quinta-feira, 17 de julho de 2014

Amar é...


Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida.
Amar é sentir com a alma, mas expressar os sentimentos depende das ideias de cada um.
Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele.
Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas as nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente. Queremos ser amados e não nos amamos.
Queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e não damos o nosso à eles.
Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha preencher o buraco que nós cavamos.
A insatisfação e o vazio interior se transforma na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustrantes se repetirão. Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades.
Só quem se ama pode encontrar em sua vida um amor de verdade!

Zíbia Gasparetto
 Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário