sábado, 13 de outubro de 2012

O medo da falta traz sim a escassez para sua vida

Existem pessoas que por medo excessivo da falta economizam a vida inteira e vivem somente em função do que estabeleceram como reserva pessoal. Permanecem por anos a fio no mesmo emprego, sem nenhuma perspectiva de crescimento, pelo medo de não encontrar nada igual ou melhor do que já tem. Chegam a ter uma vida medíocre, mas que lhes traz segurança.

O medo da falta muitas vezes faz as pessoas viverem mal e nunca se permitirem algo que possa se parecer com um luxo, pois, quem sabe, um dia esse dinheiro que foi esbanjado pode fazer falta para algo.
O Universo é muito próspero e trará para sua vida tudo que quiser, desde que você confie, use seu poder pessoal e tenha plena certeza de realização e sucesso.

A mudança pessoal começa quando detectamos a programação negativa que um dia nos foi ensinada, o que normalmente ocorre na infância. Filhos de pais que tiveram muito dificuldade, que gastam ou economizam em excesso, sofrem do medo da falta. A frase que mais se relaciona a esse fato é: nunca quero passar pelo que meus pais passaram.

No entanto, ao detectar essa programação negativa ou bloqueio energético temos a possibilidade de eliminá-la e, então, despertar para possibilidades nunca então vivenciadas.

Pessoas sem Conexão Divina plena pensam que a felicidade, em primeiro lugar, deve ser construída fora de si e por isso passam uma vida economizando para obter o que mais desejam. Mas, na prática, acontece que quando se deparam com o bem adquirido, normalmente o vazio vem junto, pois bens materiais não preenchem o nosso campo de felicidade.

No entanto, quando a Conexão Divina está estabelecida plenamente, a felicidade interior toma conta de nosso ser, tornamo-nos assim pessoas magnéticas e a lei da atração estará estabelecida em sua vida trazendo-lhe felicidade e sucesso. Portanto, o medo da falta não tem espaço na vida de quem confia plenamente que tudo está em ordem Divina e que o amanhã será sempre melhor do que hoje.

Encontrar explicações nas situações ou pessoas ao nosso redor, muitas vezes é muito mais fácil do que admitir que o problema esteja conosco e tenhamos que modificar nosso padrão energético. A felicidade é o objetivo maior de todo ser humano, mas ela não tem espaço para entrar em nossa vida se preenchemos toda nossa existência com infelicidade.

Em meu consultório, faço muitos atendimentos relacionados aos planos de carreira. Traço junto com o paciente que me procura seus objetivos pessoais e o que deseja atingir, depois analiso de maneira profunda cada aspecto e, então, iniciamos o atendimento com a Mesa Radiônica.

Há alguns anos, atendi um médico que trabalhava em um hospital muito conceituado da rede pública, dizia que amava o que fazia, porém, aquela referência de hospital que um dia tudo significou em sua vida, incluindo a parte humana, deixara de existir por questões políticas internas. Queria mudar de vida, mas o medo da falta atrofiava qualquer iniciativa de mudança. Não se sentia capaz de encontrar outro emprego, nem tão pouco de se estabelecer em outro local. Sua condição financeira era restrita e estava com muitas dívidas. Perguntei-lhe então o porquê do acumulo de dívidas e ele me disse que quanto mais tentava economizar para um dia não faltar, mais gastos inesperados lhe apareciam.

Iniciamos seu tratamento estabelecendo novamente o equilíbrio energético através da Mesa Radiônica e a seguir parti para a identificação de todos os fatos marcantes em sua vida que lhe trouxeram a escassez e o medo, como padrões enraizados de comportamento.

Eliminamos cada bloqueio de sua vida, incluindo situações complicadas de infância e situações presenciadas em sua vida profissional que lhe trouxeram o medo de não corresponder às expectativas dos outros.

Esse médico, assim, reconheceu o enorme poder pessoal que havia dentro dele, despertou, então, em sua vida toda sua confiança e segurança pessoal; dia após dia o negativo e a infelicidade passaram a dar espaço a um novo despertar de consciência.

Como bem sei, por experiência de muitos anos em meu consultório, que vícios de comportamento voltam com muita facilidade, sugeri a ele que não deixasse o emprego atual, que agradecesse todo dia por tê-lo, pois ele era a base do seu sustento e que começasse a buscar uma nova colocação.

Para que esse processo de recolocação se desenvolvesse o convidei para fazer o meu Curso de Radiestesia onde ensino a trabalhar objetivos pessoais formando egrégora de atração.

Hoje ele está trabalhando em quatro hospitais particulares com muita projeção e respeito, deixou o emprego público e se sente realizado financeiramente.
Se você se identifica com o medo da falta em qualquer campo de sua vida, elimine esse bloqueio e sinta que a vida pode ser muito mais do que você vive hoje.

Maria Isabel Carapinha
 Meus amigos(as) a todos uma otima Tarde de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

Um comentário:

  1. Meus amigos, como vimos no texto, o Medico teve um acompanhamento, se vc esta infeliz, agora e pensa q pode vir a ser seu emprego, digo a vc primeiro confie na força universal, na lei da atracão, aprende a meditar aki nos blog tem inúmeros textos q falam sobrem meditação. Pq com a meditação vc poderá encontra com seu eu interior, a partir nesse momento em que você sentir auto confiança em si em seus pensamentos, e deixar com o universo tome conta do resto, vc sera feliz. Mas veja bem não vai senta no sofá na sua casa e espera q as coisas aconteça como um passe de magica, pois isso nunca ira acontece, vai a lutar ai o universo estará trabalhando junto com vc, um conselho, nunca desista do q vc que pq o primeiro instante de duvida q vc tiver, a sim tudo volta a estaca zero como um passe de magica.
    Abraços a todos muita Paz e Luz em seus caminhos.
    Claudio Pacheco

    ResponderExcluir