domingo, 1 de junho de 2014

Cultivando a Felicidade


...Há dois anos alguém o insultou ou você teve um acidente trágico. Caso você tente hoje se lembrar daquele acidente, você ficará surpreso ao notar que na medida em que for se lembrando de todo o acidente, o seu corpo e sua mente lentamente entrarão no mesmo estado que estavam quando verdadeiramente você teve aquela experiência dois anos atrás. Se você foi insultado há dois anos e tentar lembrar-se agora do incidente, como aquele fato o tocou, como você foi insultado, você também ficará surpreso ao ver que seu corpo e sua mente irão experienciar o mesmo estado que vivenciaram, como se você estivesse sendo insultado de novo.

Tudo está sendo colecionado em nossa consciência e não desaparece. O que você experienciou está ali armazenado. Se você trouxer de volta essas memórias, você poderá experienciar as mesmas coisas novamente, e poderá entrar nas mesmas emoções. Nada é apagado da mente humana.

...Muitas pessoas cometem o erro de se lembrar apenas do que é negativo e esquecer tudo o que é positivo. O erro básico que as pessoas cometem é que ao se lembrarem de tudo o que foi sem valor e negativo elas se esquecem de tudo o que tem valor verdadeiro.

Raramente, você se lembra dos momentos em que estava cheio de amor, quando sentia seu corpo totalmente vivo. Raramente você se lembra dos momentos em que sentiu o silêncio, mas sempre se lembra de quando estava com raiva e aborrecido, de quando foi insultado e reagiu com vingança contra alguém. Você sempre se lembrará dos momentos em que se machucou e raramente dos momentos em que se sentiu nutrido. E é muito importante lembrar-se desses momentos que o nutriram.

Lembrar-se deles continuamente ajudá-lo-á de duas maneiras. O mais importante é que, lembrando-se desses momentos, será criada a possibilidade deles acontecerem novamente. Se alguém se lembra constantemente de coisas negativas, é muito provável que ela passe pelo mesmo tipo de experiências novamente. Se alguém constantemente se lembra de coisas tristes, é muito provável que ela fique triste novamente, porque ela desenvolverá uma inclinação para aquelas coisas, e esses incidentes continuarão se repetindo em sua vida. Todos estes sentimentos ficam armazenados dentro de você, e cada vez fica mais fácil dessas emoções se repetirem.

Tente observar em si mesmo qual tipo de emoções você tem a tendência de ficar se lembrando. Nós todos temos memórias. Que tipo de experiências você tende a se lembrar? E fique sabendo que quaisquer memórias que você tenha do passado, elas estão sendo plantadas como sementes para o futuro, e você irá colher a mesma experiência no futuro. As suas memórias do passado pavimentam o seu caminho para o futuro.

Conscientemente, esqueça de tudo que é sem valor. E quando tais coisas vierem à sua lembrança, pare e peça àquelas memórias para irem embora. Elas não têm qualquer utilidade para você. Esqueça todos os espinhos e lembre-se das flores. Devem existir muitos espinhos, mas também existem flores ao redor. Se você lembrar-se das flores, os espinhos de sua vida desaparecerão, e a sua vida ficará preenchida pelas flores. Se você lembrar-se dos espinhos, é possível que as flores de sua vida desapareçam e você ficará apenas com os espinhos.

Depende do indivíduo, que altura ele pretende alcançar. Depende de nós, se queremos viver no céu ou no inferno. Céu e inferno não são lugares geográficos, eles são subjetivos, estados psicológicos. A maioria de vocês está no inferno muitas vezes num mesmo dia, e muitas vezes vocês estão no céu. Mas a maioria está no inferno a maior parte do tempo, e alguns até mesmo se esqueceram o caminho de volta para o céu.

Mas existem pessoas que estão no céu vinte e quatro horas por dia. Pessoas neste mesmo planeta estão vivendo no céu. Você também pode ser uma delas. Nada existe para impedi-lo. Apenas compreenda alguns princípios básicos e científicos. (...)
... Se eu lhe desse alguns diamantes, como você cuidaria deles? Se você encontrasse um tesouro valioso, como cuidaria dele? Como você o guardaria com segurança? Onde você o guardaria? Você iria querer mantê-lo escondido; você iria querer mantê-lo perto do seu coração. (...)

Proteja essas experiências... Elas são as verdadeiras moedas. Elas podem ter-lhe inspirado, podem ter-lhe dado uma energia renovada, elas podem ter transformado alguma coisa dentro de você, algo novo pode ter se desencadeado em você, um anseio pelo sublime pode ter surgido em você. Assim, cuide dessas experiências..." OSHO, The Path of Meditation
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

2 comentários: