terça-feira, 14 de agosto de 2012

Se a tristeza vier

Se a tristeza vier...
deixa que se aloje em seu coração
Não divida essa dor
faça dela sua aliada
Penetra fundo em sua alma
Explora o caminho que ela percorre
lado a lado, passo a passo
Se encha de tristeza
até não ter mais espaço
até não aguentar mais...
Exploda seu coração
de tristeza...
Brilha em sua solidão!
Conversa com sua tristeza
descubra o porquê de sua presença
Perceba depois
quem é dono de quem
Permita que ela apenas
seja sua e não seja você dela
Só aí, ela poderá sair
Começará a fluir de dentro para fora
Sairá escorrendo, derretida,
pelos seus poros, pelas suas lágrimas,
levando com ela a dor, a mágoa e a solidão
Quando a tristeza sai vencida, cansada,
de ser iluminada por você,
num processo natural, do ir e vir
ressurgirá repondo o espaço vazio:
a alegria, a felicidade
a vontade de amar,
que ficarão plantadas
em seu mistério
E terá descoberto o poema
a flor, o som, a canção...

Sandra Lúcia Ceccon Perazzo
Meus amigos(as) a todos um otimo Dia de muita Paz
Força Sempre
Abraços
Claudio Pacheco

Um comentário:

  1. A tristeza às vezes vem... Mas não podemos nos entregar a ela, a força que sai de dentro de cada um pode superar com um belo sorriso de alguém que amamos!

    Grande beijo =)

    ResponderExcluir