quinta-feira, 12 de junho de 2014

Aceitando Sua Essência


Desde que nascemos, somos guiados e influenciados pelas pessoas à nossa volta

Algumas pessoas, como nossos pais, se esforçam muito para nos passar o que aprenderam em suas vidas, na esperança que isso torne a nossa mais fácil. Depois de algum tempo, começamos a criar nossas próprias associações, valores e regras. E, com um pouco de sorte, conseguimos encontrar nossa verdadeira essência.

No lado pessoal isso significa aprender coisas simples. Desde descobrir se somos pessoas mais produtivas pela manhã ou pela noite, até entender se nos sentimos mais à vontade na cidade, no campo ou na praia. Profissionalmente, significa saber se preferimos ser um diretor financeiro, diretor de cinema, surfista ou empreendedor. Eu diria que, de todos estes “encontros”, os mais difíceis ocorrem quando temos que reconhecer e superar (ou aceitar) “partes” de nós que não gostamos.

Porém tudo na vida tem dois lados. O Yin e Yang, elétron e nêutron, dia e noite e assim por diante. E, você, como reflexo de tudo ao seu redor, também tem dois lados, que fazem parte de um “todo”. Enquanto não conseguirmos entender e aceitar isso, iremos sofrer toda vez que nos deparamos com esta “parte”.

Aceite sua essência e verá que a vida flui. E nada vale mais à pena do que permitir que a vida flua. Porque a gente só leva desta vida a vida que a gente leva.

Pierre Schürmann
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

Um comentário:

  1. Boa tarde, Claudio!
    Gostei dessa sua postagem.
    Eu diria que os nossos dois lados podem ser os defeitos e as qualidades.
    Realmente, muitas vezes é difícil para nós aceitar os defeitos que temos.
    Muitas vezes podemos eliminar alguns defeitos, mas existem situações
    em que não dá para fazê-lo e, assim, temos que aceitar o fato de que iremos
    conviver com eles pro resto da vida. Mas há uma saída! Já que certos defeitos
    em nós não podem ser eliminados por completo, pois fazem parte do nosso
    caráter, da nossa personalidade, do nosso "eu", nós podemos aperfeiçoá-los.
    Podemos trabalhar para melhorar esses pontos e, assim fazendo, adquirimos
    uma nova qualidade, a qualidade de saber lidar com os nossos defeitos.
    Fique com Deus e até mais!

    ResponderExcluir