segunda-feira, 28 de abril de 2014

A Linguagem Afeta Sua Vida


A maioria das pessoas costuma falar sem pensar, deixando que as emoções do momento conduzam as palavras usadas para se expressar. A linguagem não é algo inofensivo. Ao contrário. Veja, em seguida, como utilizar a linguagem a seu favor.

Você já se pegou falando as seguintes frases: "Eu nunca vou viver um grande amor", "Não sou capaz de conseguir um bom trabalho" ou qualquer uma do gênero, que tenha esta carga de incapacidade e negação? Com certeza, a resposta é sim.

Nós seres humanos, muitas vezes, nos expressamos verbalmente de forma negativa. Não percebemos que esse é o caminho mais curto para bloquear situações positivas que podem ser geradas a partir de qualquer circunstância externa.

Aquela pessoa que costuma dizer para si mesma, ou para os outros, as frases acima, desconhece que as palavras têm poder. Não estamos falando em simplesmente trocar as frases negativas por positivas, ou ficar repetindo todos os dias "Vou ganhar um milhão de reais" para tornar-se rico.

O fundamental é entender de que maneira estas frases podem afetar sua vida e suas emoções. E partir para um plano de ação de mudança, para começar a estabelecer uma sintonia entre o que você deseja em sua vida e o modo como utiliza a ferramenta da linguagem.

O mais importante é manter-se consciente do modo como utiliza as palavras. Observe se elas expressam o que você quer, na direção dos seus objetivos. Se perceber que não estão contribuindo positivamente, mude o seu pensamento e a forma como utiliza a linguagem.

Antônio Azevedo
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

Um comentário:

  1. Boa noite amigo.
    Claudio.
    Às vezes costumo agir na emoção e acabo falando sem refletir palavras quais nem sempre era o que queria expressar, mas que acaba provocando desentendimento entre as partes. Quando as palavras proferidas acabam saindo de modo contra o pensamento é hora de rever, pois depois de dita às palavras não voltam atrás mesmo que se desculpe, sempre fica a duvida no ar se a pessoa escolheu o momento errado para falar o que achava certo ao expressar o que pensou. E pago um preço alto por falar demais, a gente deve ponderar bem antes de sair falando pelo cotovelos...
    Espero que não tenha escrito demais, hoje foi um dia bastante duro, pois voltei a trabalhar e estava louca para chegar em casa para interagir com vocês.
    Abraços sempre.
    ClaraSol.

    ResponderExcluir