sexta-feira, 21 de setembro de 2012

A Vida é Feita de Opções ou Problemas

Nossos obstáculos, que existem porque nós os criamos e servem para nossa evolução, podem ser batizados de forma equivocada, com a denominação de problemas.
Na realidade, é simplesmente uma questão de ótica acerca de minha energia do momento, e de como encaro a situação. É importante saber entender, antes de mais nada, o que somos e o que estamos fazendo aqui neste planeta.
Somos seres inteligentes na busca de nossa peculiar evolução. Temos várias, inúmeras oportunidades, para nos tornamos pessoas lúcidas e capazes de interpretar o que acontece em nossa volta.
O que nos diferencia dos demais planos terrenos é que possuímos a capacidade de escolher e decidir pela inteligência e jamais pelo instinto. Isso já faz parte de nosso passado distante.
É tudo uma questão de como atuo com a energia do momento. Desta forma, é absolutamente verdadeiro afirmar que a vida é feita de opções e o que faço com cada uma delas. Como as interpreto, faz toda a diferença no momento em que decido o próximo passo. Não é correto nem adequado responsabilizar quem quer que seja acerca de nossas colheitas.

Sempre somos nós que decidimos o que e como faremos. Até quando somos submissos. É nossa decisão sermos assim. Não importa se nossos valores foram impostos por nossos pais, avós, família, sociedade, empresa, meio em que vivemos ou amigos. A decisão de aceitar a submissão é nossa.
Isso é admissível até certo estágio de uma vida, até termos a verdadeira noção de que JÁ PODEMOS assumir as rédeas de nossa vida. Algumas pessoas conseguem fazer isso cedo nesta existência, outras não.
De fato, nossa consciência real é algo que, sempre, um dia irá despertar. Não há regra, mas há a certeza de que a vontade de sermos nós mesmos sempre surge.
É evidente que, para algumas famílias, isso é visto como um ato de rebeldia e até mesmo de falta de respeito. No entanto, não podemos nos esquecer que fomos nós que escolhemos os nossos pais. Por mais que as religiões afirmem o contrário, que isso é coisa para um super ser, fomos nós que escolhemos. Quanto antes entendermos esta realidade, tanto melhor para nossas colheitas futuras e para a verdade interna de nossas opções.
Portanto, já sabíamos das dificuldades que estaríamos enfrentando quando escolhemos o meio em que viemos viver esta encarnação. Isso, obviamente, faz parte de nosso processo de evolução e/ou de resgate karmico. Assim, é real e verdadeiro que nossa vida seja feita de opções e SOMOS NÓS QUE DECIDIMOS o caminho que iremos adotar.
Nós escolhemos a hora de acordar. Não importa se isso estiver vinculado a um trabalho, uma escola ou um passeio. SEMPRE foi nossa decisão anterior optar por um deles. Foi nossa opção estarmos ali. Não importam as condições em que iniciamos. É também nossa opção a submissão ou zona de conforto, assim como neles permanecermos.
Repito, NOSSA VIDA É FEITA DE ESCOLHAS e somos os gerenciadores destas escolhas.
Jamais deveríamos ou poderíamos nos darmos ao luxo -ou à comodidade-, de sermos somente coadjuvantes de uma escolha. Este ato significa estacionar ou regredir no aprendizado e na evolução.
Ninguém consegue aprender seguindo este ou aquele exemplo, ou até mesmo por meio de um livro, por mais que ele seja o mais vendido no mundo.
É a verdade de outros. Temos que buscar a nossa verdade e ela JAMAIS ESTARÁ VINCULADA A UMA RELIGIÃO, seja ela qual for.
Sua religião, se é que V. tem uma, foi sua opção seguir ou continuar nela. Algumas são tão espertas que vinculam o nascimento da pessoa ao seu seguimento, pelo batismo.
Mas, manter-se nela é sua escolha, agora que tem a possibilidade de ser o que quer ser.
Para nos ajudar um pouco no entendimento de que uma vida é feita de opções, precisamos aprender a vincular a elas a energia do meio em que vivemos e também de como nos encontramos no momento. Temos que saber que o acerto depende da energia que colocamos na decisão.
Sim, é nossa opção sermos felizes.
É nossa opção estarmos, e nos mantermos nervosos. Ou ainda permanecermos chatos, emburrados ou críticos sem necessidade.
É nossa opção olharmos para um ser humano e o interpretarmos pelo lado bom ou ruim.
Este ato de interpretar, de ler, de entender, não depende da outra pessoa e sim de nós.
É nossa opção convivermos e estarmos próximos de pessoas chatas que nada agregam em nossas vidas.
Somos, portanto, os senhores de nossas vidas e o nosso deus em evolução.
VIDA APÓS VIDA, até concluirmos todo o Zodíaco.
É óbvio que isso está fortemente vinculado ÀS MINHAS ESCOLHAS, à minha energia do momento e CONSEQUENTES ATITUDES.
Saul Brandalise Jr.


 Meus amigos(as) a todos uma otima Tarde de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário