sexta-feira, 6 de julho de 2012

O Amor é o Caminho

Acostumamo-nos tanto a sermos guiados pela personalidade... nossa e dos outros... que fica difícil acreditar que podemos ser guiados por Inspiração Divina... e que isso não requer planos nem preparativos a não ser a disposição de estarmos inteiros no presente para receber esse fluxo que nos chega abundantemente momento a momento...

Acostumamo-nos tanto a planejar nossas vidas e a colocar tudo em agendas fixas que nos esquecemos de deixar espaço para o inesperado... para a intuição... que nos fala pela voz do coração.

Acostumamo-nos a tantas coisas... que fica mesmo difícil, às vezes... a gente se abrir para receber o simples e natural, que chega quando permitimos que a voz do coração nos fale... silenciosa... inesperada... em insights preciosos que podem mudar nossa vida para sempre...

Mas... se nos acostumamos a tantas coisas que não deram certo... que nos limitam e sufocam... será que não é a hora de deixar de seguir essas coisas que não nos levaram a nada, a não ser a dar voltas e voltas em torno dos mesmo problemas... e aprendermos a seguir a voz do coração... da nossa intuição...

É nosso direito recebermos Inspiração Divina o tempo todo... mas, para isso, é preciso limpar as memórias que nos fazem reagir à vida em vez de vivê-la... e a partir do Vazio acessar Todas as Possibilidades...

Sei que seguir o que vem de fora e que é estabelecido como normal, parece muito mais fácil, porque não requer responsabilidade... se todo mundo faz assim...
No entanto, por incrível que pareça, ainda que fazendo o que todo mundo faz nos deixe tristes e sem perspectivas, muitas vezes preferimos ficar assim a arriscar o novo... o desconhecido...
O caminho do coração não leva em conta nada que não seja o desejo mais profundo da nossa Alma... Não leva em conta regras... padrões... religiões... nem nada que foi estabelecido para nos manter sob controle. O caminho do coração quer nos mostrar que existe muito mais vida a ser acessada do que aquela que estamos acostumados a viver...
Requer coragem, porque nos leva ao desconhecido... desconhecido para o ego, pois nossa Alma reconhece muito bem a atmosfera que reina nesses caminhos.

Romper com o velho... deixar ir os planos da mente... assumir responsabilidade de seguir o coração, pode não parecer o mais fácil, mas com certeza é o mais simples e abre portas para a felicidade tão sonhada. Uma felicidade que não se adapta aos conceitos do ego, porque pode parecer muito simples e natural demais...

Mas existe coisa mais simples e natural do que Ser quem você realmente é?
Não deveria existir, mas... passamos a vida aprendendo a ser tanta coisa diferente... que agora... o que deveria ser simples nos parece complicado e difícil de alcançar...
Complicamos tanto as coisas e aprendemos a dar valor ao complicado que a felicidade que vem do simples fica quase irreconhecível para o nosso ego...

As memórias equivocadas acumuladas ao longo de vidas e vidas nos ensinam a ter medo de nos mostrar como somos... e se não podemos nos mostrar como somos inventamos uma porção de falsos eus para nos representar...

E agora... nessa hora onde tudo nos indica que é tempo de mostrar o que viemos fazer aqui... hora de revelar nossa verdadeira identidade... esse medo pode até tentar... mas não tem a força para impedir o nosso Propósito Divino de se manifestar... não tem a força de nos impedir de seguir o caminho do Coração...

O Amor sempre nos guia melhor do que o medo...
A hora é agora... o Amor é o Caminho...

Rubia A. Dantés
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário