quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

A bandeja de flores

Um rico resolve presentear um pobre por seu aniversário e ironicamente manda preparar uma bandeja cheia de lixo e sujeiras.
Na presença de todos, manda entregar o presente, que é recebido com alegria pelo aniversariante.
O aniversariante gentilmente agradece e pede que lhe aguarde um instante, pois gostaria de poder retribuir a gentileza.
Joga fora o lixo, lava a bandeja, enche-a de flores, e devolve-a com um cartão, onde diz: "Cada um dá o que possui."
Assim, não se entristeça com a "ignorância" das pessoas, não perca sua serenidade.
A raiva faz mal à saúde, o rancor estraga o fígado e a mágoa envenena o coração.
Domine suas reações emotivas.
Seja dono de si mesmo.
Não jogue lenha no fogo de seu aborrecimento.
Não perca sua calma.
Pense, antes de falar, e não ceda à sua impulsividade.
"Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra"
Meus amigos(as) desejo a todos uma ótima Noite repleta de paz.
Abraços a todos
Claudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário