sábado, 28 de fevereiro de 2015

Quando a minha mente está calma


Quando a minha mente está calma, eu acesso uma confiança que é descanso e proteção. Uma fé genuína na preciosidade da vida. Sinto que tudo em mim se reorganiza, silenciosamente, o tempo todo. Que isso tem mais a ver com o meu olhar, com a natureza das sementes que rego, do que eu possa perceber. Minha expectativa, tantas vezes ansioso(a), de que as coisas sejam diferentes, dá lugar à certeza tranqüila de que, naquele momento, tudo está onde pode estar. Em vez de sofrer pelas modificações que ainda não consigo, eu me sinto grato(a) pelas mudanças que já realizei. E relaxo.

Quando a minha mente está calma, eu acesso uma clareza que me permite sentir, com mais nitidez, que há uma sabedoria que abraça todas as coisas. Que o tempo tem uma habilidade singular para reinventar nosso roteiro com a gente, toda vez que redefinimos o que, de verdade, nos importa. Que há um contentamento perene no nosso coração. Um espaço de alimento amoroso. Uma fonte que buscamos raras vezes, acostumados a imaginar a felicidade somente fora de nós e a deslocá-la para distâncias onde não estamos.

Quando a minha mente está calma, os sentidos se expandem e me permitem refinar sensações e sentimentos. Posso saborear mais detalhes do banquete que está sempre disponível, mesmo quando eu não o percebo. Nesse lugar de calma e clareza, não há nada a desejar. Nada a esperar. Nada a buscar. Nenhum lugar onde ir. Eu me sinto sentado(a) sob a sombra de uma árvore generosa, numa tarde azul sem pressa, os pássaros bordando o céu com o seu balé harmonioso. O meu coração é pleno, nenhuma fome. Plenitude não é extensão nem permanência: é quando a vida cabe no instante presente, sem aperto, e a gente desfruta o conforto de não sentir falta de nada.

Ana Jácomo
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Não acredite naquilo que digo!


"Não acredite naquilo que digo!
Essa é a minha experiência,
mas no momento em que eu lhe digo,
isso se torna falso,
porque para você não é uma experiência.
Ouça-me, mas não acredite.
Não aceite
aquilo que está escrito
em livros considerados sagrados.
Experimente, investigue, procure.
A menos que você próprio conheça,
o seu conhecimento não tem qualquer utilidade;
ele é perigoso.
Um conhecimento emprestado
passa a ser um obstáculo."

Siddartha Gautama, o Buddha
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Liberte o passado e caminhe para a frente...


Se você der um passo à frente com fé, não olhe para trás nem se lamente pelo que deixou.
Simplesmente espere pelo futuro mais maravilhoso e observe-o se realizar.
Deixe o que é velho para trás; está acabado.
Seja grato pelas lições aprendidas e pelas experiências por que passou; elas o ajudaram a crescer e aumentaram sua compreensão, mas não se apegue a elas.
O que o aguarda é muito melhor do que aquilo que você deixou para trás.
Nada pode acontecer de errado se você colocar sua vida sob a Minha direção.
Mas se você dá um passo à frente e se pergunta se agiu certo, você permite que dúvidas e temores o invadam e se curvará sob o peso de sua decisão.
Portanto, solte-se, liberte o passado e caminhe para a frente com o coração repleto de amor e gratidão.

Trecho do Livro "Abrindo Portas Interiores" - Eileen Caddy
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Curar a ferida em primeiro lugar


Quando somos atingidos por uma flecha, não devemos perder tempo buscando saber quem e por que nos feriu. Mas, sim, arrancar a flecha fora e cuidar, o quanto antes, da ferida. Este é o modo budista de lidar com os problemas: focamos a cura ao invés de cultivar a indignação que gera ainda mais dor.

Em vez de responder aos inúmeros porquês, focamo-nos em lidar com a situação de modo a assumir o autocontrole diante de nossos problemas. Afinal, quando não podemos mudar uma situação externa, ainda assim, podemos transformar o nosso modo de encará-la.

Enquanto estivermos contaminados pelo cansaço, pela raiva ou pela indignação, nossas atitudes serão tendencialmente unilaterais ou vingativas. O que o budismo nos alerta é que a primeira coisa a fazer quando recebemos qualquer tipo de agressão é nos interiorizarmos para recuperar o espaço interior.

Mais do que uma percepção mental dos fatos, devemos buscar o equilíbrio interior para que nosso pensamento volte a ser claro e amplo.

Na medida em que nos concentramos em curar a ferida, ao invés de indagar o porquê ela ocorreu, cultivamos o hábito mental de buscar soluções práticas que nos ajudam a nos desvencilhar dos problemas. Deste modo, não ficamos presos ao discurso "ele não podia ter feito isso comigo" que nos leva apenas à paralisia, mas passamos a nos mover em direção à solução interior, o que nos leva a um senso profundo de liberdade de podermos ser quem somos.

O mundo à nossa volta está repleto de informações conflitantes e confusas. Tornamo-nos reféns dos outros enquanto nos deixamos enganchar por seus conflitos.

Para nos desvencilharmos das confusões alheias, precisamos antes de tudo recuperar nosso espaço interior. Esta é a diferença entre gritar para o outro: "Me solta" e dizer internamente: "Eu me solto".
Desta maneira, ganhamos autonomia interior, isto é, recuperamos o prazer e a habilidade de exercitar a nossa própria vontade de nos acalmar. Lama Gangchen nos encoraja a praticar a Autocura quando nos fala: "Basta reconhecermos nossa própria capacidade e ousarmos aceitá-la".

Em seu livro Autocura Tântrica III (Ed. Gaia) ele esclarece: "Para começarmos a vivenciar os níveis mais profundos da Autocura, nossa mente precisa começar a aceitar e usar o espaço interior da forma correta. Temos que compreender que há mais espaço em nossa mente muito sutil do que no mundo externo. Além disso, também precisamos entender que as situações perigosas que hoje vivenciamos são o resultado de causas e condições negativas criadas por nós no passado. É muito importante praticarmos a Autocura, pois se continuarmos a gravar negatividades em nosso espaço interior, embora nosso coração não possa explodir, uma terrível explosão global de negatividade pode acontecer, causando nosso Armagedão individual e planetário".
Para parar de gravar negatividades em nosso espaço interior, precisamos cultivar o hábito de nos interiorizarmos, de ampliarmos nosso espaço interior. Mas a capacidade de nos autossustentar surge à medida em que nos sentimos disponíveis para nós mesmos.

Se não nos sentimos capazes de lidar com certas emoções, devemos buscar pessoas que nos incentivem a lidar positivamente com elas. A solidariedade alheia nos ajuda a sentir e aceitar o que nem mesmo somos capazes de entender.

O importante é buscar coerência entre nosso mundo interior e a realidade exterior. Viver bem pressupõe considerar a realidade acima de qualquer coisa.

Ao recuperar o espaço interior, ganhamos uma nova disponibilidade para agir.

Bel Cesar
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2

Nome: Claudio Luiz Pacheco

A calma é o segredo daqueles que realizam tudo bem feito


Sabe por que você deve dominar a sua agitação? Por um motivo bem lógico: somente as criaturas calmas e equilibradas podem ser eficientes e conquistar seus objetivos.

A agitação cansa, desgasta e seu fruto acaba sendo que tudo sai mal feito! A pressa é outra velha inimiga da perfeição, né?

Seja calmo! Seja flexível! Seja ponderado! Tenha bom senso! Afinal, a calma é o segredo daqueles que realizam tudo bem feito. Quanto mais trabalho, maior deve ser a calma! Domine toda essa agitação em que sua vida pode estar mergulhada! Queira permanecer sereno, e tudo sairá bem para você. Parece fácil, né? Mas é fácil sim!

Se a calma atrai a calma, o acerto, a justiça, a alegria, a paz, então contribua com sua parcela para tornar mais belo este mundão maravilhoso. Faça a sua parte, viu?

Um pequeno gesto, uma ação insignificante, um olhar, um abraço, um sorriso, podem melhorar muito o ambiente em que você se encontra, sabia? Eleve o entusiasmo de quem está desanimado, reanime aquele que está desiludido. Mostre o tesão de viver para aquele que perdeu a esperança de ser feliz. Um simples aperto de mão confiante pode fazer renascer a coragem de quem estava por fraquejar? Deve ter alguém assim perto de você, certo?



Aproveite o dia de hoje e contribua com algo só seu para tornar um pouco melhor a vida de pelo menos uma pessoa, tá?

Boa Tarde ! Fique tranquilo, tá? E lembre-se: muita calma nessa hora! rs

"A tua lágrima é a tua lágrima, o teu tesouro é o teu tesouro. Ninguém viverá a tua alegria ou a tua dor"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Ninguém é atraído para alguém com um coração sem amor!


Todo dia coloque uma pitadinha de amor no seu coração! Todo dia se proponha a amar mais!

Sabe por que o amor é o segredo de tudo? Porque ele é a essência da simplicidade. Pare de complicar as coisas e você acabará achando o seu caminho, a sua história, a sua missão! Seja simples e o amor surgirá!

A simplicidade olha a natureza sem colocar obstáculos! Por isso, busque na simplicidade a solução de suas dificuldades. Não há outro jeito de conhecer a essência do amor sem ter mais e mais amor em seu coração. Sem amor você não pode conhecer o seu Eu Superior. Sem amor não é possível viver uma vida, viu?

Mantenha o amor fluindo livremente em sua vida e aprenda a amar todos aqueles que te rodeiam! Ame a si mesmo!

O amor que você dá nunca é demais! Não tenha medo de amar! Ame bastantão! E sempre! Nem tente se esquivar do fluxo de amor, mesmo que outros o rejeitem. Você já veio assim de fábrica, sabia? Repleto de amor! Para dar e para receber!

E o que fazer quando for rejeitado na sua forma de amar? Siga em frente! Ame mais e mais! E assim você deixará de ser amargo, endurecido e ferida e medroso! E nesse estado, você não será capaz de ajudar outras pessoas. Ninguém é atraído para alguém com um coração sem amor.

Continue aprendendo a amar! Ou reaprendendo, certo? Então, está esperando o que? Não perca mais tempo e viva intensamente a sua vida amorosamente! Quanto mais rápido aprender isso, melhor!

Bom Dia! Bom Divertimento! Seja feliz e ame bastante, tá?

"Entenda de uma vez por todas, definitiva e conclusivamente: você é aquilo que fizer de você mesmo"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Aprenda para poder crescer


Todo mundo é seu mestre! Sabe por que? Porque tudo o que acontece na vida da gente traz algum ensinamento! Mas você tem que desejar estar aberto para aprender sempre.

Considere todas as suas experiências como mensagens codificadas, como sinais dos céus dizendo assim pra você: "Aprenda sempre. Aprenda para poder crescer"

A doença pode ser um excelente exemplo, viu? Quando você pega uma gripe, o Universo está querendo falar: "Calma! Vá devagar! Entre para dentro de si por alguns instantes. Você precisa descansar e olhar para seu mundo interior."

Sabia que as lições de vida mais significativas vêm através de outras pessoas? Isso mesmo, as lições mais importantes chegam particularmente daquelas pessoas que estão mais perto de você. Seus relacionamentos mais próximos fazem com que você aprenda as mais valiosas lições: o amor, a paciência, o sacrifício, a generosidade, o perdão. Vamos, passe a perceber isso com mais vontade.

Muitas vezes, os ensinamentos mais importantes surgem daqueles indivíduos e situações mais críticas, viu? Dê uma olhada na sua vida, nos seus relacionamentos. Quem ou o quê está te trazendo mais problemas? Como é que está reagindo a esses desafios? Em vez de ficar irritado ou frustrado, dê graças à situação ou à pessoa que o causou, viu? Peça a Sabedoria Suprema que te revele o significado da experiência e te ajude a encontrar a solução. Vamos! Peça!

Toda experiência na vida oferece um presente especial.Todo mundo é seu mestre! Você pode aprender algo muito valioso com cada pessoa que encontra! Procure se alegrar com a vida! Alegre-se por estar sendo dadas sucessivas oportunidades de expandir o seu amor!

Não existem experiências ruins, apenas chances de aprender e melhorar, viu?

Bom Dia! Bom divertimento! Fique com Deus!

"Pense com sua própria cabeça, procure saber de onde você veio e para onde vai. Só você pode escolher o melhor para você!"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Você já se deu conta do quanto você é especial?


Você já se deu conta do quanto você é especial? Do quanto você é importante e imprescindível? Pois eu te garanto que você é muito mais que especial, viu? Mas só você sabe dizer o quanto! Claro, seus talentos, suas qualidades, suas especialidades, suas virtudes e seus dons somente você pode reconhecê-los! Ou não consegue admitir tudo isso em sua vida? Pois deveria, viu? Nunca desista de descobrir quem você é! Nunca!
Tem um montão de coisa que te deixa especial! Um montão de virtudes a serem ainda descobertas em você mesmo. E tudo o que há de bom dentro de você deveria fluir naturalmente, né? Mas é preciso dar uma mãozinha, viu? Acreditar mais, querer mais, desejar mais, abrir mais o coração....

Você é único! Completo! Pleno! Vencedor!

Esse conjunto de características físicas e internas que você carrega é que te torna uma pessoa singular, diferente, especial! Aproveite para usar sua especialidade e dar valor a seus talentos, suas virtudes, seus dons. Não vá embora desse mundo sem dar conta de toda sua potencialidade, heim?!

Convença-se que foi reservado a você um grande e valioso presente: a vida! Você é merecedor! Crie condições para caminhar por essa conquista! Ajude a si e aos outros a encontrarem o seu caminho, a conquistarem suas vidas e o que há de melhor nesse mundo, tá? Afinal, sempre fica um pouco de perfume nas mãos de quem oferece flores, né?

Exatamente agora, quando ocorrem os primeiros pensamentos do dia, você está criando as próprias condições internas para atingir seus objetivos, sabia? Por isso, escolha bem, e cuide bem de seus pensamentos. Não crie espaço mental e nem perca tempo com o que pode trazer aborrecimentos. Se há algum problema pela frente não evite. Resolva! Não dê espaço também para seus medos e para os maus pressentimentos, tá?

Na sua cabeça só deve haver lugar para confiança. Acredite na sua força interior! Alegre-se em fazer parte do milagre da vida, da raça humana... Acredite neste dia...Acredite em você ...

"Bondade é estimar e amar as pessoas mais do que elas merecem"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Por que aceitar limitações em sua vida?


Sinta sua consciência se expandindo dia a dia.

Espere que o novo se desdobre em você e à sua frente e, se para isso for necessário mudar, esteja disposto a fazer as mudanças sem hesitação.

Para mudar um programa no rádio só é preciso mexer num botão até achar uma nova estação. Daí é preciso sintonizar cuidadosamente até que a recepção fique clara e não haja distorções para atrapalhar o programa.

Quando seu desejo de deixar o que é velho para trás for suficientemente forte, você não deixará pedra sobre pedra até conseguir o que quer. Você mexerá em todos os botões até conseguir se sintonizar com o novo e poder receber a transmissão em som alto e forte. Quando a transmissão estiver clara, você terá que se aquietar e escutar; e quando voce tiver absorvido o que está sendo transmitido, você tomará a iniciativa de fazer algo a respeito.

Por que esperar mais um dia?
Sintonize-se agora.

Trecho do Livro "Abrindo Portas Interiores" - Eileen Caddy
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Não espere mais nada para se encontrar!


É muito difícil fazer tudo com amor? Tudo mesmo! Em casa, com os amigos, no trabalho, nos momentos de diversão.... Claro que não!

Nós fomos feitos para fazer tudo com amor! Para viver o amor! Esse trem fácil de sentir, mas difícil de explicar! E o contrário disso não é natural Não é normal, sabia? E você? Como tem tratado essa história de viver o amor em sua vida?

Assuma sempre a sua melhor atitude toda vez que estiver em dúvidas sobre o amor, principalmente na sua vida profissional, que talvez seja a que mais tenha dificuldade de viver inteiramente o amor, certo? Mantenha sempre em sua mente essas palavras: "o trabalho é amor visível". E trabalhe sempre com alegria e contentamento! Só assim seu serviço não será apenas uma tarefa a ser cumprida, viu?

Que enorme diferença uma atitude certa no trabalho faz para você e para as pessoas que te rodeiam! Se você quer ter sucesso, aprenda a amar sempre: a tudo e a todos! Sabia que qualquer tarefa se torna agradável simplesmente se você transformar sua atitude negativa em positiva?

Cada um de nós se harmoniza com um tipo de trabalho. Você se harmoniza com o que? Existe algo que você gosta muito de fazer? Então faça, pô! Não espere mais nada para se encontrar! Acredite mais em você. Acredite no seu potencial! Descubra logo esse ser maravilhoso que você é, viu?

Busque a alegria e viva com a sensação otimista daquele que sabe lutar sem esmorecimento!

"Não se pode ensinar tudo a alguém, pode-se apenas ajudá-lo a encontrar a si mesmo"

Mensagem de Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Ninguém pode oprimi-lo a não ser que você consinta



Há um poder enorme dentro de você e na medida que você se tornar consciente da verdade de quem você realmente é, esse poder vai aumentar!

Você é o criador, não a coisa criada. Você é o grande responsável pela sua própria vida! Quando você entender isto, terá condições de criar os recursos necessários para a sua vida. Todos os recursos!

O contato com seu próprio poder surge do reconhecimento de que você é a causa do seu modo de vida. Entende isso? Em algum momento de sua vida, certamente você sentiu o grande poder que você tem. É só analisar e ver que, se chegou até aqui, você é um grande vencedor, um merecedor, certo? Crie você mesmo condições para obter qualquer recurso que mais precisa para continuar a sua vida!

Nada de dar espaço para sentimentos de impotência, despreparo e de desamparo, tá? E quando se sentir assim, lembre nas conquistas, nos desafios que venceu. Lembre-se de que tem um Pai! E assuma totalmente as suas responsabilidades pelo seu viver!

Admita que ninguém pode oprimi-lo a não ser que você consinta! Portanto: valorize-se mais, aceite-se mais, ame-se mais! E mesmo quando estiver rodeado de negatividade, lembre-se que você dispõe de poder de programar a sua mente no sentido de tão somente captar o bem. Só o bem!

Torne-se um instrumento para o bem! Deixe que o Universo opere através de você! Talvez a sua missão de vida seja exatamente essa, viu?

Tenha sempre em mente que você tem capacidade de criar o seu próprio caminho! E tem mais: a divindade que há em você é a sua força! Procure ser positivo, autoconfiante e otimista! Transforme-se no próprio criador de sua vida e do seu mundo, tá?


"Pode quem acha que pode. E não pode quem acha que não pode."

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Construindo uma vida bem sucedida


No desafio de construir uma vida bem sucedida, alguns fatores são determinantes: a atitude que assumimos, o senso de oportunidade e a inteligência relacional, por exemplo. Antes de ver nossos sonhos trazidos à realidade do dia-a-dia, é preciso imaginá-los. O segundo passo é traçar um plano de ação, como fez o Gato de Botas. Está bem. Eu sei que o Gato não foi ético; usou astúcia e estratagemas. Mas foquemos no seguinte ponto: o famoso personagem dos contos de fadas traçou um "plano estratégico" para alcançar seu objetivo de viver comodamente, definindo suas necessidades e as ações devidas. Ou seja, o Gato tinha um plano e o executou. Antes de "sair pelo mundo em busca de aventuras", definiu exatamente, ou seja, imaginou onde queria chegar. O resultado é o "final feliz". Moral da história: uma atitude imaginativa é vital para o sucesso.

Mas como transformar a imaginação em ação, criando uma atitude que nos leve ao sucesso? Podemos definir sucesso como conseguir tudo aquilo que desejamos em vários aspectos de nossa vida. Sucesso inclui "vencer na vida", ser reconhecido como uma referência entre seus pares, auto-realização, ser amado, iluminação espiritual. E tudo mais que fizer parte de nossos anseios.

Pesquisas apontam que pessoas que conseguiram definir-se como bem sucedidas desenvolveram talentos variados que lhe dão certa completude. Aliam uma consciência crítica altamente desenvolvida a uma percepção holística da realidade. Em sua jornada pessoal, buscam cada vez mais qualidade de vida, o que implica no exercício de atividades voluntárias, na atuação como ser político, cidadão em sua comunidade e no sentimento de urgência em obter um significado para a própria vida, em esforço firme e ético para influenciar a realidade. Viver desta maneira os torna abertos, flexíveis a mudanças, dotando-os da tão necessária versatilidade agregada a comprometimento e resultados. Isto resulta na expressão do que podemos identificar como um conjunto de atitudes vencedoras.

Pessoas de sucesso que se tornam referência para outras pessoas desenvolvem, em geral, uma série muito particular de atitudes: são solidários, conectados, intuitivos, entusiásticos, perseverantes, sinérgicos. E alegres sempre, muito alegres, iluminando o ambiente onde quer que estejam. Exemplos são abundantes na história da humanidade. Quem pode se esquecer de Luther King, Capra, Chopra, Fernanda Montenegro, Tom Jobim. Vinícius e tantos outros que se tornaram referência em suas profissões tão distintas. Líder político, ator,músico, poeta, executivo, professor. Secretária, empreendedor, jornalista, pintor. Desenhista, médico, gestor. Não importa o ofício. Importa ser feliz e pleno.

Outra peculiar característica do ser humano bem sucedido é sua capacidade de perceber oportunidades. Isto está diretamente ligado ao que podemos chamar atitude perceptiva. Ser bem sucedido requer não apenas atitudes vencedoras e uma estratégia para pô-las em prática, mas também a consciência de que objetivo é um sonho com data marcada.

Ao estabelecer seus objetivos, pessoas de sucesso o fazem com a alegria e com a capacidade de maravilhamento do sonhador. O objetivo é a verdadeira bússola que aponta para o norte, o ponto de onde se vislumbra o sucesso. Como característica, ele deve ser sempre afirmativo e ecológico (ser isento de consequências negativas), específico e "circunstanciado" (ter prazo para a realização).

Por fim, todos aqueles que se percebem bem-sucedidos constroem ao seu redor uma comunidade da visão, em que sonhos, energias, talentos, competências, saberes e ações de cada um se somam ao do outro, criando um manancial de fluxo inesgotável. Uma forte egrégora. Cada membro da comunidade da visão sabe que relacionar-se com o outro é muito mais do que uma simples troca de cartão. Portanto, envolvem-se, relacionam-se, comprometem-se, partilham. Afinal, pessoas bem sucedidas não fazem network. Fazem amigos.

[...] Se quiser reescrever sua história é hora de se por a caminho. E, claro, precisando sopre um apito. Sempre pode aparecer uma fada.


Boa Jornada a todos.
Helena Gerenstadt
"Quem tem mais medo da mudança do que da desgraça, não tem mais remédio do que conformar-se com a opção da desgraça".
( Mário de Andrade)

Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2

Nome: Claudio Luiz Pacheco

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Como ocupar-se de si mesmo


"A maneira como você age quando está sozinho afeta o restante de sua vida", disse Chögyam Trungpa Rinpoche a seu filho Sakyong Mipham antes de sair para um retiro de meditação.

Em geral, temos (ou criamos) poucas oportunidades para estarmos sós. Estamos tão viciados nos estímulos do mundo externo que automaticamente nos ligamos a eles até mesmo quando estamos a sós.

Cada um sabe o que faz para manter-se ligado ao mundo externo quando está só: ver televisão, falar ao telefone ou entrar no Facebook... O ponto é que a maneira como nos ocupamos conosco é que nos leva a ter experiências de prazer ou de dor com o mundo externo.

Em geral, deixamos a mente solta como um cavalo selvagem que corre segundo seus hábitos e instintos. Se estamos habituados a sentir emoções negativas como raiva, medo ou ciúmes, não nos damos sequer a chance de sentir algo como confiança, empatia ou força de superação. Já nos sentimos derrotados no primeiro golpe.

O segredo está em saber se consultar internamente antes de agir impulsivamente. Quando tomamos as rédeas de nossa mente sem freios, desenvolvemos a capacidade tanto de intuir como de discriminar os sentimentos que devemos seguir e redirecionar aqueles que nos levam a agir gerando mais e mais sofrimento.

Jack Kornfield descreve em seu livro "Psicologia do Amor" (Ed Cultrix) os quatro princípios transformativos que o budismo nos inspira a seguir diante da dor emocional: reconhecimento, aceitação, investigação e não identificação.

Por exemplo, quando estamos irritados. O simples ato de reconhecer nossa irritação como um assunto de âmbito interno já nos liberta das expectativas alheias em nos acalmar.

A irritação é energia mal parada, mal elaborada, mal direcionada. Nossa mente fica oprimida, sem espaço, abafada. Sentimos calor e palpitações no coração. Qualquer estímulo surge como uma provocação: queremos distância, espaço e tempo! Ao nos darmos conta de nossa irritação como algo que precisamos resolver "em nossa própria casa" passamos de um estado estagnado para a liberdade de poder mudar.

Uma vez que reconhecemos onde estamos, não adianta querer sair correndo, como se fosse possível fugir de nós mesmos. Ao aceitar o que percebemos que está acontecendo em nosso interior, adquirimos um estado sutil de relaxamento que nos dá condições de olhar mais claramente onde nos encontramos.

Neste sentido, aceitar não significa acomodar-se à situação, mas, sim, posicionar-se diante de um novo ponto de partida.

Quando recuperamos a capacidade de ficar diante da emoção destrutiva, podemos observá-la. Investigar significa olhar mais plenamente tanto o que se passa em nosso corpo como em nossa mente.

Feche os olhos para perceber melhor a parte do corpo que está mais afetada com o sentimento de irritação. Enquanto respira, focalize essa região, abrindo-se para assistir aos pensamentos e sensações que surgem espontaneamente. Na medida em que reconhecemos nossos sentimentos, abrimo-nos novamente para aceitá-los. Em seguida, investigamos a natureza impermanente dessas emoções. Será que esta experiência é tão sólida quanto a que estamos sentindo? Sabemos que a irritação é um estado passageiro, por mais longo que ele dure. Ao investigar como nos fixamos a esta experiência, passamos a compreender como sair dela.

No momento em que deixamos de nos agarrar à emoção negativa como nossa única possibilidade de existência, passamos a não mais nos identificar com ela e, assim, completamos o ciclo de transformação.

Jack Kornfield esclarece: "A não identificação significa que paramos de considerar a experiência como 'minha'. Nós vemos como a nossa identificação cria dependência, ansiedade e inautenticidade. Ao praticar a não identificação, nós inquirimos em relação a cada estado, experiência e história: "Isso é o que eu realmente sou?' Nós vemos o caráter provisório dessa identidade. Então, estamos livres para abrir mão e repousar na própria atenção".

Seguindo estes quatro passos, podemos tornar nossos momentos de solidão em verdadeiros atos de transformação!

Bel Cesar
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2

Nome: Claudio Luiz Pacheco

Mentira, o germe que corrompe os laços


Embora não devesse ser comum, a atitude de esconder ou distorcer uma verdade acontece nos negócios, na política e, infelizmente, muitas vezes, também, entre pessoas cujo compromisso deveria estar fundamentado na transparência e na verdade. Muitos podem ser os motivos que levam alguém a usar da mentira como justificativa. Por mais inocente que esta possa aparentar, aquele que faz uso dela sabe perfeitamente sobre seus efeitos colaterais quando descobertos. Quase sempre, as consequências poderão ser maiores do que se imagina, gerando desconfiança e má fama.

Como todo vício, o ato de mentir se torna cada vez mais presente na vida daqueles que mal conseguem contar um fato sem acrescentar ou distorcer os detalhes sobre os acontecimentos. A pessoa se sente impelida a mentir até nos assuntos mais corriqueiros, e não faltará um acréscimo falso em seus argumentos.
Na verdade, a intenção de quem traz esse mau hábito está em tirar algum tipo de proveito, seja manipulando uma informação que lhe possa ser favorável, seja, simplesmente, atraindo a atenção se passando por alguém muito “antenado”.

Nas conversas, acreditando tornar o assunto mais interessante ou na tentativa de ser mais convincente no relato, uma pitadinha de mentira sempre será aplicada.
Diz o ditado popular que a mentira tem pernas curtas. Noutros tempos, tal ditado até poderia ser um artifício para alguém que se sentisse seduzido pelo desejo de “maquiar” a verdade. Certamente, essas palavras tinham a intenção de evitar a popularidade da mentira. Mas quem de nós já não lançou mão de uma falsa verdade?

Se, hoje, isso não acontece mais, podemos nos lembrar do tempo de criança, quando, para evitar as consequências de uma travessura, já usávamos da pouca capacidade infantil para manipular a verdade.
À medida que fomos crescendo, esses artifícios de convencimento, ou seja, a mentira, potencializaram-se por várias ocasiões e foram adquirindo sinônimos, como “mentirinha santa”, “meia verdade”, “mentir por uma boa causa”, entre outros… E a maior dificuldade para aquele que mente é contar sempre a mesma história a fim de não cair em contradição quando questionado.

Percebemos que a credibilidade de determinado político não é alta, porque seus eleitores pouco a pouco foram se decepcionando com suas mentiras e dissimulações.
Seja entre amigos, namorados ou casais precisamos sempre trabalhar pela manutenção da verdade, pois os mesmos efeitos maléficos desse vício também podem acontecer dentro desses relacionamentos.

Para aquele que é habituado a incrementar ou distorcer um fato, a melhor prática de se corrigir será a de limitar-se apenas a comentar o essencial sobre o assunto; sem procurar ser “o mais bem informado”, o privilegiado ou favorecer-se de qualquer tipo de vantagem, a partir desse tipo de manipulação [da verdade]. Para alguns casos, em que o hábito da dissimulação é constante, talvez seja necessário procurar por ajuda de um profissional, pois algo muito sério pode estar acontecendo na personalidade dessa pessoa.

Não há nada que seja feito às escondidas que não será revelado na luz. Aquele que procura distorcer uma verdade, alega quase sempre que os fins justificam os meios. Contudo, o grande problema da mentira está na decepção causada naquele que depositava franca confiança no mentiroso; e tudo aquilo que poderia ser de mais sagrado num relacionamento se rompe quando a verdade deixa de ser importante entre as pessoas.
Precisamos estar atentos para que o costume de trair a verdade não venha a se aninhar em nossos comportamentos.

Dado Moura
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sábado, 21 de fevereiro de 2015

O amor conhece o começo, mas não conhece o final.


Não estou dizendo que o amor é destruído pelo casamento. O amor é destruído por pessoas que não sabem amar. O amor é destruído porque o amor não está em primeiro lugar. Você tem vivido em um sonho. A realidade destrói esse sonho.
Caso contrário, o amor é algo eterno, parte da eternidade. Se você crescer, se você conhecer a arte, e você aceitar as realidades da vida amorosa, então, ele vai crescendo a cada dia. Casamento se torna uma tremenda oportunidade para crescer em amor.

Nada pode destruir o amor. Se ele estiver lá, ele vai crescendo. Mas o meu sentimento é, ele não está lá em primeiro lugar. Você entendeu mal a si mesmo, algo mais estava lá. Talvez o sexo estava lá, o sex appeal estava lá. Em seguida, ele vai ser destruído, porque uma vez que você amou uma mulher, então, a atração sexual desaparece, porque o apelo sexual é apenas com o desconhecido.
Depois de ter provado o corpo da mulher ou do homem, então a atração sexual desaparece. Se o seu amor era apenas atração sexual, então é fadado a desaparecer. Por isso, nunca entenda o amor como outra coisa. Se o amor é realmente amor...

O que quero dizer quando digo realmente amor? Quero dizer que apenas estar na presença do outro, de repente você se sente feliz, basta estarem juntos, você se sente em êxtase, apenas a presença do outro preenche algo no fundo do seu coração... algo começa a cantar em seu coração, você entra em harmonia. Apenas a presença do outro ajuda-os a estarem juntos; você se torna mais individual, mais centrado, mais enraizado.
Então, é amor.

O amor não é uma paixão, o amor não é uma emoção. O amor é uma compreensão muito profunda de que alguém, de alguma forma, completa você. Alguém faz um círculo completo. A presença do outro aumenta a sua presença. O amor dá liberdade para ser você mesmo, não é possessividade.

Portanto, preste atenção. Nunca pense no sexo como amor, senão você vai ser enganado. Esteja alerta, e quando você começa a sentir que apenas a presença de alguém, a pura presença -nada mais, nada mais é necessário, você não pede nada- apenas a presença, apenas o que outro é, é o suficiente para fazê-lo feliz... algo começa a florescer dentro de você, mil e uma flores de lótus... então, você está no amor e, então, você pode passar por todas as dificuldades que a realidade cria.
Muitas angústias, ansiedades -você será capaz de passar todas elas-, e seu amor florescerá mais e mais, porque todas essas situações vão se tornar desafios. E seu amor, por superá-los, vai se tornar mais e mais forte.

O amor é eternidade. Se ele estiver aí, então, ele vai crescendo e crescendo...
O amor conhece o começo, mas não conhece o final.
Osho, A Disciplina da Transcendência.

Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Decida-se sobre o que você quer fazer e vá em frente!


Nossa, como o tempo voa! Como a vida passa rápido!

A vida passa rápido quando você está cheio de alegria, de felicidade, dando o melhor de si! A vida passa rapidinho quando o seu coração está focado no bem!

Mas saiba aproveitar a cada minuto, a cada instante, tá? Tudo é muito precioso! Seja sempre alegre e otimista! Olhe lá na frente e caminhe com toda confiança praticando o bem e ajudando a todo mundo. Tenha para todos um sorriso de bondade, de carinho, de compreensão!

Apesar de você depender do tempo, não permita que ele se torne um fardo em sua vida, viu? Não permita que o tempo te desanime! Tem tempo para tudo, para tudo que você quiser fazer! É só uma questão de planejamento, de paciência, de perseverança, de desejo e de sonho!

Todos nós temos a mesma quantidade de tempo disponível, mas o importante é a maneira como o usa! Por isso, não fique se queixando! Nem de seu fardo, da sua cruz e nem do tempo que passa rápido ou devagar demais! Talvez esse seja o primeiro passo para você dar uma virada na sua vida no que diz respeito a esse tema, né? Troque a queixa por ação, por atitude!

Nunca seja um escravo do tempo! Nunca seja escravo de nada! Nem dos modismos! Faça com que o tempo te sirva. Isso mesmo: o tempo deve te servir e não você a ele, tá? Decida-se sobre o que você quer fazer e vá em frente! Você verá que terá tempo suficiente para fazer tudo na vida. E com amor e alegria, ok?

“A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego: de tanto rir, de surpresa, de êxtase, de felicidade...”

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Uma Prova de Amor


Para saber se existe amor entre duas pessoas não é necessário fazer alguns testes. Um relacionamento verdadeiro não altera nosso organismo a ponto de algo ser detectado num exame laboratorial, nem pode ser medido pela quantidade de presentes valiosos que recebemos. Podemos nos encantar com a beleza de alguém, mas seus atributos e sua performance na intimidade não nos garantem que tal pessoa seja aquela que esperamos ser o (a) esposo (a) perfeito (a).

Quando compramos um produto, queremos nos certificar da garantia de qualidade desse item que estamos levando para casa. Contudo, num relacionamento a dois, a garantia de estarmos sendo correspondidos não se dará por meio de loucas manifestações de amor em público ou da pressão psicológica do namorado que insiste em querer uma “prova de amor”. Qualquer proposta que desrespeite os direitos da outra pessoa apenas reforça a imaturidade do relacionamento e também da pessoa que exige tal comprovação. Há outras maneiras de provar que amamos alguém sem usar as palavras ou forçar uma situação na qual apenas um seja beneficiado.

A atenção e o zelo pelo outro tendem a colocar a pessoa amada sempre em primeiro lugar. Entre casais que dizem se amar não pode haver sentimentos ou atitudes de egoísmo. Há namorados que poderiam afirmar milhões de vezes amar a namorada, entretanto, nem sempre seus gestos refletem o que é falado, pois, com atitudes, muitas vezes, grosseiras, expõem-na a situações vexatórias, tanto em gestos como em palavras. Alguns nem mesmo se preocupam em reservar momentos oportunos para tratar de assuntos que dizem respeito somente ao casal. Em algumas circunstâncias, tratam a pessoa amada como alguém sem direito a expressar sua vontade ou opinião. Há outros ainda que tentam convencer a namorada de que, para provar o seu amor, eles deveriam viver a intimidade.

Um namorado honesto não vai exigir da namorada nada em troca para que ele possa amá-la ou respeitá-la ainda mais.

Se o namorado deseja provar seu amor para a namorada ou vice-versa, penso que melhor seria, para ambos, aprenderem a ser suportes um para o outro, especialmente quando a pessoa amada não estiver vivendo uma boa fase em sua vida. Que o casal de namorados saiba ouvir ou procure entender o momento que o (a) outro (a) está vivendo ou, se for necessário, até mesmo adverti-lo (a) quando houver divergência de opiniões; porque nem sempre ele ou ela é o dono da verdade. Quem ama cuida e deseja o melhor para o outro. Se uma correção pode ajudar no crescimento da pessoa, por que não fazê-la?
A prova de que somos realmente amados aparecerá no crescimento e na maturidade que o namoro traz para a nossa vida.

Parafraseando a amiga Márcia Cohen, a melhor prova de amor que alguém poderia conceder à namorada seria, primeiramente, provar que a ama não pedindo nada como comprovação ou troca.
Que os gestos de afabilidade e carinho sobressaiam e provem por si que você é a pessoa que a namorada esperava encontrar. Do contrário, ainda que fosse dada uma prova de amor, essa pessoa não seria a mais indicada com quem ela gostaria de fazer seus votos eternos para a vida conjugal.

Um abraço,

Dado Moura
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

A Superação de Nossos Problemas


Diante dos inesperados acontecimentos que surgem em nossas relações, aprendemos que, somente a partir deles, vamos crescer e amadurecer dentro de nossos relacionamentos.
É bom saber que crise alguma dura para sempre, tampouco é inédita. E para o nosso conforto, de alguma forma, sempre haverá perto de nós alguém que já tenha vivido uma história tão delicada quanto a nossa e, que tendo enfrentado situações semelhantes, apesar de toda dificuldade, naquele momento conseguiu encontrar soluções alternativas, fazendo dessa experiência uma lição de vida.

Assim, para aqueles que estão envoltos nos ventos das adversidades, fica a certeza de que também será possível vencê-las tomando como estímulo a história de superação de outras pessoas que passaram provações. Isso não significa que os procedimentos que alguém tenha tomado para resolver um impasse seja exatamente o que precisaremos fazer.
As pessoas são diferentes, trazem hábitos e comportamentos próprios, dessa forma, aquelas atitudes que foram assumidas por outras pessoas poderão nos servir apenas como pistas para as alternativas que podemos optar diante do nosso problema. Contudo, conhecer outras histórias de superação nos enche da certeza de que também seremos capazes de vencer nossos obstáculos e dilemas que, por ora, enfrentamos nos desafios da nossa convivência.

Para essa retomada da esperança diante das adversidades, basta recobrar outros momentos de nossa história, quando, naquela ocasião, determinado problema nos parecia também não ter solução. Se as crises financeiras que atingiram alguns países os fizeram fortes após uma nova atitude e investidas para sair dos problemas; o mesmo acontece em nossas vidas, quando nos colocamos dispostos a viver o resgate dos laços dos nossos relacionamentos.

Lembremo-nos de alguns impasses que foram superados há 2 ou 3 anos… Quem sabe não encontremos outros que tenham sido recentemente superados. Para todos eles a solução comum para o problema foi a descoberta de que a resposta estava simplesmente no desejo de recomeçar.

Todas essas fases foram vencidas e, hoje, essas histórias fazem parte de mais um capítulo que vai compor o nosso filme autobiográfico das “causas superadas”. Talvez, no futuro, poucas pessoas venham a se interessar em assistir o nosso “filme”, mas as lembranças dos acontecimentos, os quais um dia foram superados, não permitirão que o desânimo nos faça desistir do propósito de viver um “longa-metragem” com quem escolhemos contracenar nesta vida.

Um abraço

Dado Moura
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

A vida se mantém e se alimenta através do amor incondicional


  Experimente se dar mais, se doar mais às pessoas! Experimente dar mais de si com generosidade, com ternura! E constate que mais você terá para dar e que não vai fazer falta e nem esgotar seu estoque de generosidade, viu? Pelo contrário, vai aumentar a sua capacidade de amar e de ser feliz!

Essa é uma grande verdade que deve ser experimentada por você, principalmente nesses dias atuais. Sabe por que? Porque viemos a esta terra para servir uns aos outros. Pode reparar que a felicidade da gente sempre esteve ligada à felicidade de outras pessoas: nossos pais, nossos filhos, nossos irmãos, nossos conjuges, nossos amigos, nossos companheiros de trabalho. Ou você é do tipo que, de tão cego, "não está nem aí" com o próximo?

A vida se mantém e se alimenta através do amor incondicional, sabia? Talvez esteja se sentindo fraco porque não tem se alimentado com esse tipo de amor, viu? Dar e receber, tá? Permita-se sempre amar e ser amado!

Sempre vai existir alguém a quem você pode servir e alguém que está igualmente pronto a servi-lo. Como numa escada, quando empurramos nosso próximo um degrau acima, somos, ao mesmo tempo, ajudados a subir por alguém que está um pouco mais abaixo. Ajudando-nos uns aos outros, todos poderemos alcançar juntos uma vida melhor. Todos!

Compreenda que você está a serviço do planeta e de seus habitantes. Sinta-se útil, pô! O que importa de verdade é você com você mesmo. É a motivação que você pode sentir no ato de servir. Um simples sorriso, um "bom dia" oferecido, com amor, a um estranho pode provocar uma enorme diferença no dia dessa pessoa, sabia?

Nenhum gesto de bondade, é desperdiçado, por menor que seja. Quanto mais você dá, mais terá para dar. E mais terá para receber! É contagioso isso, sabia?

Para onde quer que você olhe, sempre verá oportunidades de servir. Dê simplesmente pela alegria de dar e deseje êxito e sorte para todas as pessoas que conhece, ok? Essa é a tal da " Corrente do Bem". Vem fazer parte dela junto comigo, vem!

Bom Dia! Bom divertimento! Fique com Deus!

"Nunca esqueça de que quem ajuda ao próximo está, na realidade, ajudando a sim mesmo"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Excesso de ansiedade pode estragar o que mal começou


Quando um relacionamento está começando ou para começar, a maioria das pessoas costuma se encher de ansiedade, expectativas e até ilusões sobre o que pode acontecer. Sim, eu disse "pode". Assim como também pode ser que não aconteça. Ou seja, enquanto não tivermos "bola de cristal", não temos como prever o futuro. Não temos certezas nem garantias.

Sendo assim, relacionar-se é um exercício, uma possibilidade, um risco, uma tentativa. E é justamente por saber disso que muitas pessoas se deixam afogar pelo medo de que as coisas não aconteçam como elas gostariam.

Inconscientemente, para aplacar esses sentimentos tão incômodos, tentam driblá-los criando expectativas e ilusões. Mas nem se dão conta de que o excesso de pensamentos e a tentativa de controlar seus desejos só servem para gerar mais e mais ansiedade.

Daí, resta aquela sensação de urgência, aquele "buraco no estômago". O coração acelera, o humor fica instável e todo o corpo parece se mobilizar na tentativa de acelerar o mundo, as pessoas, a relação, os resultados desejados!

Cuidado! É exatamente por causa desta mania de idealizar o outro e o amor, de querer garantir que tudo se desenrole com perfeição, que a maioria das pessoas termina estragando o que mal começou.

Claro! Esta urgência que é alimentada internamente e, na maioria das vezes, inconscientemente, transforma-se em insegurança e, por conseguinte, em cobrança, em pressão, em necessidades exageradas. Enfim, transforma-se em tensão, peso, chatice...

O que deveria ser um tempo de prazer, leveza, diversão, muita conversa... tempo de se conhecerem melhor e rirem juntos de si mesmos e da vida, passa a provocar em ambos a impressão de que estão vivendo numa contagem regressiva para a explosão de uma bomba-relógio.

Assim não dá! Não há quem agüente por muito tempo... E o final dessa história é aquela triste sensação de que "tinham tudo para dar certo, mas... não se sabe por que, deu errado!". Será que não é hora de parar e refletir sobre o quanto você está confiando em si mesmo, na vida e no fluxo do universo?

Será que você não está criando qualidades e vendo coisas que nem existem? Será que o outro é real ou é invenção da sua cabeça? Sim, porque tem gente que, de tão ansiosa, termina enxergando príncipes e princesas onde só existem pessoas. Pessoas normais, imperfeitas, com seus medos e desejos... e que têm limites e que se assustam com tantas idealizações e expectativas, e que só querem, no final das contas, uma chance para ser feliz...

Sim, eu sei. Na teoria, é exatamente isso que você quer também! Mas é preciso agir, na prática, com essa mesma lógica. Se você quer uma chance, se dê uma chance! Se você quer ser feliz, aja como quem é feliz. Se você quer que essa relação dê certo, pare de tentar acelerar os acontecimentos e deixe rolar!

Isso! Deixe rolar... deixe acontecer... vá se colocando aos poucos, falando sobre você, o que sente e quer... Mas pare de transformar essa possibilidade numa espécie de ameaça. Senão, em vez de ser feliz, você e a pessoa amada conseguirão apenas viver à beira de um ataque de nervos! E amor não tem nada a ver com isso...

Rosana Braga
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Receba com alegria toda mudança em sua vida


Como você está reagindo a estes tempo de mudanças? Percebeu a rapidez com que tudo está mudando?

Sabe dizer qual o motivo principal do ritmo de vida estar cada vez mais acelerado? Você deve ter os seus, certo? Mas na verdade o que está acontecendo mesmo é uma revolução em tudo. E você está presente e é testemunha viva de todas essas transformações e mudanças!

Percebeu como o nosso ritmo de vida está cada vez mais rápido, mais acelerado? Estamos avançando velozmente para uma nova era de percepção e consciência e nem estamos dando conta disso! Fique mais atento e veja quantas coisas estão diferentes de uns anos pra cá! A começar por você! E nada fica fora dessa transformação. Ninguém sabe o que irá acontecer de um dia para outro.

Por isso é que devemos aproveitar bem o momento presente. É exatamente por isso que devemos viver como se fosse o último dia de nossas vidas. Viver para amar, compreender, ajudar, fazer diferença na vida das pessoas que ainda não entenderam a vida!

Faça aumentar suas vibrações positivas e entre em sintonia com o Universo. Saiba que todas as células de seu corpo passam por transformações e mudanças. Conhecimentos que antes precisam de semanas, meses e até anos para serem apreendidos são agora assimilados em questão de dias, horas ou às vezes segundos.

Olhe para a sua vida e perceba que você já não é a mesma pessoa que era no passado, ou mesmo na semana passada. Administre o seu viver fazendo com que velhos hábitos e estruturas mentais negativas possam ser descartados e trocados. Você pode se transformar num "piscar de olhos". É só querer, viu?

Alegre-se com a sua vida, seu momento e com esse tempo novo e admirável. Faça a sua parte! Estamos juntos nessa, viu? Vamos juntos, você e eu nos abrindo para essa mudança e deixemos que ela nos transporte para um futuro luminoso, amoroso, alegre, bondoso e humano, tá?

Entregue-se e deixe que o Universo te guie. Receba com alegria toda mudança em sua vida. Todos os dias, em todos os aspectos, você pode se sentir cada vez melhor. Liberte-se do passado para dar lugar a um presente glorioso! Continue com o propósito de crescer e de se elevar como um ser maravilhoso e poderoso que você sabe que é!

"Quer mesmo saber como mudar a sua vida? Mude sua maneira de pensar"

Luis Carlos Mazzini
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Busque o bem. Pense o bem. Deseje o bem!


Sua vida merece uma atitude! Sempre merece! Pois é sabido que você é aquilo que pensa, aquilo que faz, aquilo que come.... então nada mais justo do que ser uma pessoa de atitudes boas. Certo? Certíssimo!

Quem pensa demais em alguma coisa acaba se identificando com ela, sabia? Água mole em pedra dura tanto bate até que fura! Esses antigas frases expressam uma verdade: a de que o pensamento é criativo e muito poderoso!

Esteja mais atento com os seus pensamentos. Escute mais as palavras que está dizendo. Olhe mais pra dentro de você! Olhe para as coisas que estão a seu redor. Tudo isso pertence ao seu universo e está revelando alguma coisa. Tudo tem energia e tudo tem origem no reino do pensamento!

Você cria o seu próprio mundo através das idéias que tem e que concebe. Reescreva toda a sua vida. Desamarre-se e tenha uma atitude de coragem, de firmeza. Vamos, você merece! Sua vida é sagrada, é única, é valiosa e merece o melhor de você!

Comece agora mesmo a emitir pensamentos positivos, bons, amorosos. Comece a esperar pelo bem das pessoas. Está esperando o que para amar as pessoas?

Lembre-se também que os semelhantes se atraem. Portanto, esta força também pode trabalhar por você! Busque o bem. Pense o bem. Deseje o bem.

É você o maior responsável pela guarda daquilo que entra e sai da sua mente!

Coloque vida, luzes e cores na sua vida! Cuide, para que na sua mente só as coisas boas sejam admitidas. Encha a sua mente de pensamentos positivos, agradáveis, alegres e sadios. Pense na alegria que há em você, na alegria que você pode criar pra você e para os outros.

Acredite sempre no melhor! Sinta a luz do sol, mesmo quando o céu está carregado de nuvens, ok

"É você que escolhe se vai viver alegre e feliz ou não"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

Vá, faça e aconteça!



Aproveite hoje para começar a vencer todos os seus medos! Tudo aquilo que está te impedindo de ser totalmente feliz! Aqueles mesmos medos que estão sempre impedindo de realizar seus sonhos.

Não queira mais viver pela metade permitindo que o medo fale mais alto. Deixe sim, a sua vontade de viver plenamente e de ser feliz ser a mais forte na jogada!

Encare de frente a sua realidade, os seus desafios! Encare de frente os seus fantasmas! E pare de sentir receio de fracassar! Pare de sentir falta de coragem para viver o novo! Pare já de sentir medo do desconhecido! Pare de sentir medo de errar!

Seja mais você e reveja as suas desculpas. Jogue-as no lixo e sinta-se fortalecido para viver o que for preciso. Você é um ser superior, viu? Você já chegou a esse mundo dotado de virtudes, qualidades e dons! E tem mais: é o mais amado de todas as espécies de seres vivos!

Por que deixar que a porcaria do medo nivele a sua vida por baixo?

Vamos, força! Nunca mais dê tantos poderes assim aos seus medos imaginários. De agora em diante, não mais permita que qualquer medo perturbe a sua vida, deixando de fazer as coisas como precisam ser feitas, ok? Exorcize seus fantasmas que tanto prejudicam o seu viver. Acabe você com o medo e não ele com você, ok? Afinal, você é um ser humano insubstituível e poderoso! Vá, faça e aconteça! Seja corajoso, sempre!

Abra você mesmo as portas que conduzem à liberdade! Lembra da história da porta temida pelos prisioneiros do rei que dizia assim: você prefere morrer aqui ou abrir a porta? E o que tinha atrás daquela assustadora porta? A liberdade! Exatamente isso é o que há depois do medo vencido: a liberdade!
Bom Dia! Bom Divertimeno! E de coração aberto e fraterno, desejo que você se disponha a vencer tudo aquilo que o impede de sonhar e realizar!

"Faça tudo para ser feliz.
Realize tudo com emoção, com sentimento e afaste de vez o medo de sua vida"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Amor, Sexo ou Dinheiro: O que é mais Importante?


Como saber qual o melhor caminho a seguir para atingirmos o estado de plena felicidade? Temos sido estimulados a pensar que, hoje em dia, podemos alcançar essa permanente harmonia graças aos enormes avanços da tecnologia – e a consequente revolução de costumes – que nos permite viver com muito mais conforto e liberdade que nossos ancestrais. Aprendemos a acreditar que o “paraíso” é aqui mesmo!

Nossas observações e sentimentos estão em franca oposição a expressões do tipo: “dinheiro não traz felicidade”; ou “sexo não é tão essencial para uma boa vida conjugal”; ou ainda “é perfeitamente possível ser feliz sozinho”. Notamos o olhar e a expressão de alegria dos casais apaixonados e queremos vivenciar o mesmo que eles. Somos informados acerca do “glamour” que cerca a vida daqueles que são ricos e famosos e não podemos deixar de pensar que estão experimentando momentos de grande felicidade. Quanto ao sexo então, morremos de inveja dos mais livres e desinibidos, os que são sedutores e tem sucesso nas conquistas; imaginamos que seus relacionamentos íntimos são de uma intensidade que jamais tivemos a oportunidade de alcançar.

Por onde começar? Devemos buscar primeiro o amor ou o dinheiro? Qual deles é mais importante para nossa felicidade? E o sexo, como participa dessa equação? Penso que uma boa resposta é a seguinte: o mais importante é aquilo que está faltando! Se não temos nada, tudo é igualmente importante. Se temos um bom parceiro amoroso e pouco dinheiro, esse será o ingrediente mais valorizado. Nosso psiquismo é curioso: se ocupa principalmente daquilo que não está indo bem; parece que foi forjado com o objetivo de resolver problemas. Se estivermos doentes, só nos interessaremos em recuperar a saúde e só nisso pensaremos. O mesmo vale para os apuros financeiros ou para a sensação de solidão. Ao recobrarmos a saúde – assim como a estabilidade material – ou ao reatarmos com nosso parceiro, imediatamente nos desinteressaremos desses assuntos.

Pessoas que têm uma vida sexual pobre e repetitiva anseiam, mais do que tudo, com um cotidiano erotizado e voluptuoso. Ao contrário do que acontece com o amor, parece que o dinheiro nunca é suficiente; por causa da competição material que vivemos, quase todos temos a sensação de que somos perdedores em relação a alguns conhecidos. Quem tem riqueza mas não tem amor acha que o dinheiro não serve para grande coisa sem que se tenha um bom parceiro. Agora, se o dinheiro faltar, ele volta imediatamente a ser tremendamente importante.

O fato é que nossos anseios não são permutáveis, ou seja, a falta de amor ou sexo não se resolve com “doses” altas de dinheiro ou prestígio, e vice versa. É como no organismo, onde a deficiência de vitamina B não se atenua com doses altas de vitamina C. Necessitamos de um pouco de cada ingrediente. Um alerta final: ao sonharmos com o que nos falta imaginamos alegrias que, se acontecerem, durarão muito pouco tempo. Nossa felicidade só é plena durante um período, o da transição para a situação melhor. Depois nos habituamos e tudo é vivenciado como trivial. A boa notícia é que o mesmo vale para os acontecimentos negativos, quando a dor da perda também só é máxima durante a transição.

Flávio Gikovate
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2

Nome: Claudio Luiz Pacheco

Observe você não os outros....



"...Encontrar o observador em sua pureza é a maior conquista na espiritualidade, pois o observador em você é a sua própria alma, a sua imortalidade. Mas nunca, por um único momento, pense "Eu o peguei", pois esse é o momento em que você erra o alvo.

Observar é um processo eterno; você sempre vai se aprofundando, mas nunca chega ao fim, no qual possa dizer: "Eu o peguei". Na verdade, quanto mais fundo você for, mais fica consciente de que entrou num processo eterno, sem nenhum começo e nenhum fim.

Mas as pessoas estão observando somente os outros; elas nunca se importam em observar a si mesmas. Todo mundo está observando - este é o observar mais superficial - o que o outro está fazendo, o que o outro está vestindo, como ele aparenta.

...Todo mundo está observando; o observar não é algo novo a ser introduzido em sua vida. Ele apenas precisa ser aprofundado, tirar dos outros e direcionar aos seus próprios sentimentos interiores, pensamentos, estados de ânimo e, finalmente, ao próprio observador.

...Use essa energia da observação para uma transformação de seu ser. Isso pode trazer para você tanta bem-aventurança e tanta bênção que você nem mesmo pode sonhar a respeito. Um processo simples, mas uma vez que você comece a usá-lo em você mesmo, ele se torna uma meditação.

Pode-se fazer meditações a partir de qualquer coisa. Qualquer coisa que o leva a você mesmo é meditação. E é imensamente significativo encontrar sua própria meditação, pois nesse próprio encontrar você encontrará imensa alegria. E porque é o seu próprio encontrar, e não algum ritual imposto sobre você, você adorará entrar fundo nela.
Quanto mais fundo você entrar nela, mais feliz você se sentirá - tranqüilo, mais silencioso, mais integrado, mais majestoso, mais gracioso.
Todos vocês conhecem o observar, então, não se trata de aprendê-lo; é apenas uma questão de mudar o objeto de observação; faça isso.

Observe o seu corpo e você ficará surpreso. Posso mover minha mão sem consciência e posso movê-la com consciência. Você não perceberá a diferença, mas eu posso sentir a diferença. Quando a movo com consciência, há uma graça e uma beleza nela, uma serenidade e um silêncio. Você pode caminhar estando atento a cada passo; isso lhe dará todo o benefício que o caminhar pode lhe dar como exercício, mais o benefício de uma meditação simples fantástica.

...Você não deveria deixar passar inconscientemente nem mesmo um único momento. A observação afiará a sua consciência. Essa é a religião essencial, e tudo o mais é apenas conversa.

...se você puder fazer somente a observação, nada mais é necessário.
Meu esforço aqui é fazer a religião tão simples quanto possível. Todas as religiões fizeram justamente o oposto: elas fizeram as coisas muito complexas, tão complexas que as pessoas nem ao menos tentaram"

OSHO - The Golden Future
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

É fato: se você não se enxerga, também não se mostra!


Esse papo de que a gente precisa primeiro se amar para somente depois se tornar aprazível ao amor do outro é, na teoria, bem simples de entender. Mais ou menos como quando a gente viaja de avião e, antes mesmo de decolar, os comissários se apressam em avisar: "Em caso de despressurização da cabine, máscaras de oxigênio cairão automaticamente à sua frente. Coloque primeiro a sua e somente depois auxilie quem estiver ao seu lado". Ou seja, se você não se der conta de que precisa cuidar, antes de tudo, de si mesmo, não estará apto a cuidar do outro e nem despertará nele o desejo de cuidar de você. Em outras palavras, caímos no famoso dito popular: "se você não se amar, ninguém mais vai amar".

Sim, eu sei, na prática não é tão simples. Tem a ver com autoconhecimento, autoestima e noção de merecimento. Tem a ver com o modo como você se enxerga. É tudo muito sutil, um tanto inconsciente, mas acredite: funciona exatamente assim! Enquanto você não conseguir se enxergar como uma pessoa bacana, gente boa mesmo, que tem uma beleza autêntica e interessante, que pode se tornar mais e mais atraente, tanto por dentro quanto por fora, não vai convencer ninguém de que vale a pena ser amada. Simplesmente porque nem você consegue fazer isso. Não consegue se amar. Não encontra motivos suficientes para isso. Daí, jamais terá condições de reconhecer o amor que o outro pode lhe dar.

Sendo assim, o primeiro passo é descobrir as razões que a torna uma pessoa que vale a pena ser amada. Talvez facilite se você pensar em alguém que realmente acredita que merece. Quem você diria que, se fosse como ela, certamente seria amada? Quais qualidades essa pessoa tem, tanto internas quanto externas? Por que ela é admirável e encantadora? Quais características lhe parecem tão sedutoras? Tome-a como um modelo, mas nunca, jamais, queira ser exatamente como ela! Você não é e nunca será, felizmente. Nosso maior trunfo é sermos singulares e complementares. Se fôssemos todos iguais, o mundo seria uma grande chatice, pode apostar!

Agora, pegue uma folha e anote tudo o que você precisa melhorar. Por exemplo: cabelo, pernas, pele, humor, jeito de falar, tolerância, falar menos, ouvir mais, não levar tudo tão a sério, ser menos defendido, mais carinhoso, mais divertido... Você sabe! Se estiver realmente disposto a gostar mais de si mesmo, certamente vai se empenhar para se tornar gostável. Peça aos amigos para lhe contar ao menos uma característica sua que poderia ser melhor. E seja inteligente para aproveitar. Não tome tudo como uma crítica. Ouça como uma oportunidade de crescer, evoluir.

E assim, lapidando seu corpo e sua alma, como um processo, uma reforma de si mesmo, estou certa de que, dia após dia, você vai se apaixonar por quem é, por quem você sempre foi, mas se deixou perder em meio a tantos medos e defesas. E quanto mais se olhar diante do espelho e se admirar, mais encontrará seu lugar no mundo. E mais digna e elegantemente o ocupará. E mais certeza terá de que, apesar de não ser amado por todos - porque ninguém é unânime - será amado por quem tiver de ser. Por quem for compatível. Por almas afins, que se identificam e se complementam.

Amar a si mesmo é um exercício de auto-conquista diário. Do mesmo modo que você ama o outro pelo que ele faz você sentir, também se ama (ou não) pelos sentimentos e sensações capaz de se provocar. E é isso, exatamente isso, que faz com que o outro também se apaixone por você, ou não... Tudo vai depender não de procurar a pessoa certa, mas de se tornar a pessoa certa! Não de amar o outro para então ser amado, mas de se amar para então ser amado pelo outro e, em contrapartida, oferecer a ele o seu melhor e mais lapidado amor!

Rosana Braga
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Elogio, um remédio que cura


Todos nós, de alguma maneira, buscamos compensação para aquilo que fazemos. Nem sempre essas compensações precisam vir de um bem material.

Muitas vezes, saltam aos nossos olhos apenas os defeitos de quem está ao nosso lado, e, raramente, tecemos algum comentário sobre suas qualidades.
As críticas – especialmente quando falta o bom senso nas palavras – tendem a criar uma barreira entre o casal. E a pessoa, por medo de ser novamente repreendida em seus atos, sente-se inferiorizada e, consequentemente, mais insegura, até mesmo diante daquele que poderia ser o seu apoio.

Em nossos relacionamentos, muitas promessas de mudança de comportamento, certamente, já tenham sido feitas, mas, infelizmente, poucas vezes cumpridas. Fazer uma série de cobranças a respeito daquilo que o outro não conseguiu, por via de regra, acaba se transformando em discussões que, raramente, poderão trazer algum resultado, exceto dores de cabeça e estresse.
Ofuscada pelas decepções, a pessoa criticada se sente a menor das criaturas e incapaz perante o outro. De forma que definir novas estratégias, para restabelecer a vontade em continuar com aquilo que lhe era um desafio, torna-se pesado demais…

Consequentemente, a decepção e toda uma carga de maus sentimentos parecem lançar por terra aqueles esforços investidos no compromisso. Assim como as más palavras destroem um caráter e corrompem as sementes das virtudes; as palavras cheias de benevolência aumentam nossa auto-estima, robustecem nossa autoconfiança e, de maneira especial, fortalecem nossos vínculos – muito mais do que bens ou presentes poderiam fazê-lo.

Algumas situações podem ter outro desfecho, quando elogiamos, sinceramente, as pessoas naquilo que para elas tem sido motivo de esforços.

Todos nós, de alguma maneira, buscamos compensação para aquilo que fazemos. Nem sempre essas compensações precisam vir de um bem material.
Talvez, o início para se alcançar o cumprimento das metas e objetivos, numa vida a dois, esteja contido nas palavras mútuas de encorajamento ou em simples elogios, mesmo quando aquilo que foi prometido, anteriormente, tenha manifestado pequenos sinais de mudança.

Todos nós temos qualidades e podemos enaltecê-las por meio de elogios sem frisar tanto os defeitos, pois, se a pessoa que convive conosco mal percebe nossas qualidades, de quem poderíamos esperar tal reconhecimento?
O elogio faz com que a pessoa perceba que é notada e, uma vez valorizada, sua auto-estima cresce e tudo contribui para fortalecer os vínculos entre o casal.
Na verdade, estamos, por intermédio das palavras, encorajando nossa (o) companheira (o) a se empenhar ainda mais naquilo que ela (ele) está buscando ou se esmerar em outras tarefas, ratificando pelas palavras, o nosso voto de confiança.

Não se trata de fazer elogios vazios, faltando com a sinceridade.
Para a pessoa que amamos, os elogios são indicadores de que nos importamos com ela e queremos o seu crescimento. São práticas simples e eficazes que não nos custam nada. Isso nada tem a ver com bajulação, que, frequentemente, pode não passar de uma tentativa de manipulação das coisas ou situações para se obter certo benefício.

Não precisamos esperar nobres gestos para elogiar alguém que esteja ao nosso lado. Pequenos e sinceros comentários podem tornar o dia de quem amamos muito mais agradável e não há contra-indicações, podendo ser aplicados em qualquer relacionamento.

Falar bem do outro, querer bem ao outro e promovê-lo é importante, pois, na verdade, os elogios são os aplausos aos esforços das mudanças, as quais são tão necessárias para se estabelecer o bom convívio.

Há muitas maneiras de mostrar a alguém o nosso carinho. E por que não acrescentar também a eficácia dos elogios?

Um abraço,

Dado Moura
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Uma nova porta se abre agora para você!


Seja um lutador, um guerreiro! Sempre! Vá em busca dos sonhos e não desista nunca!

Sim, porque quando uma porta se fecha, outra se abre! E deve estar acontecendo isso com você neste exato momento.

Força! Coragem! Tenha fé! Principalmente nesse tempo de tantas transformações e novidades. Faça renovar todas as suas esperanças porque agora é tempo disso, tá? Escancare as portas do seu coração! Permita que o amor tome conta de sua vida!

Nunca esqueça que o que você faz todos os dias demonstra a pessoa que você é! Observe mais o que está produzindo, o que está falando, o que está colhendo. Você está vivo, cara! Ponha a mão no seu peito e sinta as batidas do seu coração. Um dia ele vai parar. Por isso, viva o que tem que viver agora. E viva bem aproveitando a cada instante e não desperdice nenhum segundo.

Sempre é preciso assimilar as derrotas e aproveitar os ensinamentos delas. Mas saboreie as suas vitórias e as suas conquistas também! Veja quanta coisa você já conseguiu! Sinta-se poderoso, bonito, cheio de recursos porque você é um vencedor, mais do que isso: um merecedor!

Siga o seu próprio caminho! Escreva você mesmo, e bem, a sua história! E mesmo que cometa alguns erros, siga em frente. A vida é a mais bela das aventuras e lhe foi dada por amor. Você merece tudo isso! Você merece estar aqui! .

Aumente a sua fé e a sua confiança no que está por vir. Uma nova porta se abre agora para você! E embora se aflija pelo que perdeu, saiba que um bem maior virá!


"Você nasceu para ser grande por dentro, na vida, na emoção e principalmente no amor"

Luis Carlos Mazzini

Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Curando as Emoções


São tantas emoções - já dizia o cantor popular.
E experimentamos essas emoções no nosso corpo, não na nossa mente.
A emoção é antes de tudo um estado físico.
Não falamos do medo de ficar com o coração na boca? Ou da alegria de sentir o coração leve?
Existe uma ligação entre o cérebro e o coração. Uma ligação física entre o nosso cérebro emocional chamado de límbico e o nosso coração.

A coisa funciona assim:
Temos um cérebro chamado cognitivo que é: educado, racional, diplomático, controlador e um cérebro límbico: emocional, primitivo, tipo homem das cavernas, que fica ali no fundo em guarda.
Quando ele percebe o perigo ou uma oportunidade excepcional, um inimigo ou uma pessoa atraente, ele aciona o alarme, e em milésimos de segundos ele cancela todas as operações e interrompe todas as atividades do cérebro cognitivo.
E isso continua acontecendo hoje com o homem e a mulher modernos, então nos descobrimos emotivos demais ou completamente irracionais.
Um ataque de ansiedade - o pânico - nasce desse jeito.
As imagens que vemos e os sons que ouvimos são o botão vermelho das nossas emoções.

Cuidado com as imagens que você deixa entrar e com as palavras e sons que penetram em você.
Por isso os mantras são tão importantes para acalmar esse cérebro selvagem.
Por isso contemplar a natureza é tão relaxante.
E não adianta pensar que você pode cultivar o controle de tudo através do cérebro cogniivo, é como jogar lixo embaixo do tapete, uma hora ele acaba aparecendo e aí o caos se instala. Importante é ter inteligência emocional, desenvolvendo a harmonia entre esses cérebros, meditando.

Meditar não é sair desse mundo. É entrar profundamente nele. É estar presente como um sorriso interno. Respirando e conectando com nosso coração no dia-a-dia. Pode ser num supermercado, no carro, no trabalho, com nosso filhos, com nosso amor.

Dizem os budistas que podemos transformar emoções negativas em virtudes. Que a energia da raiva é a mesma do amor, só que num pólo diferente. Que a energia da inveja é a mesma que a da admiração.Que a energia do medo é a mesma que a da coragem. Que a energia da ignorância é a mesma que a da sabedoria. É como uma alquimia, o nosso ouro interior surge quando nos aceitamos sem críticas e confiamos na nossa natureza pura, na nossa luz.

O segredo é aceitar nossa natureza que pode estar encoberta. Mas está lá, sempre esperando por este momento. Quando você olha para dentro e entende que é assim a complexidade da vida. E confia.

Mirna Grzich
 Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco
Caros (as) amigos (as) agradeço a visitas de vcs, esse blog sem fins lucrativos ou seja sem anúncios
Caso querem fazer uma doação fiquem a vontade
Abraços a todos
Claudio Pacheco
Banco Do Brasil
Agência:3858-x
Conta:8709-2
Nome: Claudio Luiz Pacheco