terça-feira, 14 de janeiro de 2014

A sociedade cria determinados rótulos que distorcem a verdade

Há pessoas que acreditam que as mulheres fortes não são femininas e que as mulheres afirmativas são agressivas e perigosas. Sem falar nos mitos de que as mulheres são menos inteligentes do que os homens, ou de que não conseguem lidar bem com dinheiro. O problema é que muitas das pessoas que acreditam nessas coisas sobre as mulheres são mulheres!

Os rótulos definem, criam expectativas, congelam a realidade. Você rotula uma determinada coisa ou pessoa, e ela passa a ser para você aquilo com que foi rotulada. Pois está na hora de tomar consciência disso e começar a tirar os rótulos. Para começar, os rótulos das mulheres. Está na hora de as mulheres tirarem seus próprios rótulos.

Para que uma mulher perceba que é mais do que uma mãe, mais do que uma esposa, mais do que o seu salário ou sua profissão, ela precisa conhecer seu próprio valor. Precisa conhecer suas capacidades e seus limites. Seus desejos, seus sonhos e suas expectativas. Uma mulher deve se encorajar, se respeitar, gostar da própria companhia. Uma mulher deve estar disposta a dizer sua verdade, mesmo quando é um "não". Deve estar disposta a recusar os rótulos e os limites que lhe foram impostos.

Até hoje, você pode ter colocado rótulos definidores e limitadores que desvalorizam as mulheres. Hoje, olhe as mulheres - e se você for mulher, olhe para si - com curiosidade amorosa, procurando descobrir o que cada uma tem de original e valioso. Compare suas descobertas com os preconceitos com que você rotulava as mulheres.

(Iyanla Vanzant)
Meus amigos(as) desejo a todos um ótimo Dia.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário