quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Crie Raízes na Vida


Observe a árvore. Ela se mantém firme e forte. Suporta os ventos, as chuvas, os verões e os invernos. Mantém-se verdadeira e pura em sua natureza, sempre centrada em si mesma. Sua realidade é a própria experiência de ser uma árvore. E ela o faz com todo o gosto.

Ela tem sua consciência, tem seu corpo e tem sua inteligência. Por saber ser aquilo que é, a felicidade e a paz já são parte de sua essência. Basta a si mesma e, mais que isso, serve ao grande ciclo da vida. Todavia apenas quando suas raízes são fortes.

Pois apenas conseguindo permanecer de pé, sublime e inabalável é que ela pode ser aquilo que realmente é. E somente tornando-se a própria verdade, vivenciando isso com toda a sua essência, é que ela pode servir ao todo.

A árvore é individual, mas coletiva. É a partir dela que toda a floresta se faz total, e sem ela, não haveria sequer a própria vida. Não que ela se gabe disso, ao contrário; a árvore é a própria mestria personificada. Silenciosa, plácida, verdadeira e amorosa. Dá-nos frutos e o ar para respirarmos. Isso é doação pura, na qual deveríamos todos nos inspirar.

Crie então raízes na vida, pilares sobre os quais fundamenta sua passagem pela matéria. Estes pilares devem ser subjetivos, intrínsecos, mas poderosos. Amor deve ser o central. Ética, Autoconhecimento, Desapego, Silêncio e Observação devem ser os outros.

Essas são as suas raízes e irão mantê-lo firme como a árvore. E a única coisa natural que pode destruí-la é um raio.

Portanto, crie raízes e fique longe de raios.

Marcos Keld - autor do Livro "Potencialidade Pura"
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

2 comentários:

  1. Muito boa sua postagem, uma prática para vida. Devemos criar raízes sólidas, assim menos chance teremos de nos desvirtuarmos dos nossos objetivos e das nossas metas.
    Parabéns.

    ResponderExcluir