terça-feira, 1 de novembro de 2011

VERDADEIRO AMOR

O meu coração sente dor...
Eu tanto pedi que ele fosse forte, que ele fosse um guerreiro.
Pedi que ele nunca perdesse uma luta para não me fazer sofrer.
Mas ele não conseguiu, ele foi fraco, mas eu vou tentar perdoá-lo.
Eu vou tentar explicá-lo que nem sempre é possível.
Nem sempre é possível prever as armas do adversário.
Nem sempre é possível prever os golpes que serão desferidos.
Vou dizer-lhe que tenha calma, que essa dor vai passar.
Ele há de entender que tudo isso lhe servirá como experiência.
Ele há de entender que tem coisas na vida que precisam acontecer.
Tem coisas na vida, que mesmo causando tristezas, precisam ser vividas.
Ele há de entender, eu tenho certeza.
Ele há de entender que apesar de tudo, apesar de estar fragilizado.
Está diante de algo que nunca pensou em viver.
Ele no fundo está diante de algo que não imaginava acontecer.
Ele foi um pouco ingênuo, mas eu hei de perdoá-lo.
Mas hoje eu acordei surpreso, porque o meu coração queria me dizer algo.
Ele me disse que está mais forte muito forte, mas muito arrependido.
Perguntei-lhe o porquê de tanto arrependimento, e ele me respondeu:
Estou muito arrependido porque lutei contra um sentimento.
Um sentimento que eu próprio, por merecimento devo conduzir comigo.
Desculpe-me por fazê-lo sofrer, disse ele.
Desculpe-me por não escutá-lo.
Somente hoje eu pude descobrir que lutei em vão, contra o que você mais queria viver.
Eu agora vou ajudá-lo.
Ajudá-lo muito, a viver esse VERDADEIRO AMOR.
Esta foi à forma que encontrei de te dizer:
"Vamos aproveitar o que nos for permitido.
Autor: Dayanna Daize
Meus amigos desejo a todos uma ótima Noite repleta de paz .
Abraços a todos
Claudio Pacheco

5 comentários:

  1. Estou tentando dizer isso pro meu coração, mas ele não entende, mas o tempo passa... Excelente postagem. Tenha uma ótima noite!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Júlia o tempo passa e verdade, flr sobre o coração e uma coisa q todo mundo gosta de flr mais na verdade o problema esta no nosso consciente q ñ admiti o fato de aceita o q passou, mas com o tempo vc vai vendo outras pessoas nota um sorriso q lhe chama atenção uma msg no seu celular dessa pessoa, ai vc começa a ver outra pessoa em sua vida, sabe toda vez q vier em sua cabeça uma coisa q vc pensa q ñ sai no seu coração pense em outra, ok
    desejo a vc sorte.
    Só uma coisa o tempo ñ apaga ñ falo a data de 2 de novembro, e sim a data 9/09/1993 quando meu Pai faleceu isso eu ñ esqueço, para uns o dia de amanhã e importante eu respeito para mim e como outro qualquer
    Bjos
    Claudio Pacheco

    ResponderExcluir
  4. Amigo Claudio, ótimo texto.
    Forte abraço meu amigo!!!

    ResponderExcluir