quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O que você está fazendo com a sua vida?

Chega de tanta insensibilidade! Chega de levar uma vida morna! Chega de viver na superficialidade! Chega de exageros aos bens materiais! Agora é hora de acordar para a vida e perceber como vale a pena a descoberta do ser maravilhoso que habita em você! Faça desabrochar a flor da vida que existe bem aí dentro desse seu coração poderoso!

Trabalhe mais o seu interior e observe que o mistério da vida é você mesmo!

Em vez de assistir tanto aos notíciários, ao Silvio Santos, ao Gugu, ao Faustão da vida, trabalhe mais o seu interior! Conheça-se mais, pô! Provavelmente encontre a pessoa linda, maravilhosa, cheia de vida e de talentos mil que você sempre foi!

Aprofunde-se em você mesmo e corra o risco de se fascinar e se surpreender ao descobrir quem você realmente é! A sua verdadeira face não deve ser manipulada e dirigida. Você é você! A essência da existência, a vida, a oportunidade....

Você sem máscarás, já pensou? Máscaras que foi adquirindo vida afora em virtude dos sofrimentos, dos apelos, das influências, das marcas e também pelos próprios mecanismos de defesa que talentosamente foi criando e construindo!

Pense mais, viu? Aproveite esse momento de reflexão para descobrir quem é você, o que está fazendo com a sua vida, de onde veio, para onde vai.....

Vá retirando os véus e as máscaras que escondem há anos o seu verdadeiro rosto, o seu verdadeiro ser. Não se deixe mais ser levado pelos costumes, pelos modismos, pelos movimentos. Siga a vida de cabeça erguida sabendo para onde está indo.

Conscientize-se! E se você já sabe que é um ser único, exclusivo, insubstituível, esteja certo, então, que você veio a esse mundo com uma missão importantíssima que só pode ser manifestada por você mesmo, ok?

“Pense mais! Esteja lúcido, esperto e ativo o tempo todo. Cuide mais da sua saúde mental"

Luis Carlos Mazzini
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário