o problema é fundamental e indispensável.

O Chato não quer ouvir, nao sabe ouvir, não suporta ouvir! Só quer falar e justamente por isso acaba perdendo momentos preciosos da vida, se afastando de pessoas maravilhosas de seu convívio. E o pior: é rotulado, com razão, como arrogante!

É preciso exercitar a arte de ouvir porque quem não ouve não cresce, fica apenas com a bagagem que já possui.

Reconheça mais e considere os pensamentos e sentimentos das pessoas que convivem com você. Crie o hábito de perceber o que os outros querem realmente dizer. Dê uma chance às pessoas colocarem por completo as suas idéias, pô!

Saiba escutar! Aprenda a perceber as intenções e as necessidades dos outros. Seja mais humilde e ouça as pessoas, as suas verdades.

Coloque-se no agora e deixe claro para si mesmo o que foi dito pelo outro, tá? Interesse-se pelos planos, pelos ideais, pelos problemas e pela vida de quem está diante de você, apenas tendo uma atitude de ouvir. Tenha calma e abaixe a sua ansiedade quando estiver numa conversa. Fale mas também ouça! Sorria mais, viu? Desenvolva mais o seu bom-humor e deixe mais à vontade quem conversa com você.

Bom Dia! Bom Divertimento! Aquele abraço! Aquela Paz!

"Quem fala e não ouve é egoísta. Só sabe falar quem sabe ouvir"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

domingo, 9 de dezembro de 2012

Às Vezes Nada Acontece Como Nós Queremos, Como Nós Desejamos.

Às vezes nada acontece como nós queremos, como nós desejamos
Às vezes esperamos algo... Mas nunca vem
Às vezes amamos alguém
Às vezes alguém nos ama
Mas não somos correspondidos e não correspondemos à altura
Às vezes temos a oportunidade de sermos felizes, mas não conseguimos
Às vezes a felicidade esta onde nós menos esperamos
Às vezes está em nossa frente diante dos nossos olhos
Mas por algum motivo não conseguimos enxergar
Quando conseguimos enxergar, já é tarde...
Perdemos a oportunidade que não teremos mais
Às vezes sentimos culpados por não termos enxergado o que esta diante de nossos olhos
Às vezes não nos perdoamos
Por medo
Por não ter tentado
Por não ter acreditado
Por não ter dado uma chance
E acabamos perdendo o que poderia ser a felicidade
Às vezes olhamos para trás e sentimos que poderíamos ter arriscado
E mesmo com o medo
Ter tentado
Ter acreditado
Ter dado uma chance
Às vezes temos que arriscar para não cometer-mos os mesmos erros do passado
Às vezes temos que olhar a nossa volta
Procurar o que nos faz feliz, o que nos deixa feliz
O que nos faz bem, o que nos faz sentir bem
Aproveitar as oportunidades

A vida é assim...
Meus amigos(as) a todos uma otima Tarde de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

sábado, 8 de dezembro de 2012

A Vida Me Ensinou

A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir; aprender com meus erros.
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças; sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas",
embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Me ensinou e está me ensinando a aproveitar o presente,
como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.
Charles Chaplin
Meus amigos(as) a todos uma otima Noite de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco



 
                                                                                                                  

Comunicação pobre, relacionamento vazio

Num convívio em que a comunicação entre as pessoas é pobre, os vínculos facilmente se enfraquecem e favorecem a desconfiança.

Encontrar a pessoa certa – que corresponda exatamente a tudo aquilo que gostamos e que entenda perfeitamente nossos sentimentos diante de uma situação contrária – pode parecer ideal, mas pouco provável.
Cada indivíduo tem uma resposta diferente para determinada situação. Conhecer nossos limites e controlar as fraquezas de nossos temperamentos pode ser a “pitada” certa para dar equilíbrio aos nossos relacionamentos.

Muitas vezes, dentro do convívio do casal, vai acontecer algo que nos tire do sério. Nessas horas, as circunstâncias podem nos levar a atitudes tempestivas, as quais trarão à tona um comportamento pouco conhecido pelo nosso cônjuge. Por isso, saber que ninguém é um “super-homem” em virtudes ou uma “mulher maravilha” em compreensão nos permite conhecer as “misérias” do outro; e isso faz parte dos desafios de uma vida a dois.

Na partilha das realidades da vida conjugal percebemos as particularidades de temperamentos do cônjuge. Frequentemente, ouvimos alguém dizer que, por medo das reações do outro diante de certa circunstância, preferiu se calar em vez de expor suas idéias e reivindicações em prol da harmonia desejada.
Há pessoas que lidam mais facilmente com os desafios; outras são mais racionais ou têm facilidade para assumir a liderança das coisas, e assim por diante. Entretanto, ninguém é puramente virtude, pois também trazemos conosco nossos defeitos. Entendendo que um relacionamento acontece numa “via de mão dupla”, precisamos estar atentos para não exigir do outro somente atitudes de perfeição, quando reconhecemos em nós mesmos defeitos, os quais podem ser corrigidos com a disposição em sermos melhores por causa do outro.

Nosso cônjuge é a pessoa mais indicada para apontar aquilo em que precisamos nos empenhar a fim de melhorar nosso temperamento; o que, consequentemente, acaba refletindo no convívio a dois.
Não é nada agradável ouvir que cometemos um engano nisso ou naquilo, especialmente de quem amamos; afinal, nosso próprio conceito é de ser alguém irrepreensível. No entanto, um bom relacionamento traz sinais de sucesso quando o casal se dispõe a viver a honestidade, sobretudo, de maneira respeitosa na franqueza dos diálogos. As atitudes defensivas ou a recusa de conversar sobre aquilo que o outro julga importante dizer em nada ajudará no crescimento dos laços entre os casais.

Num convívio em que a comunicação entre as pessoas é pobre, os vínculos facilmente se enfraquecem e favorecem a desconfiança e a falta de respeito; atropelando, quase sempre, o direito e a integridade do outro. Situações mal resolvidas apenas tornam nosso convívio frio.
Antes mesmo que escoem pelos ralos os anos de amizade e comprometimento, a melhor atitude é falar sobre aquilo que parece não estar indo bem, a fim de encontrar uma saída, juntos, para uma situação que está tirando a paz no convívio.

Quando podemos contar com o interesse e a disposição do outro para nos ajudar a equacionar os impasses, a solução não parece ser tão impossível quanto demonstravam ser num primeiro instante. Assim, juntos e com a boa vontade de quem quer nutrir o amor, conseguiremos nos moldar às necessidades do outro para o comum do novo estado de vida, para o qual somos impelidos a viver.

Um abraço,

Dado Moura
Meus amigos(as) a todos uma otima Tarde de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

Como silenciar a mente

Para ser um único ser, totalmente conectado em si mesmo, vivenciando apenas o presente, é preciso ter vontade e compaixão por si próprio, porque mudar hábitos, tão enraizados como os nossos, leva tempo e paciência e, se não pudermos nos perdoar pelas várias tentativas fracassadas que teremos, percebendo que isso apenas faz parte do processo, será difícil colher os frutos desta nova vida maravilhosa e calma que aspiramos.

Cinco passos para a reflexão

1º – Pare de pensar. Você sabe exatamente o que tem que fazer ao longo do dia. Se tem medo de esquecer, anote e depois esqueça;

2º – Não fique vivendo e revivendo momentos do passado e discutindo consigo mesmo quem estava certo e quem estava errado naquele momento, pois este já se foi. Não há nada que você possa fazer. Além disso, você está tão distraído em pensamentos que não está prestando atenção ao que está acontecendo agora;

3º – Não reaja. Não se justifique. Não fique na defensiva. Se estiver sempre armado, estará sempre se sentindo numa batalha e portanto, nunca conseguirá relaxar. Ficará se cobrando, será mais crítico com os outros e a síndrome da culpa estará sempre no seu encalço, porque você está demasiadamente preocupado com o que os outros estão pensando de você;

4º – Seja mais agradecido. Se focalizar o que acontece de bom na sua vida, verá que automaticamente as coisas ruins desaparecerão pouco a pouco;

5º – E, por favor, você não controla a vida! Então pare de pensar que se você fizer ou deixar de fazer algo o mundo vai explodir, a empresa vai falir, seu companheiro vai lhe abandonar, seu filho vai fugir de casa, etc, etc.

Apenas aceite a vida, adapte-se a ela e deixe para decidir na hora em que as coisas acontecem. Não interprete as situações e as pessoas, porque você sempre estará vendo sob um ponto de vista limitado. Esvazie e aquiete sua mente.

OSHO
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A vida anda pra frente

Quando nos propomos a fazer algo diferente do que fizemos antes, e que não funcionou para nós, precisamos nos mover adiante. Em geral, a ideia de refazer remete à lembrança de frustrações passadas. Se isso acontece com você, atenção com o uso que faz da sua energia!

Uma das primeiras lições que aprendemos com a vida é que não dá para acertar sempre. Algumas vezes, dependendo do grau de dificuldade que encontramos, erramos bastante. Experiência é tudo: experimentar, fazer, repetir, até conseguir o que se deseja.

Isso se aplica a relacionamentos, vida profissional e o que mais alguém possa querer realizar.

Se não desistirmos diante das frustrações e das tentativas mal sucedidas, iremos nos aprimorando até adquirir a habilidade desejada.

O processo de aprendizagem requer que possamos lidar com a frustração. Em vez de nos deixarmos abater, precisamos aceitar com naturalidade o que não deu certo.

A aceitação é a chave para deixar ir embora o que não funcionou antes.

Enquanto a pessoa ficar lamentando o passado, ou imaginando como teria sido se tivesse agido diferente, vai patinar no mesmo lugar, sem se mover adiante.

Fazemos o melhor que podemos com os recursos emocionais, mentais, materiais de que dispomos, em determinado momento. Essa idéia deve ser suficiente para afastar sentimentos de culpa e outras emoções negativas.

A mudança de percepção e de atitude diante de uma situação acontece quando passamos de um grau de maturidade para outro, maior.

Jael Coaracy
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Dicas de Otimismo

Encarar a vida com otimismo é importantíssimo para superar os problemas diários com mais facilidade e viver melhor. Coloque estas dicas em prática e veja seu mundo ficar mais bonito e gostoso hoje:

Primeiro, aceite-se!

Você não é pior nem melhor do que ninguém. Portanto, deixe de lado a preocupação exagerada com a aparência e com a opinião alheia. Aceite seus defeitos e valorize as qualidades que você tem.

Ria mais. Alegria é o melhor remédio. Bom humor oxigena o cérebro e atrai novos amigos. Não perca as chances de contar piadas, dizer bobagens e soltar gargalhadas.

O que já passou, passou. Afinal tudo passa tudo passará! Nada nesta vida é definitivo. Se você tiver um pouco de paciência, o tempo cura todos os males. Se você sofreu ou sofrer uma decepção hoje, mas amanhã deverá sentir uma grande alegria.

Ei, olhe só que coisa maravilhosa! Admire a vida, valorizando aquilo que você já possui em vez de reclamar do que ainda não te pertence. Mas, quando for reclamar, lembre-se de que existem pessoas que têm muito menos do que você e mesmo assim, agradecem todos os dias pela vida que levam.

Abra sua mente…!

Nunca ache que já sabe o bastante. Seja curioso, pesquise assuntos novos, faça cursos e conheça pessoas. Assim você ficará mais interessado pelo que acontece no mundo e conectado a ele.

Quando a noite chegar. Antes de dormir, pense e fale coisas agradáveis. Quando já estiver escovando os dentes, desligue-se dos problemas e procure relaxar. Deite-se pensando em como foi bom seu dia, que você ama as pessoas ao seu redor e na satisfação de continuar vivendo bem neste mundo tão difícil.

No final das contas, desejo que você tenha um sono tranquilo !

Ou você acha que dormir é perda de tempo? Nem pensar. Quem está descansado trabalha melhor o dia todo, se mantém disposto até a hora de ir para a cama, dormir bem e acorda feliz no outro dia.

Depois você me conta quantas pessoas você contagiou!

Pense nisso…
Meus amigos(as) a todos uma otima Noite de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Há Sempre Alguém

Há pessoas caladas que precisam de alguém para conversar.
Há pessoas tristes que precisam de alguém que as conforte.
Há pessoas tímidas que precisam de alguém que as ajude vencer a timidez.
Há pessoas sozinhas que precisam de alguém para brincar.
Há pessoas com medo que precisam de alguém para lhes dar a mão.
Há pessoas fortes que precisam de alguém que as faça pensar na melhor maneira de usarem a sua força.
Há pessoas habilidosas que precisam de alguém para ajudar a descobrir a melhor maneira d usarem a sua habilidade.
Há pessoas que julgam que não sabem fazer nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir o quanto sabem fazer.
Há pessoas apressadas que precisam de alguém para lhes mostrar tudo o que não têm tempo para ver.
Há pessoas impulsivas que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros.
Há pessoas que se sentem por fora e precisam de alguém que lhes mostre o caminho de entrada.
Há pessoas que dizem que não servem para nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir com são.
Todas essas pessoas precisam de alguém. Talvez de você...
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco 

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

MSG-Transformação

O colunista Sydney Harris (EUA) acompanhava um amigo à banca de jornal.
O amigo cumprimentou o jornaleiro amavelmente, mas como retorno recebeu um tratamento rude e grosseiro.
Pegando o jornal que foi atirado em sua direção, o amigo de Sydy sorriu atenciosamente e desejou ao jornaleiro um bom final de semana.
Quando os dois amigos desciam pela rua, o colunista perguntou:
- Ele sempre te trata com tanta grosseria?
- Sim, infelizmente é sempre assim.
- E você é sempre tão atencioso e amável com ele?
- Sim, sou.
- Por que você é tão educado, já que ele é tão rude com você?
- Porque não quero que ele decida como eu devo agir. Nós somos nossos ?próprios donos?. Não devemos nos curvar diante de qualquer vento que sopra, nem estar à mercê do mau humor, da mesquinharia, da impaciência e da raiva dos outros. Não são os ambientes que nos transformam? somos nós que transformamos os ambientes.
Meus amigos(as) a todos uma otima Noite de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

domingo, 2 de dezembro de 2012

A Escolha é Sua

Você pode

curtir ser quem você é, do jeito que você for,
ou viver infeliz por não ser quem você gostaria.

Você pode

assumir sua individualidade,
ou reprimir seus talentos e fantasias, tentando
ser o que os outros gostariam que você fosse.

Você pode

produzir-se e ir se divertir, brincar, cantar e dançar,
ou dizer em tom amargo que já passou da idade ou que essas coisas são fúteis sérias e bem situadas como você.

Você pode

olhar com ternura e respeito para si próprio
e para as outras pessoas,
ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, fere e mata, sem nenhuma consideração para com os desejos, limites e dificuldades de cada um, inclusive os seus.

Você pode

amar e deixar-se amar de maneira incondicional,
ou ficar se lamentando pela a falta de gente à sua volta.

Você pode

ouvir o seu coração e viver aproximadamente
ou agir de acordo com o figurino da cabeça, tentando
analisar e explicar a vida antes de vivê-la.

Você pode

deixá-la como está para ver como é que fica
ou com paciência e trabalho conseguir realizar as mudanças necessárias na sua vida e no mundo à sua volta.

Você pode

deixar que o medo de perder paralise seus planos
ou partir para a ação com o pouco que tem
e muita vontade de ganhar.

Você pode

amaldiçoar sua sorte,
ou encarar a situação como uma grande oportunidade
de crescimento que a Vida lhe oferece.

Você pode

mentir para si mesmo, achando desculpas e culpados
para todas as suas insatisfações,
ou encarar a verdade de que, no fim das contas,
sempre você é quem decide o tipo de vida que quer levar.

Você pode

escolher o seu destino e, através de ações concretas caminhar firme em direção a ele, com marchas e contramarchas, avanços e retrocessos,
ou continuar acreditando que ele já estava escrito nas estrelas e nada mais lhe resta a fazer senão sofrer.

Você pode

viver o presente que a Vida lhe dá,
ou ficar preso a um passado que já acabou - e portanto não há mais nada a fazer, ou a um futuro que ainda não veio - e que portanto não lhe permite fazer nada.

Você pode

ficar numa boa, desfrutando o máximo de coisas
que você é e possui,
ou se acabar de tanta ansiedade e desgosto por não ser
ou não possuir tudo o que você gostaria.

Você pode

engajar-se no mundo, melhorando a si próprio e, por conseqüência, melhorando tudo que está à sua vota,
ou esperar que o mundo melhore
para que então você possa melhorar.

Você pode

celebrar a Vida e a Energia Universal que o criou,
ou celebrar a morte,
aterrorizado com a idéia de pecado e punição.

Você pode

continuar escravo da preguiça,
ou comprometer-se com você mesmo e tomar atitudes
necessárias para concretizar o seu Plano de Vida.

Você pode

aprender o que ainda não sabe,
ou fingir que já sabe tudo
e não precisa de aprender nada mais.

Você pode

ser feliz com a vida como ela é,
ou passar todo o seu tempo se lamentando pelo
que ela não é.

A escolha é sua.
E o importante, é que você sempre tem escolha.
Pondere bastante ao se decidir,
pois é você que vai carregar - sozinho e sempre
- o peso das escolhas que fizer.
Meus amigos(as) a todos uma otima Noite de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

A lógica de Einstein

Conta certa lenda, que estavam duas crianças patinando
num lago congelado.Era
uma tarde nublada e fria, e as crianças brincavam
despreocupadas.De repente, o
gelo se quebrou e uma delas caiu, ficando presa na
fenda que se formou. A
outra, vendo seu amiguinho preso, e se congelando,
tirou um dos patins e
começou a golpear o gelo com todas as suas forças,
conseguindo por fim,quebrá-
lo e libertar o amigo.

Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia
acontecido, perguntaram ao
menino:
- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que
tenha conseguido quebrar o
gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis!
Nesse instante, um ancião que passava pelo local,
comentou:
- Eu sei como ele conseguiu.

Todos perguntaram:

- Pode nos dizer como?

- É simples: - respondeu o velho.

- Não havia ninguém ao seu redor para lhe dizer que não
seria capaz. 
Albert Einstein
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco