sábado, 8 de junho de 2013

Exercício do Perdão

O PERDÃO tudo cura, tudo aplaca, tudo ilumina.
Saber perdoar é saber libertar. É como abrir uma gaiola e permitir que o pássaro voe feliz para a imensidão do céu. E, perceber que, se ele realmente nos ama, virá pousar no nosso ombro quando precisar descansar.

Na minha prática tenho notado que as pessoas custam muito a perdoar. O ressentimento que fica martelando no coração tem causado muitas taquicardias por este mundo afora. As pessoas perdem o sono, a alegria, a vontade de viver porque estão agarradas as causas que poderiam muito bem ser resolvidas apenas com uma ação: perdão.

Com este exercício você poderá pedir e oferecer perdão a todos que quiser, usando para isso apenas a sua imaginação.

Sentado, feche os olhos e veja, sinta, perceba ou imagine a pessoa que quer perdoar bem na sua frente. Veja esta pessoa toda enrolada em arame farpado. Perceba o quanto ela está ferida e imóvel. Aproxime-se desta pessoa e com uma tesoura de ouro vá cortando o arame farpado que aprisiona esta pessoa. Corte pedaço por pedaço até a livrar completamente desta armadilha. Cure as feridas da pele dela e leve esta pessoa para um rio de águas claras e cristalinas. Lave esta pessoa nestas águas correntes. Ofereça a ela uma roupa nova e veja esta pessoa, agora completamente livre e curada.
E sabendo que esta pessoa é você, abrace-a, respire e abra os olhos.

Izabel Telles
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Tarde.
Muita Paz para todos.
Força Sempre
Claudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário